FANDOM






Quote1 Eu sou Destino... Destruidor de mundos... Que deuses se atrevem a ficar contra mim? Quote2
-- Doutor Destino src 
Veja Também: História Expandida do Doutor Destino

Infância

Victor von Doom nasceu em um acampamento cigano fora de Haasenstadt, Latvéria.[8] Sua mãe, Cynthia, foi morta em uma barganha com Mephisto que deu errado. Quando o Rei convocou o pai de Victor, Werner von Doom, para curar sua esposa doente, ele não obteve sucesso e a nobre acabou morrendo. Para não ser morto, Werner fugiu com o jovem Victor em uma fria noite de inverno. Victor sobreviveu ao frio, mas infelizmente seu pai não.[9] Victor procurou aumentar seu conhecimento em ciências e magia para poder resgatar sua mãe,[10], cuja morte ele culpava Mephisto. Em sua juventude, Victor se apaixonou por uma mulher chamada Valeria, mas ela resistiu a todas as tentativas dele.[11]

Books of Doom Vol 1 4 Textless

Tornando-se Destino.

Uma Universidade Estadual em Hegeman, Nova York ofereceu a Victor um bolsa de estudos.[12] Enquanto participava das aulas, ele se encontrou pela primeira vez com Reed Richards e Ben Grimm.[10] Victor se tornou obcecado em desenvolver uma máquina que poderia projetar a forma astral de um ser em outras dimensões, vendo isso como uma maneira de liberar a alma de sua mãe das garras de Mephisto. Reed apontou uma falha nos cálculos de Victor, mas ele arrogantemente ignorou seus avisos, sentindo que Reed estava tentando ofuscar ele. A máquina explodiu, deixando cicatrizes no rosto de Victor. Ele logo foi expulso da universidade por conduzir experimentos antiéticos. A partir de então, ele culpa Reed Richards pela destruição de seu rosto, como também por sua expulsão.[1][10]

Desonrado e com raiva, Victor viajou pelo mundo.[12] Eventualmente ele se deparou com uma pequena aldeia tibetana de monges que o ajudaram na criação de uma armadura.[9] Ele retornou à sua terra natal de Latvéria para derrubar o líder e declarar-se rei.[12] Ele então começou a usar os recursos de seu país, a fim de continuar seus planos de dominação mundial.[12] Esses esquemas levaram Victor a entrar em conflito com o Quarteto Fantástico em várias ocasiões, assim como contra vários outros super-heróis.[10]

Arquivo:Victor von Doom (Earth-616) 0003.jpg

O Quarteto Fantástico

Destino confrontou o Quarteto Fantástico pela primeira vez quando manteve Sue Storm como refém.[1] Destino forçou os outros membros da equipe a viajarem de volta ao passado usando sua plataforma do tempo para recuperar as místicas Pedras de Merlin.[1] Mais tarde, ele enganou Namor a se unir ale para destruir a equipe.[13] Durante essa união com Namor, ele foi encolhido ao tamanho sub-atômico, e acabou parando no mundo de Sub-Atomica, aonde ele rapidamente tomou controle usando seus conhecimentos científicos e começou a atormentar o Quarteto Fantástico com raios de encolher. Ele foi novamente derrotado pelo Quarteto Fantástico com a ajuda do Homem-Formiga.[14] Sua próxima tentativa de derrotar o Quarteto Fantástico envolvia usar o Trio Terrível, um grupo de bandidos a quem Destino deu poderes. Esta aventura terminou com ele sendo transportados para o espaço por uma onda solar.[15] Ele mais tarde foi encontrado flutuando no espaço por Rama-Tut, que revelou a Destino que ele era um de seus antepassados. Acreditando que eles poderiam de fato ser a mesma pessoa, eles decidiram que Rama-Tut voltaria para o futuro após enviar Destino de volta à Terra. De volta à Terra, Destino novamente entrou em confronto com o Quarteto Fantástico. Desta vez, eles o derrotaram por hipnotizar ele a acreditar que havia destruído o grupo.[10]

O feitiço hipnótico foi eventualmente quebrado por um mágico de palco Latveriano que tinha havia ido ao Castelo do Destino para o entreter. Destino, percebendo que ele havia sido enganado, ficou furioso e viajou para a América para ter sua vingança contra o Quarteto Fantástico, os quais haviam perdido seus poderes.[16]. Apesar de não terem poderes, Destino foi novamente derrotado, desta vez com a ajuda do Demolidor.[17] Seu próximo ataque veio quando ele manipulou um exército de super-vilões do mundo a atacar o casamento de Reed Richards e Sue Storm.[18]

Quando o Doom enfrentou e derrotou o Surfista Prateado, ele roubou os poderes e a prancha do Surfista, tornando-se um dos seres mais poderosos na Terra.[12] Com esses novos poderes, ele foi capaz de finalmente derrotar o Quarteto Fantástico. No entanto, ele também foi engando a voar na barreira que Galactus criou em torno da Terra, e os poderes e a prancha do Surfista retornaram ao seu legítimo dono.[19]

Guerras Secretas

Doom without mask

Destino remove sua máscara após obter os poderes do Beyonder.

Outro ataque veio no Mundo Bélico durante a primeira Guerras Secretas. Destino se tornou o líder dos vilões, e após serem derrotados, Destino escapou de sua cela e construiu um dispositivo com o corpo do Garra Sônica para drenar os poderes de Galactus. Usando seus poderes roubados ele foi capaz de atacar seu verdadeiro alvo, o Beyonder, o ser cósmico que organizou as Guerras Secretas. Destino perdeu a batalha, mas quando o Beyonder se aproximou para dissecar e estudar Destino, ele conseguiu ativar um dispositivo em sua placa no peito estava por pouco a seu alcance. Destino então drenou o Beyonder e se tornou ainda mais poderoso. Poderoso demais, Destino era incapaz de descansar, pois poderia destruir o universo com um sonho. O Beyonder, no entanto, havia sobrevivido. Ele se apossou do corpo do Garra Sônica e o usou para enganar Destino a perder o controle de seus poderes roubados, o recuperando e derrotando Destino.

