FANDOM






Quote1.png Eu quase fiz isso funcionar. Os Guardiões são mais do que eu jamais teria imaginado! Mas o universo é também mais perigoso do que eu jamais imaginei! Olhe ao seu redor! Esse é o tipo de coisa que pode acontecer! A galáxia não precisa de guardiões! Ela não precisa de almas corajosas! Se ela vai sobreviver a outra dessas, ela vai precisar de completos fodões! Ela vai precisar das maiores armas de todas! Pesos pesados cósmicos tão assustadores quanto as ameaças que eles têm de enfrentar! Ela vai precisar de aniquiladores! Quote2.png
-- Senhor das Estrelas src 

Infância

Peter Quill foi concebido como resultado do amor entre a terráquea Meredith Quill e o Imperador Spartoi da época, J'son. J'son deixou a Terra logo após a concepção de Peter, a fim de continuar sua guerra intergaláctica, deixando Meredith na Terra para protegê-la. Nove meses mais tarde, durante um fenômeno astronômico raro, quando muitos dos planetas estavam alinhados, Peter nasceu e pouco tempo depois sua mãe Meredith, por razões que ela não conseguia explicar, teve o desejo de levá-lo para fora e apresentá-lo para as estrelas.[2] Durante dez anos, Quill foi criado por Meredith, a qual permaneceu uma mãe solteira, mas teve a ajuda de sua melhor amiga Lisa Chang e a filha dela Monica. Peter logo começou a desenvolver um grande interesse em programas de sci-fi, e após uma visita a um parque de diversões onde ele ficou impressionado com as maravilhas do espaço, ele decidiu que queria ser um astronauta quando crescesse. No entanto, ele mais tarde acabou ficando um pouco desapontado após descobrir que os alienígenas no passeio não eram reais.

Peter Quill (Earth-616) Marvel NOW! Point One Vol 1 1.jpg

Peter encontra o dispositivo estranho.

Um dia, Peter retornou para casa, ferido por tentar impedir um valentão. Enquanto ele estava lavando as mãos para jantar, sua mãe viu uma luz brilhante e dois alienígenas Badoon surgiram. Jurando acabar com a "linhagem Spartoi", eles mataram Meredith. Após Quill ver os alienígenas e sua mãe morta, ele entrou em pânico e correu. Enquanto os alienígenas o perseguiam, ele pegou uma espingarda e conseguiu os matar com ela. Ele então encontrou um misterioso dispositivo em um armário. Vendo uma luz brilhante, ele fugiu da casa, pouco antes da nave alienígena a destruir.[3]

Quill foi colocado em um orfanato, onde ele teve muita dificuldade para se adaptar e encontrar um lar adotivo. No entanto, ele nunca perdeu seu desejo de se tornar um astronauta, deixar a Terra e encontrar os alienígenas que mataram sua mãe. Eventualmente, Lisa, agora uma comandante da NASA, arranjou para ele um emprego como mecânico na Instalação de Lançamento da NASA na Califórnia. Estando lá, Peter começou a treinar em segredo com os simuladores durante todo o seu tempo livre. Um dia, após uma discussão com um astronauta importante, Lisa não teve escolha a não ser remover Peter de sua posição na Instalação. Sentindo que essa era sua última chance de chegar ao espaço, ele roubou uma nave Kree, conseguindo passar pela segurança da estação, e deixou a Terra.[4]

Não muito tempo depois de ter deixado o seu planeta natal, a nave Kree que Peter roubou teve mau funcionamento. Ele ficou preso em órbita durante três dias até que a tripulação pirata comandada por Yondu o encontrou e tentou roubar sua nave. Peter conseguiu ser mais esperto que todos os membros da tripulação e até mesmo nocauteou Yondu antes de capturá-lo. Após despertar, Yondu conseguiu se libertar e atacou Peter, dando a ele a escolha entre ser lançado no espaço ou ser morto ali mesmo. Peter em vez disso pediu para se juntar a sua tripulação. Yondu não gostou muito da ideia, mas depois de descobrir que Peter era como ele, um garoto sem lar, Yondu mudou de ideia e o deixou ficar na nave com sua tripulação de piratas como o garoto da limpeza. Peter decidiu ficar e tentar aprender tudo o que podia do espaço enquanto era parte da tripulação pirata.[5]

Peter Quill (Earth-616) and Lisa Chang (Earth-616).jpg

Peter decidindo o que fazer com sua vida.

Yondu eventualmente ouviu Peter falar sobre o Astério Um, a nave de Lisa Chang, e exigiu que ele o ajudasse roubá-la para os Saqueadores. Peter ficou em dúvida no início, mas Yondu prometeu dar a ele uma joia que continha a localização da nave Badoon que matou sua mãe. Consumido por vingança, Peter ajudou Yondu a embarcar no Astério Um e capturar toda a tripulação dentro. Peter, o qual tinha segundas intenções, conseguiu roubar a joia de Yondu e estava se preparado para deixar Lisa e a tripulação para trás para realizar seu desejo de vingança. No entanto, ele percebeu que não era o que sua mãe iria querer para ele e retornou para libertar a tripulação e expulsar Yondu. Ele decidiu desistir de sua perseguição por vingança e, assim que a Colônia Astério foi estabelecida no planeta Xerxes, ele partiu para encontrar o seu destino nas estrelas como o "Senhor das Estrelas".[6]

Senhor das Estrelas

Dois anos depois que ele começou sua viagem, ele conheceu Ma Savage e começou a financiar o orfanato dela.[7] Ele também, em algum momento, conheceu seu pai J'son de Spartax, o segundo filho do Imperador galáctico, o qual agiu como Senhor das Estrelas antes dele.[8] Ele descobriu sobre sua herança e seu direito de nascença de se tornar o Senhor das Estrelas, mas o encontro não acabou bem, já que J'son queria que ele se tornasse o príncipe de Spartax e governasse ao seu lado, enquanto Peter não gostava da ideia de alguém ser o dono da galáxia, preferindo vê-la livre. Os dois partiram brigados. Peter também se encontrou com uma nave senciente chamada "Nave", com quem ele viajou pela galáxia durante algum tempo.

Arquivo:Peter Quill (Earth-616) 001.jpg

Não muito tempo depois, o Senhor das Estrelas encontrou o antigo Arauto de Galactus, o Desventurado, o qual estava tentando matar seu antigo mestre de fome, destruindo todos os planetas do qual ele pudesse se alimentar, e quase foi morto em sua primeira batalha com a entidade. A Nave então descobriu que a energia gerada da destruição de planetas feria o Desventurado. Sacrificando uma pequena colônia lunar Kree (35.000 vidas) próxima a um planeta Kree que o Destemido ia destruir, a Nave foi capaz de usar a energia gerada e derrotar a entidade, embora tenha sido destruída no processo. O Senhor das Estrelas entregou o Desventurado e ele mesmo para a Tropa Nova por genocídio de nível Galático. Embora tivessem aqueles que entendiam a escolha de Peter em sacrificar a colônia lunar, ele e o Desventurado foram presos na prisão intergaláctica Kyln. Lá, Peter se aliou com Ch'ak, Gladiador e Thanos contra a Criadora, com medo de seu imenso poder. Eles explicaram a Thanos o passado dela, e pediram sua ajuda, mas ele apenas foi embora. Mais tarde, Peter viu uma explosão gigante no Kyln, e supôs que era Thanos, o qual fez com que a Criadora atacasse. Eles foram ao local da explosão, onde o Gladiador explicou a Peter como ele e a Criadora haviam chegado ao Kyln. Quando o Gladiador questionou como Peter havia chego ao Kyln, ele se recusou a responder.

Mais tarde, após Thanos ter derrotado a Criadora, Peter descobriu que o Desventurado havia escapado. Ele contou a Thanos sobre isso, e Thanos partiu, provavelmente para lidar com isso. Peter deu a volta no Kyln e se encontrou com o Gladiador, o qual estava partindo, agora que a Criadora havia sido incapacitada para sempre. O Gladiador disse a Peter que ele havia o recrutado para a Guarda Shi'ar, o que Peter não aprovou. Ele se encontrou com os aliados Shi'ar do Gladiador mais tarde, e foi dito que eles não estavam indo atrás do Desventurado nem de Thanos, mas que eles decidiram que desejavam que Peter os ajudasse.[9]

Aniquilação

Alguns meses após Kyln e Xandar serem destruídos nos primeiros dias da Guerra de Aniquilação, Peter organizou a Frente Unida com Nova Primordial para combater a a Onda de Aniquilação liderada pelo Aniquilador para conquistar o universo.