Imperador Destino

Zebediah Killgrave (Earth-616) from Marvel Graphic Novel Vol 1 27 0001

Preso no Psico-Prisma

Destino sequestrou Zebediah Killgrave, o "Homem Púrpura". Ele prendeu Killgrave dentro de um gigantesco Psico-Prisma que ele havia construído em sua ilha. Destino ampliou os poderes do Homem Púrpura e o manipulou para tornar-se o mestre da Terra, também usando a ajuda de Namor. Praticamente todas as pessoas na Terra foram forçados pelo poder do Homem Púrpura a obedecer Destino, e ele conseguiu capturar uma série de super-heróis. O próprio Namor também foi escravizado.
Zebediah Killgrave (Earth-616) from Marvel Graphic Novel Vol 1 27 0002

A Vontade Indomável de Destino

No entanto, devido à sua fisiologia incomum, o Vingadores Magnum não foi afetado, e foi capaz de livre o Capitão América do controle mental de Destino, o qual por sua vez libertou o Gavião Arqueiro, Homem de Ferro e a Vespa. Juntos, eles libertaram os outros super-heróis capturados. Enfurecido por ter sido escravizado por Destino, Namor quebrou o Psico-Prisma, assim matando Killgrave e libertando o mundo do controle de Destino.[20]

Libertando sua Mãe

Destino eventualmente libertou a alma de sua mão com a ajuda do Doutor Estranho. Stephen havia ganho o concurso de Aged Genghis e foi obrigado a atender o pedido do vice-campeão. O plano para liberar sua mãe requeria que Destino desistisse do amor de sua mãe por ele, sendo alvo de seu ódio eterno, um preço que ele estava disposto a pagar.[21]

Arquivo:Doctor Doom 002.jpg

Contra-Terra

Quando Franklin Richards foi sequestrado pelo Massacre, Destino (o qual viu isso como uma oportunidade para roubar os poderes desse ser) se juntou ao Quarteto Fantástico, Vingadores e aos X-Men para enfrentar Massacre no Central Park. Um enfurecido Hulk foi capaz de quebrar a couraça do Massacre. No entanto, Massacre permeneceu como pura energia psiônica e separou Hulk e Bruce Banner. Thor mergulhou no Massacre, tentando o conter. O Quarteto Fantástico, a maioria dos Vingadores, o Hulk sem Banner e até mesmo Destino (o qual foi agarrado pelo Homem de Ferro) os seguiram. Graças a esse sacrifício, os X-Men finalmente conseguiram destruir Massacre.[22] Acreditava-se que Destino, o Quarteto Fantástico, os Vingadores e Banner estavam mortos, mas na verdade foram salvos por Franklin, o qual criou uma dimensão de bolso chamada de Contra-Terra para os manter em segurança. Após vários meses, os heróis desaparecidos retornaram da Contra-Terra, com exceção de Destino que ficou para trás. Ele dominou esse mundo e o moveu do universo de bolso para o seu universo original com magia e tecnologia, a colocando na mesma órbita da Terra, mas no lado oposto, criando uma Contra Terra. Eventualmente ele foi destronado e retornou ao seu devido planeta.[12]

Valeria

Fantastic Four Vol 1 537 Textless

O retorno do próprio Inferno.

Após ajudar Susan Storm enquanto ela estava dando à luz, Destino pediu para nomear sua filha de Valeria. Ele até mesmo estranhamente deixou um ursinho de pelúcia para a criança.[23] No entanto, este ato de bondade era na verdade uma conspiração para eventualmente utilizar a jovem como um condutor místico para um complexo plano onde Destino iria sacrificar seu amor, Valeria, assim ele poderia ganhar o tipo de habilidades místicas que ele teria alcançado a essa altura se tivesse escolhido magia em vez de ciência.[24] Apesar de seu novo poder, Destino foi derrotado pelo Quarteto Fantástico e o Doutor Estranho após ser enganado a irritar a Trindade Hazareth com seu orgulho; a Trindade foram os demônios que concederam os novos poderes do Destino com a condição de que ele nunca esquecesse a dívida que tinha com eles, mas Richards provocou o ego de Destino para que ele negasse precisar da ajuda deles. Irritados, a Trindade Hazareth pegou Destino e o arrastou para o Inferno.[25] Ele logo foi removido de seu reino e banido para um 'universo Moebius' por Richards, o qual procurava garantir que Destino ficasse preso para sempre, com ele sendo o seu carcereiro, mas esse plano falhou quando o resto da equipe tentou resgatar Reed, resultando em Destino tomando controle do corpo de Sue e Johnny para tentar escapar, antes de ele ser morto enquanto estava possuindo o Coisa.[26]

Quando Mjolnir, o martelo de Thor, caiu na Terra, ele atravessou o tempo e espaço, momentaneamente rompendo a entrada do Inferno e proporcionando a Destino uma rota de fuga. Após seu retorno à Terra, Destino reganhou controle da Latvéria, usou suas forças armadas para localizar Mjolnir, e tentou tomar o poder para si mesmo. No entanto, ele não era digno.[27]

Guerra Civil

Durante a Guerra Civil dos super-heróis, Reed Richards e vários outros heróis derrotaram um Destinobô na Cidade de Nova York. O próprio Destino pode ou não ser responsável. Em outra tática para ganhar influência durante esse tempo de desunião, Destino propôs uma aliança entre a Latvéria e o país do Pantera Negra, Wakanda. O Pantera Negra e sua esposa, Tempestade, no entanto, viram através dos planos de Destino.

Então Destino procurou se unir com outro país. Após a destruição do reino subaquático de Atlântida, o Doutor Destino tornou a Latvéria em um campo de refugiados para os Atlantes[28] e fez uma aliança com Loki em seu plano para manipular Thor a liberar involuntariamente seus inimigos Asgardianos.[29]

O Homem de Ferro liderou as forças da S.H.I.E.L.D. e os Poderosos Vingadores até a Latvéria quando ele descobriu que um dos satélites do Doutor Destino carregava o 'Vírus Venom' liberado na Cidade de Nova York.[30] Usando viagem no tempo, o Doutor Destino se envolveu em uma relação romântica com Morgan le Fay nessa época, em troca de sua tutela nas artes místicas. Este acordo foi interrompido quando os Poderosos Vingadores deterem Destino e o encarceraram por crimes contra a humanidade.[31] Durante a batalha, Doutor Destino, Homem de Ferro, e o Sentinela, caíram através de um portal do tempo, prendendo o Doutor Destino e seus oponentes no passado. O Doutor Destino e o Homem de Ferro conseguiram conseguiram trazer os três de votla ao presente.[32]

Doutor Destino foi liberado de sua prisão pela Força Fantástica, um grupe de um futuro distante que retornou ao presente. A Força Fantástica sequestrou Destino e o Tocha Humana para os usar como fonte de energia para um dispositivo de viagem no tempo que foi criado com o corpo morto de Galactus. Todo o plano da Força Fantástica era liderado pela futura Sue Storm. No final, Reed Richards e Sue Storm não só encontraram uma casa para os futuros refugiados, mas também libertaram Destino e o Tocha Humana. No que deveria ser um final feliz, o Doutor Destino matou a futura Sue Storm, para "restaurar sua honra."[12]

A Cabala

Dark Reign The Cabal Vol 1 1 Textless

Doutor Destino na Cabala.

Após o fim da Invasão Skrull, o Doutor Destino se tornou um membro da Cabala junto com Norman Osborn, Emma Frost, Namor, Loki e o Capuz.

Devido ao status de Doom, Drácula aproximou-se dele para garantir um pacto de não-agressão - tanto com Destino como com a Cabala - antes de atacar a Grã-Bretanha. Destino, o qual detestava Drácula, se recusou a reconhecer a sua posição real.[33]

Morgan le Fay viajou a Latvéria dos dias presentes para combater o Doutor Destino por falhar em terminar sua barganha. Os Vingadores Sombrios foram ajudar Destino após Morgan le Fay ter o derrotado em um combate místico. Norman Osborn resgatou Destino de uma paralisia mística, e eles vincularam suas armaduras para acessar o cubo do tempo de Destino para poder voltar no tempo e enfrentar Morgan le Fay. Destino não podia ou não queria destruir le Fay, embora tivesse o poder para isso, porque o seu futuro estava entrelaçado com o dela. Em vez disso, Destino a enviou de volta no tempo, forçando ela a encontrar um caminho de volta ao presente seu presente, e assim, distraindo ela para que não enfrentasse Destino e os Vingadores Sombrios. Destinou mostrou desprezo por Osborn e sua "ignorância" pelo fluxo do tempo e voltou ao presente e desfez tudo que le Fay havia feito aos Vingadores Sombrios. Então Destino magicamente restaurou Latvéria e reconstruiu seu castelo usando o cubo do tempo.[34]

Marquês da Morte

MarquisofDeath 002

Os Mestres do Destino.

Depois de sua captura inicial e liberação por crimes contra a humanidade, Destino revelou que ele havia aprendido tudo que sabia com um mestre, alguém que era muito mais poderoso e maligno que ele, e que em breve ele retornaria. Quando seu mestre, o Marquês da Morte, chegou, ele ficou desagradado com o que Destino vinha fazendo nas últimas duas décadas desde a sua partida. Ele esperava que Destino fosse o governante cruel da Terra, não o governante de um pequeno país derrotado por heróis como o Quarteto Fantástico.

Após brincar com sua mente, ele derrotou Destino e o baniu para a Era Pliocena para morrer. Com seu novo aprendiz, o Marquês da Morte começou a atormentar o Quarteto Fantástico como punição, mas foi derrotado por eles. Quando Richards decidiu não acabar com seu inimigo, o Aprendiz do Marquês, revelado ser o próprio Destino, fez isso por ele. O Doutor Destino esperou por anos no passado usando todo seu conhecimento e feitiçaria para sobreviver. Ele então se tornou o Aprendiz do Marquês e esperou pelo momento em que o Marquês estivesse fraco o suficiente para ele ter sua vingança e o momento chegou quando ele enfrentou o Sr. Fantástico. Destino declarou que todas as rivalidades entre ele e Richards foram resolvidas a muito tempo para sua satisfação.[35]

Asgardianos na Latvéria

Quando os Asgardianos se mudaram de Asgard, a qual estava flutuando sobre Broxton, Oklahoma, para a Latvéria por sugestão de Loki, Destino secretamente começou a capturar Asgardianos e fez experiências com eles para descobrir o que os dava imortalidade. Ele até mesmo mutilou alguns Asgardianos, convertendo-os em ciborgues para servirem suas ambições distorcidas. Ele então soltou esses ciborgues sobre Balder e companhia. No entanto, Thor veio vingar seu povo e entrou em combate com Destino. Após perceber que poderia perder, Destino fugiu e entrou na arma que estava trabalhando: uma nova versão da Armadura Destruidor. Ele voltou a enfrentar Thor e começou a espancá-lo, com Thor incapaz de o ferir. Percebendo que a armadura de Destino era alimentada por uma bateria, Thor enfrentou Destino até o poder da armadura finalmente se esgotar, forçando Destino a recuar.[12]

Destino teve um último encontro com Norman e sua Cabala, mas ainda se recusou a se aliar com Norman. Para mostrar seu poder, Norman liberou sua "arma secreta" em Destino e o derrotou. Mas Destino obviamente estava preparado para esse tipo de ataque, enviando um Destinobô em seu lugar. O Destinobô liberou tecnologia avançada para atacar a Cabala e os Vingadores Sombrios de Namor. Destino deixou claro que ninguém poderia o controlar.[36]

A Guerra do Destino

Quando Destino descobriu um grupo xenofóbico de Wakandianos conhecidos como Desturi, ele começou seus planos para ganhar acesso a vasta quantidade de Vibranium localizada em Wakanda. O Vibranium possui a habilidade de ser magicamente carregado e tem potencial infinito de poder, algo que Destino havia descoberto como usar para o tornar praticamente imparável. Destino desenvolveu câmeras nanorobóticas, as quais ele dispersou em todos os Wakandianos, os tornando, inconscientemente, espiões para Destino. Com todas as informações de segurança de Wakanda disponíveis, ele foi capaz de ganhar acesso ao cofre que continha o Vibranium do país. Em um último esforço para detê-lo, T'Challa tornou todo o Vibranium Wakandiano inerte e inútil.[37]

Há muito tempo atrás, Destino traiu o Líder e seu grupo de super vilões, a Intelligência. O grupo mais tarde foi reformado e planejou 'lobotomizar' sua concorrência e capturar oito das maiores mentes da Terra, incluindo Destino. Destino foi capturado pela Intelligência usando o Hulk Robô.[12]

Cruzada das Crianças

Victor Von Doom The Children's Crusade

Com os poderes de Wanda.

Quando os Jovens Vingadores ajudaram Magneto a encontrar sua filha Wanda, eles a encontraram sem memórias de seu passado e noivada com o Doutor Destino. Foi revelado que ele desempenou um papel no aumento dos níveis de poder da Feiticeira Escarlate, levando aos eventos que desfez os Vingadores e alterou a realidade na Dia M.[12] Quando os Jovens Vingadores viajaram de volta no tempo com Wanda, eles foram capazes de restaurar a memória dela e, portanto, seus poderes.

De volta ao presente, Destino roubou os poderes de Wanda em uma tentativa de se tornar onipotente. Ele prometeu tornar a vida perfeita de todos presente e até mesmo reviver os motos, mas apenas se ele se tornasse o rei do mundo. Os Jovens Vingadores, os Vingadores e os X-Men recusaram, em vez disso o enfrentando até seus novos poderes se sobrecarregarem, o deixando novamente sem poderes. Destino escapou, se teletransportando para longe após se responsabilizar por todas as ações de Wanda, afirmando que ela era apenas uma marionete, e apenas ele era poderoso o suficiente para criar aquele tipo de caos.

Para a Fundação Futuro

Arquivo:Victor von Doom (Earth-616) in FF armor.JPG

Após a morte do Tocha Humana, Destino se juntou a Fundação Futuro com a condição que Reed Richards restaurasse a inteligência que ele perdeu nas mãos da Intelligência.[38] Ele ajudou a equipe a procurar pelos Richards de universos alternativos e foi sequestrado pelo "Reed-Alfa", o qual o levou a Latvéria e confrontou Kristoff von Doom, o qual havia assumido como governante. Lá, com a ajuda da Fundação Futuro, eles reconstruíram "a Ponte" do Reed 616, um dispositivo que permitia Reed espiar outras realidades, viajando para elas a vontade. Enquanto estavam na Ponte, "Reed-Alfa" libertou Destino para ajudar na batalha contra os Celestiais Loucos. Em vez de aproveitar sua chance de escapar, Destino permaneceu e lutou pela Latvéria.[2] No final, Destino perdeu a batalha e aparentemente morreu.[5]

Retorno

Sem conhecimento de como havia sobrevivo aos Celestiais Loucos, Destino acordou no meio das ruínas do Conselho Interdimensional de Reeds, aonde Valeria havia o deixado um presente: um exército completo de Doutores Destino lobotomizados de realidades alternativas, os quais foram anteriormente capturados pelo Conselho de Reeds, junto com duas Manoplas do Infinito de outros universos. Com esses recursos, Destino criou o Parlamento de Destino.[39] Ele mais tarde retornou para novamente governar Latvéria, e foi alvo de Lucia von Bardas e do Fantasma Vermelho, os quais queriam vingança por julgamentos passados de Doom.[40]

Destino viajou ao Universo que uma de suas Manoplas do Infinito pertencia, o qual agora estava vazio e desolado, e usou a manopla para dar vida a ele novamente. Ele separou magia e ciência, criando as regras básicas de suas existência, criou novas formas de vida e fez de si mesmo o governante. Em um mundo aonde ciência e magia estavam unidas, suas criações se voltaram contra ele e seis governantes dividiram as Joias do Infinito de Destino entre si. Reed e Nathaniel Richards entrou nesse universo para salvar Destino, após ser avisado por Valeria que ele estavam em grande perigo. Eles convenceram cinco dos governantes a perdoarem Doom e conseguiram escapar das garras do sexto, trazendo Doom de volta ao seu universo. Após o seu regresso, Doom declarou que ele e Richards estavam novamente quites.[41]

Incursão na Latvéria

Após seu retorno, Latvéria se tornou o local de uma incursão, uma colisão entre a Terra e uma das suas contrapartes de um universo alternativa. Essa incursão era diferente no entanto, pelo fato de estar sendo controlada por um misterioso grupo conhecido como os Mapeadores, os quais haviam manipulado a outra Terra para explodir e desejavam marcar a Terra de Doom para potencial expansão. Destino enfrentou os Mapeadores com a ajuda de seu filho adotivo, Kristoff Vernard, enquanto sem que ele soubesse, os Illuminati explodiram a outra Terra. Após a incursão terminar, Destino foi alertado sobre uma pedra que havia caído do céu, que era na verdade um sinalizado dos Mapeadores. Doom contatou Reed Richards e Stephen Strange para os confrontar a respeito da presença dos Illuminati na Latvéria e a incursão, mas eles se recusaram a o dar respostas e Reed avisou a ele para não o contatar em relação as incursões novamente, o que deixou Destinou furioso.[42]

EIXO

Após aprisionar Loki devido as manipulações de um Velho Loki, Destino descobriu que seu povo estava lutando entre si e se reunindo contra ele. Após ele próprio começar a ter maus pensamentos, Destino percebeu que a Latvéria estava sob ataque telepático. Ele usou um feitiço para se proteger, e descobriu que o Caveira Vermelho era o responsável pelo ataque. Enquanto isso no Castelo de Doom, Loki foi libertado por Valeria, a qual usou a sua espada da verdade, Gram, para liberar uma "onda de verdade" que parou a influência telepática sobre a Latvéria. Momentos depois, Magneto chegou ao Castelo de Doom para recrutar Destino para uma equipe de vilões para impedir o Caveira Vermelho, o qual havia se tornado o "Massacre Vermelho".[43]

Destino então foi até Genosha com o resto dos vilões que foram recrutados por Magneto. Eles destruíram uma das Sentinelas Stark do Caveira, o qual estava mantendo preso alguns dos heróis que estavam enfrentando o Massacre Vermelho. Destino e a Feiticeira Escarlate começaram a conjurar um feitiço de inversão para alterar o compasso moral do Caveira para poderem o derrotar. O feitiço funcionou, mas ele também acidentalmente afetou a todos na ilha. Após toda a ilha ser coberta pelo feitiço, todos os vilões desapareceram, incluindo Destino.[44]

Destino retornou a Latvéria como um bom homem altruísta e gentil devido ao feitiço, pronto para reparar seus antigos pecados.[45] Sabendo que a (agora invertida) Feiticeira Escarlate viria até a Latvéria para se vingar dele devido as suas manipulações passadas, Destino criou um dispositivo capaz de canalizar uma porção dos poderes da Feiticeira. Com a ajuda de uma equipe de Vingadores reunida por Valeria, Destino conseguiu se apossar de uma porção dos poderes da Feiticeira Escarlate, o qual ele usou para concertar uma de seus erros do passado, o assassinato de Cassie Lang, e a trouxe de volta a vida.[46]

Wanda conseguiu finalmente confrontar Destino, o qual foi salvo por Magneto e Mercúrio. Enquanto Magneto e Pietro tentavam convencer Wanda a não cruzar a linha e tirar a vida de Destino, Destino fugiu para outra dimensão,[47] aonde ele fez um pacto com um semideus para trazer Doutor Vodu de volta a vida.[48] O irmão de Vodu, Daniel possui a Feiticeira Escarlate para a fazer cooperar e ajudar Destino a conjurar um feitiço de reinversão. Após se teletransportar para Nova York, aonde os heróis e vilões invertidos estavam lutando, o Caveira Vermelho invertido ajudou Destino e Daniel a conjurar o feitiço, o qual trouxe com sucesso quase todos de volta ao normal, incluindo Destino.

Victor aproveitou a confusão trazida pela reinversão e sequestrou o Caveira Vermelha para Latvéria, para realizar experimentos.[49]

O Tempo Se Esgota

Nos meses seguintes, Victor trabalhou com uma equipe de cientistas para fazer engenharia reversa em uma das peças de um Cartógrafo que ele reuniu da incursão que aconteceu na Latvéria. O Pensador Louco conseguiu com sucesso mapear toda a rede deles. Destino planejava usar o Homem Molecular, para se opor a quem deu início as incursões e a decadência do Multiverso.[50] O Homem Molecular levou Destino para outro lugar,[51] para um vazio de onde eles então viajaram para trás através das névoas do tempo e dos vários planos de realidade.[52]

Victor von Doom (Earth-616) from New Avengers Vol 3 31 002

Destino e o Homem Molecular viajaram vinte e cinco anos para o passado para uma realidade alternativa para testemunhar a origem do Homem Molecular. A viagem afetou a mente do Homem Molecular, o restaurando de seu estado caótico, e informou Destino da origem dele. O Homem Molecular era uma singularidade através de cada universo, uma "bomba" criada pelos Beyonders para detonar por todo o multiverso ao mesmo tempo. Se um Homem Molecular morresse, seu universo morreria com ele. Se todos os Homens Moleculares morresse ao mesmo tempo, cada universo morreria simultaneamente com eles, o qual era o objetivo dos Beyonders. O Homem Molecular matou sua contraparte, o que desencadeou a morte precoce do universo daquele Homem Molecular, e causou as incursões. O Homem Molecular convenceu Doom de que, a fim de impedir os planos dos Beyonders, ele teria que embarcar em uma missão para matar todos os Homens Moleculares.[4]

Mesmo que as ações de Destino resultaram em um resultado semelhante aos planos dos Beyonders, a destruição das realidades, Destino planejava salvar tudo o que pudesse da destruição, já que desencadeando alguns destes Homens Moleculares mais cedo iria diminuir a força da explosão que os Beyonders haviam planejado. Destino também capturou os Homens Moleculares de outros universos, a fim de criar uma bomba ainda maior com a qual ele iria destruir os Beyonders.[53].

Oito anos após o início de sua jornada, quando Destino havia matado milhares de Homens Moleculares, ele encontrou uma das quais seria a primeira das suas Cisnes Negros, um culto que ele formaria como uma religião que adoraria a ele mesmo, sob a identidade de "Rabum Alal" (o "Grande Destruidor").[4] Um grupo de Cisnes Negros se rebelou contra Destino, e procuravam um caminho diferente. Elas destruíram outras Terras durante as incursões como uma oferenda a Rabum Alal e para conseguir mais tempo para outros universos (para cada Terra destruída durante uma incursão, dois universos e uma das Terras eram salvos).[54]

No presente, quando o Doutor Estranho e os Sacerdotes Negros viajaram para a Biblioteca dos Mundos para encontrar Rabum Alal, o qual eles acreditava ser uma das principais causas da decadência do Multiverso, O Doutor Destino se apresentou-se.[3] Destino informou a Strange suas origens como Rabum Alal, e revelou seu plano para derrotar os Beyonder: os diferentes Homens Moleculares que ele capturou. Em uma última tentativa de salvar o Multiverso, Destino levou Strange e os Homens Moleculares para enfrentar os Beyonders.[4] Ele foi capaz de os destruir e roubar todo o poder deles usando o Homem Molecular como um condutor.[53]. No entanto, o sucesso de Destino custou a morte de milhares de universos, deixando apenas uma dúzia.[4]

Guerras Secretas

Quando o Multiverso finalmente pereceu na incursão final entre a Terra-616 e a Terra-1610,[55] Destino usou o poder dos Beyonders para salvar os restos de vários realidades e construir um planeta chamado Mundo Bélico, o qual era governado sob seu punho de ferro, com a ajuda de Stephen Strange, o qual era xerife do Mundo Bélico.[56] O Homem Molecular continuou a fortalecer o Imperador Deus Destino, e permaneceu escondido em uma câmara.[53] Durante os primeiros dias deste planeta, Destino encontrou uma versão alternativa do Quarteto Fantástico, na qual que Reed Richards não existia. Essa Sue Storm acabou se apaixonando por Victor, e eles tiveram dois filhos, Franklin e Valeria.[57]

Victor von Doom (Earth-616) from Secret Wars Vol 1 4 cover

Imperador Deus Destino

Conforme oito anos se passaram, Destino e Strange conseguiram modificar as memórias de seus habitantes, ao ponto que eles não mais se lembravam do que havia existido antes do Mundo Bélico. Embora ele fosse um governante onipotente, Victor sentia que estava falhando em seu dever como um deus, ele achava que ele não era capaz de inspirar corretamente o seu povo, e mesmo que o Mundo Bélico fosse o mundo perfeito que ele deseja, ele se considerava a única falha.[58]

A monotonia do reinado de Destino foi interrompida com a descoberta de uma embarcação vazia no domínio conhecido como Utopolis, um bote salva-vidas que havia sido construído pelos sobreviventes da Terra-1610, o vilão Criador e a Cabala. A embarcação os manteve em animação suspensa durante os oito anos que se passaram, e tinha lhes permitido sobreviver ao fim do Multiverso e acabarem parando no Mundo do Batalha.[6]

O Xerife Strange reconheceu o design da balsa, a qual era uma embarcação semelhante a que ele havia encontrado três anos atrás e tinha mantido escondido em sua Ilha de Agamotto. Quando Strange investigou a embarcação que ele havia escondido, ele libertou seus usuários, os sobreviventes da Terra-616, entre os quais estavam o Sr. Fantástico, Namor e o Pantera Negra.

Após serem informados sobre a natureza do Mundo Bélico e seu governante, os sobreviventes da Terra-616 ajudaram o Xerife Strange a enfrentar o Criador e a Cabala, os quais haviam sido finalmente localizados pela força policial do Mundo Bélico, a Tropa Thor.[56] Destino permaneceu relutante a participar do conflito, até que viu o Sr. Fantástico na cena, imediatamente se teletransportado para Utopolis, e parou o combate, exigindo aos recém-chegados que reconhecessem sua autoridade. Para evitar que Destino ferisse os intrusos, Stephen usou sua magia para teletransportar-los para longe. Após o desaparecimento da Cabala e dos heróis da Terra-616, Destino confrontou Strange por desobedecê-lo e acabou o matando, após Stephen o acusar de ter medo de Richards.[59]

Perdição mais tarde ordenou a Valeria e o departamento de ciências do Mundo Bélico, a Fundação, a encontrarem os intrusos, jogando a culpa do assassinato de Stephen sobre eles.[53] Três semanas depois, o Mundo Bélico estava um caos, com desordem tendo se tornado em rebelião em vários domínios, com alguém chamado de "o Profeta" formando um exército contra Destino.[57] O Profeta, o qual foi mais tarde revelado ser outro senão Maximus, o Louco, da Cabala, e seu exército marcharam até o Castelo de Destino. Alguns dos aliados de Destino começaram a lutar contra ele, como a Tropa Thor, os quais haviam sido convencidos a lutar contra seu deus pelo Thor sobrevivente da Terra-616.[60]

Secret Wars Vol 1 9 Textless

Quando ele decidiu entrar na luta, Destino foi confrontado pelo Pantera Negra, o qual havia adquirido uma Manopla do Infinito no santuário do Xerife Strange, e Namor.[61] Após uma batalha que os levou através dos diferentes lugares do Mundo Bélico, Destino derrotou o Pantera Negra, mas ele percebeu que a luta não era nada além de uma distração. Ele se teletransportou para câmara do Homem Molecular, a qual havia sido encontrada pelo Senhor Fantástico. O Homem Molecular removeu parcialmente o poder de Destino, a fim de permitir uma luta justa. Durante o confronto intenso, Destino acusou Richards de acreditar que ele poderia ter feito melhor se tivesse tido o poder de Destino, e quando Reed admitiu que ele teria feito melhor, Destino também acabou concordando. Em razão de que ambos concordaram, o Homem Molecular deu o seu poder a Reed, destruindo o Mundo Bélico no processo.

Com o poder que havia recebido do Homem Molecular, e com a ajuda de sua família revivida, o Senhor Fantástico começou a restaurar o Multiverso, incluindo a Terra-616. Quando ele devolveu Victor para a Latvéria, Reed o curou de suas cicatrizes,[62] permitindo que Destino tivesse uma abordagem diferente para com a vida e, finalmente, deixasse a vilania, e até mesmo o seu reino, para trás.[63]

Poderes

Arquivo:Dr Doom 005.JPG

Magia: O Doutor Destino foi introduzido nas artes místicas pela sua mãe (a qual era de sangue cigano e Latveriano).[9] Ele desenvolveu ainda mais suas habilidades estudando com o Doutor Estranho[necessitando citação] e viajando através do tempo e aprendendo Artes das Trevas perdidas com várias pessoas, como Morgan le Fey.[64] Depois o Dr. Estranho renunciar como o Mago Supremo da Terra, Destino estava entre os candidatos considerados adequados para substituí-lo.[65] No entanto, a maioria dos seus poderes vieram da Trindade Hazareth,[23] e por ter os irritado, a maioria da sua magia foi removida e ele foi preso no Inferno como punição.[66] Quando seus poderes era aumentados pela Trindade, ele podia fazer o seguinte:

  • Rajadas Místicas: A experiência mística de Destino era apenas com as menores magias da Terra.
  • Campos de Força Místicos
  • Invocar Entidades
  • Lançar Feitiços
  • Invocação: Destino podia invocar criaturas demoníacas.
  • Teletransporte
  • Viagem Dimensional: Destino podia viajar para outras dimensões.
  • Armadilha Mística
  • Portais Místicos

Poderes Psíquicos: Devido à sua grande força de vontade, Doom ganhou algumas habilidades telepáticas, as quais ele usa contra seus inimigos [necessitando citação]

  • Transferência Mental: Por treinar com uma raça alienígena, Destinou ganhou a habilidade de trocar sua mente com a de outro ser humano próximo com quem ele fez contato visual, um processo que ele aprendeu com os alienígenas Ovoides.[67] No entanto, Destino prefere seu próprio corpo e apenas usa essa transferência como último recurso.[necessitando citação]
  • Hipnotismo: Destino é capaz de hipnotizar as pessoas, como fez com Aquaman.[68]

Manipulação Tecnológica: Destino é um mestre tecnólogo e criou versões de si mesmo. Sua armadura é auto-sustentável e pode sobreviver sob a água ou no espaço.

  • Campo de Força Tecnológico A armadura de Destino pode gerar um campo de força.
  • Arco Relâmpago: Destino pode gerar e invocar descargas elétricas.
  • Poderes dos Beyonders: Durante os oito anos de existência do Mundo Bélico, Destino era praticamente onipotente, graças ao poder roubado da raça de Beyonders. Ele foi capaz de criar um planeta inteiro composto pelos restos de realidades destruídas com apenas o pensamento, ele podia reorganizar realidade conforme a sua vontade, se teletransportar, retornar da morte, e facilmente derrotar o receptáculo humano da Força Fênix.[72]

Habilidades

Arquivo:Victor von Doom (Earth-616) 022.gif
  • Inteligência Nível Super-Gênio: A arma mais perigoso do Doutor Destino é seu intelecto.[necessitando citação] Ele é uma das mentes mais mortais do planeta.[necessitando citação] Destino até mesmo curou Ben Grimm de sua forma de Coisa.[73] Destino construiu centenas de dispositivos, incluindo uma máquina do tempo funcional,[1] dispositivos que podem dar poderes as pessoas,[74] e vários tipos de robôs.[1] Seus robôs mais utilizados são o seu "Destinobôs," réplicas mecânicas exatas dele mesmo. Elas se parecem com ele, falam como ele, e até mesmo agem como ele. Individualmente, os Destinobôs possuem uma avançada IA (inteligência artificial), de modo que cada uma acredita ser o verdadeiro Destino.[75] Como medida de segurança, cada Destinobô tem um programa de contenção que é acionado sempre que o verdadeiro Destino (ou outro Destinobô) está por perto. Estes "dublês de corpo" aparecem quando Destino não pode estar presente ou não está disposto a arriscar sua própria vida, e são muitas vezes responsáveis pelo retorno de Destino após uma suposta morte.[76] Outro tipo comum de robô usado é o Servo-Guarda, a força policial da Latvéria.[77] Victor é especializado em física, robótica, cibernética, genética, tecnologia de armas, bioquímica, e viagem no tempo. Ele também possui talentos naturais para liderança, estratégia, política, e manipulação.
  • Mestre em Artes Marciais: Durante seu tempo no Tibete, Destino foi treinado em artes marciais por monges.[78] Ele é muito habilidoso em várias técnicas de combate, tanto armado quanto desarmado. Ele foi treinado pelos melhores mestres espadachins na Terra[79] e pode acertar poderosos golpes em pontos vitais.[80] Suas habilidades de combates são tão grandes que ele foi capaz de matar um leão com as próprias mãos[80], derrotar o Demolidor em um combate corpo-a-corpo e empunhar o Escudo do Capitão América tão eficientemente quanto o próprio Steven Rogers.[81]
  • Auge da Condição Humana: Destino treinou seu corpo ao nível dos melhores atletas humanos. Ele possui um bom físico, além de ser rápido e ágil. Ele também demonstrou grandes reflexos e equilíbrio. Sua força física e resistência superam até mesmo as do Demolidor.[82]
  • Vontade Indomável: Destino possui uma grande força de vontade. Ele foi capaz de resistir a ataques psíquicos de Emma Frost e do Homem Púrpura usando apenas sua vontade, rejeitar a armadura mística que a Espada Espiritual fornece ao usuário com apenas sua força de vontade e enquanto era torturado no inferno, se recusou a permitir que uma única indicação sonora de dor saísse de sua boca
  • Conexões Muito Influentes: Como Monarca da Latvéria, Doutor Destino possui acesso a equipamento tecnológico e militar. Também possui comando de forças convencionais militares; veja Generais do Doutor Destino.
  • Imunidade Diplomática: Como o líder de uma nação soberana, o Doutor Destino frequentemente visita os Estados Unidos ou as Nações Unidas, por motivos políticos. Ele goza de imunidade diplomática durante essas viagens, e sua embaixada é considerada solo estrangeiro. Ele foi até mesmo escoltado pelo próprio Capitão América.
  • Artista: Destino já mostrou ser um talentoso artista. Ele pintou uma duplicata da Mona Lisa enquanto usava Layla Miller como modelo.[83]
  • Pianista: Destino já mostrou ser um talentoso pianista. Ele já tocou várias composições criadas por ele mesmo.[84]
  • Mestre Espadachim: Destino demostrou ser proficiente em combate com espadas, sendo capaz de derrotar Krang em combate.[79]

Nível de Força

Desconhecida. Provavelmente menor que a do Homem de Ferro, quando vestindo sua armadura.

Fraquezas

  • Ego: Foi demonstrado no passado que Destino pode ser manipulado por adular seu senso de superioridade, especialmente sobre Reed Richards. O Homem-Aranha foi capaz de ganhar a ajuda dele com uma tecnologia desconhecida por dizer que Reed não conseguia a entender. Este ego também é o principal motivo de querer se vingar contra Reed, já que ele não pode aceitar que Reed entendeu suas equações melhor do que ele mesmo.
  • Acordo com Mephisto: Doom fez um acordo com o demônio Mephisto. Ele tem permissão de convocar e desafiar Mephisto uma vez por ano e tentar ganhar de volta a alma de sua falecida mãe. Mas cada vez que ele falha, o povo da Latvéria irá cada vez desprezá-lo mais.[87]


Equipamento

Armadura Mística: Destino obteve sua armadura através de uma barganha com a Trindade Hazareth. As especificações exatas de sua armadura são desconhecidas e foi aparentemente perdida quando a Trindade Hazareth removeu seu apoio e fortalecimento de Destino.

Armadura de Titânio: A armadura original do Doutor Estranho é uma traje de propulsão nuclear auxiliado por computador. Foi magicamente forjado em um monastério no Tibete, mas desde então ela foi reparada por meios normais (tecnológico).

  • Força Aumentada: Ela dá ao Doutor Destino a habilidade de levantar várias toneladas. Ele conseguiu aguentar lutar contra o Homem-Aranha em um combate corpo a corpo.[85]
  • Resistência: A armadura é formado de uma liga de titânio de alta resistência.
  • Comunicador de Vídeo: Possui um comunicador de vídeo acoplado no pulso direito, que ele pode usar para se manter em contato com suas bases em qualquer ponto da Terra.
  • Choque Elétrico: A superfície externa da armadura pode gerar um enorme choque eléctrico ao seu comando.
  • Voo: As armaduras do Doutor Destino são melhoradas para dar a ele o poder de voar sem o uso de jet-packs.
  • Mochilas a Jato: A armadura comum possui mochilas a jato duplas instaladas na cintura, embora outros trajes (ou modificações do traje original) possuam uma única mochila a jato instalada nas costas.
  • Rajadas Concussivas: Rajadas concussivas de força podem ser disparadas das manoplas e da placa dianteira da armadura, embora a máscara só gere rajadas de força quando não está sendo vestida.
  • Campo de Força: A melhor defesa do traje é o campo de força gerado pela armadura, que tem um raio máximo de oito pés (e assim pode proteger outros); Doom não pode atacar sem baixar seu campo de força.[17]
  • Visão Infravermelha: Leitores infravermelhos no capacete permitem que o portador detecte fontes de calor, permitindo a visão noturna e a capacidade de ver pessoas invisíveis (a menos que eles não emitam ou de alguma forma possam mascarar a sua assinatura de calor).
  • Sistema de Reciclagem: A armadura é auto-sustentável, equipada com armazenamentos internos e sistemas de reciclagem de ar, comida, água e energia, permitindo que o portador sobreviva longos períodos de exposição debaixo d'água ou no espaço.
  • Sistemas de Sensores: Leitores ópticos no capacete permitem que as lentes do capacete sejam usadas como telescópios de alta potência, e amplificadores de som instalados no interior do capacete permitem que Destino detecte sons extremamente fracos e frequências incomuns dentro da faixa audível para os seres humanos.
  • Absorção de Energia Solar: Um termo-energizador permite que a armadura absorva e armazene a energia solar e calor, e a use para alimentar outros sistemas da armadura; este sistema só pode ser usado enquanto o campo de força está desativado.
  • Estilhaços da Vera Cruz[33]: Destina afirma que sua armadura contém estilhaços da Vera Cruz, junto com outras defesas (supostamente para protegê-lo dos inimigos mortos-vivos, ou seja, Drácula)[86]) Considerando as habilidades de viajar no tempo de Destino, há possibilidade de isso ser verdade.

O Doutor Destino possui duas Manoplas do Infinito de duas realidades alternativas, mas devido a isso, elas não funcionam da mesma maneira em sua realidade.

Como um inventor de nível gênio e monarca de uma nação soberana, Destino pode obter muitas outras peças de equipamento, conforme necessário.

Veja Também: Conquistas tecnológicas, Robõs do Doutor Destino.

Transporte

Vários; anteriormente sua Fortaleza Voadora.

Armas

Anteriormente, Destino geralmente carregava uma pistola Mauser, a qual ele usava para despachar alvos "indignos" de seus outros meios de ataque.

  • Na Latvéria, Destino possui seu próprio feriado - Dia de Doom, o qual é uma enorme celebração.[necessitando citação]
  • Um dos traços do Doutor Destino, que muitas vezes faz com que ele se destaque, é a sua tendência de se referir a si mesmo na terceira pessoa.[necessitando citação]
  • Por causa de seu status como governante de Latvéria, Destino normalmente tem imunidade diplomática. Este é talvez o seu maior trunfo, como qualquer tentativa de matá-lo seria uma violação do direito internacional - Isso foi sido usado para evitar sua morte nas mãos do Quarteto Fantástico, e resultou no Capitão América agir como um guarda-costas para Destino enquanto ele estava fazendo uma visita diplomática à América.[88]
  • Em um retcon, as cicatrizes que Destino originalmente recebeu da explosão do seu dispositivo arcano eram, embora grandes, não tão terrivelmente desfiguradas. Em sua ânsia de assumir sua personalidade mascarado, ele vestiu a máscara de sua primeira armadura enquanto o metal ainda estava fumegante na forja. Acreditava-se que as queimaduras que ele sofreu a partir deste haviam o tornado verdadeiramente hediondo. No entanto, isso foi mais tarde recontado na série Os Livros do Destino.
  • A história original de suas cicatrizes era que a explosão de seu portal demoníaco causaram as hediondas cicatrizes, e para se adequar a sua própria arrogância, ele vestiu a sua infame máscara.
  • Após as Guerras Secretas, o Beyonder apareceu em Quarteto Fantástico #288, aonde ele explicou que ele puxou Destino de um tempo diferente. Ele então corrigiu a situação por reordenar as aparições de Destino para ajustar o fluxo do tempo.
Oh my God! They killed Wolverine and Doctor Doom! You Bastards!

Cameos em LJA #1

  • O Doutor Destino fez uma pequena aparição nas páginas de LJA da DC. Na cena, Destino e Wolverine são executados por uma equipe de super-vilões conhecidos como Hyperclan.
  • Destino cometeu seu primeiro assassinato aos dezesseis anos, no entanto foi em auto-defesa.[90]
  • Destino afirmou que a sua consciência começou quando ele estava no útero de sua mãe. Destino teorizou que o contato de sua mãe com os demônios é o que tornou isso possível, afirmando também que seus "... toques abriram [sua] mente muito clara e muito cedo".[90]
  • Benjamin Grimm talvez tenha sido responsável pelo acidente que desfigurou Destino, dizendo que ele havia alterado a máquina de Destino algum tempo antes do acidente.[9]
  • Destino possui três Renoirs, tendo anteriormente possuído quatro, mas ordenou que um fosse destruído meramente por o desagradar.[91]

Explore e Discuta

Notas de Rodapé

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 Quarteto Fantástico #5
  2. 2,0 2,1 2,2 FF #13
  3. 3,0 3,1 Novos Vingadores Vol 3 #31
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 4,4 4,5 Novos Vingadores Vol 3 #33
  5. 5,0 5,1 5,2 FF #14
  6. 6,0 6,1 Guerras Secretas #2
  7. Vingadores: A Cruzada das Crianças #3
  8. Official Handbook of the Marvel Universe Master Edition #20
  9. 9,0 9,1 9,2 9,3 Quarteto Fantástico Vol 4 #9
  10. 10,0 10,1 10,2 10,3 10,4 Quarteto Fantástico Anual #2
  11. Marvel Super-Heroes #20
  12. Reference Needed
  13. Quarteto Fantástico #6
  14. Quarteto Fantástico #16-17
  15. Quarteto Fantástico #23
  16. Quarteto Fantástico #39
  17. 17,0 17,1 Quarteto Fantástico #40
  18. Quarteto Fantástico anual #3
  19. Quarteto Fantástico #57-60
  20. Marvel Graphic Novel #27
  21. Marvel Graphic Novel #49
  22. Massacre Marvel #1
  23. 23,0 23,1 Quarteto Fantástico Vol 3 #69
  24. Quarteto Fantástico Vol 3 #67
  25. Quarteto Fantástico Vol 3 #71
  26. Quarteto Fantástico #507#508
  27. Quarteto Fantástico #536-537
  28. Príncipe Submarino Vol 2 #1-6
  29. Thor Vol 3 #5
  30. Poderosos Vingadores #8
  31. 31,0 31,1 Poderosos Vingadores #9-11
  32. Poderosos Vingadores #10
  33. 33,0 33,1 Capitão Britânia e MI-13 #10
  34. Vingadores Sombrios #1-4
  35. Quarteto Fantástico #566-569
  36. Cerco: A Cabala #1
  37. Incrível Hulk #606
  38. FF #1
  39. FF #16
  40. Soldado Invernal #1
  41. FF #23
  42. Novos Vingadores Vol 3 #6
  43. 43,0 43,1 Loki: Agente de Asgard #7
  44. Vingadores e X-Men: EIXO #3
  45. Mundo de Vingadores #15
  46. Mundo de Vingadores #16
  47. Vingadores e X-Men: EIXO #7
  48. Vingadores e X-Men: EIXO #8
  49. Vingadores e X-Men: EIXO #9
  50. Novos Vingadores Vol 3 #24
  51. Novos Vingadores Vol 3 #27
  52. Novos Vingadores Vol 3 #29
  53. 53,0 53,1 53,2 53,3 Guerras Secretas #5
  54. Novos Vingadores Vol 3 #5
  55. Guerras Secretas #1
  56. 56,0 56,1 Guerras Secretas #3
  57. 57,0 57,1 Guerras Secretas #6
  58. Guerras Secretas vol 1 3
  59. Guerras Secretas #4
  60. Guerras Secretas #7
  61. Guerras Secretas #8
  62. Guerras Secretas #9
  63. Invencível Homem de Ferro #2
  64. Vingadores Sombrios #1-5
  65. Novos Vingadores #51-53
  66. Quarteto Fantástico #500
  67. Quarteto Fantástico #10
  68. Doom #3
  69. Quarteto Fantástico #58
  70. Quarteto Fantástico #59
  71. Quarteto Fantástico #60
  72. Guerras Secretas #2-9
  73. Quarteto Fantástico #17
  74. Marvel Super Heroes Guerras Secretas #3
  75. Quarteto Fantástico #258
  76. Vingadores #332-333
  77. Quarteto Fantástico #84
  78. Quarteto Fantástico #278
  79. 79,0 79,1 Super-Villain Team-Up #13
  80. 80,0 80,1 Doom #1
  81. Vingadores #25
  82. Demolidor #38
  83. X-Factor #202
  84. Quarteto Fantástico #87
  85. Espantoso Homem-Aranha #5
  86. Afirmando em Capitão Britânia e MI-13 #10, que ele sempre antecipou guerra entre ele e Drácula
  87. Astonishing Tales #8
  88. Espantoso Homem-Aranha Vol 2 #50
  89. X-Men: Manifesto Destino #1
  90. 90,0 90,1 Os Livros do Destino #1
  91. Homem de Ferro #249
  92. Official Handbook of the Marvel Universe A-Z #3
  93. A Queda dos Hulks: Alfa


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.