No 183º dia da guerra, Peter e Nova Primordial estavam defendendo Daedalus 5 da onda. Eles foram auxiliados por Drax, o Destruidor, Gamora, Ronan, o Acusador, e seus guerreiros Kree, e os ex-arautos de Galactus, Senhor do Fogo, Espectro Vermelho e Estelar. Eles conseguiram segurar a defesa, enquanto os ex-arautos atacaram e destruíram a nave-mãe, e capturaram Extirpia. Dias depois, Peter informou a Nova sobre o estado de saúde do Senhor do Fogo, após ele ter explodido lutando contra Extirpia. Os dois então interrogaram Extirpia, a qual revelou que Thanos estava trabalhando com o Aniquilador, e que eles haviam derrotado e capturado Galactus e seu atual arauto, o Surfista Prateado.

Alguns dias depois, Peter e Nova se reuniram com os líderes da divisão Kree da Frente Unida, a Casa Fiyero e Ronan, o Acusador. A Casa Fiyero teve alguns problemas trabalhando com Ronan, pois Ronan era um fugitivo do Império Kree. Eles ameaçaram deixar a Frente Unida se Nova e Peter não prendessem Ronan. Nova furiosamente se recusou e uma pequena discussão acabou acontecendo. Ronan então matou todos da Casa Fiyero, o que irritou Nova. Justo então, Gamora chegou com Praxágora e as notícias da morte do Super-Skrull.

De repente, Voraz, Terrax, Paibok e o Delinquente e muitos outros chegaram em Daedalus 5 através da tecnologia de teletransporte de Thanos e a Frente Unida foi forçada a lutar. Os Centuriões da Zona Negativa chegaram mais tarde também, assim como a nave de comando da Onda de Aniquilação, a qual havia transformado Galactus em uma arma para devorar o planeta. A Frente Unida recuou, enquanto Espectro Vermelho e Estelar cobriam sua fuga, morrendo no processo. Peter, Nova, Ronan, Gamora, Phyla-Vell, Praxágora, o milagrosamente revivido Super-Skrull e a companheira humana de Drax, Cammi, estavam entre os poucos que escaparam. Após essa grande perda, a Frente Unida foi desfeita.

Mais tarde, Peter informou Nova que Ronan estava indo para Hala para acabara com o resto da Casa Fiyero, e Praxágora e Super-Skrull estavam indo com ele também. Peter sugeriu convocar os heróis da Terra, assim Nova então tentou chamar o Quarteto Fantástico, mas suas esperanças de salvar a Terra foram completamente destruídas quando soube do que estava acontecendo entre os heróis. Peter então lhe disse que iria o acompanhar em seu próximo plano para atacar o Aniquilador. Peter, Nova e Phyla-Vell foram para as ruínas do planeta Xandar, onde se teletransportaram e adentraram mais no território da Onda. Em Canticus Prime, eles se encontraram com Blastaar e seus Cavaleiros do Espaço. Eles finalmente se teletransportaram para o centro da Onda de Aniquilação e atacaram o Aniquilador. Eles estavam perdendo a batalha, até que os Braceletes Quânticos que o Aniquilador havia adquirido do Quasar morto se ligaram com Phyla-Vell, virando a batalha. Ela enfraqueceu o Aniquilador e o Nova o matou. Após a guerra acabar, Peter foi informado pelo resto das facções, os quais ajudaram a destruir a Onda de Aniquilação. Ele contou as histórias para o Nova enquanto ele estava se recuperando da batalha.[10]

Invasão da Falange

Mais tarde, ele foi designado por Ronan para estar no comando da reconstrução da rede de defesa Kree. Os Cavaleiros do Espaço se ofereceram para atualizar os sistemas de defesa de Hala com nova tecnologia e dando a eles um exército de Centuriões. Peter passou a oferta para Ronan e ele rapidamente a aceitou. Peter fez os Cavaleiros Especiais trazerem os Centuriões para Hala para alguns exercícios de situação de ameaça. No entanto, os Centuriões começaram a atacar Hala, e quando Peter enfrentou os Cavaleiros do Espaço sobre isso, eles revelaram o plano deles e do "Cavalo de Troia" deles. Um dos Cavaleiros do Espaço quebrou o braço de Peter e ele foi forçado a fugir. Ele caiu da janela de um edifício ao tentar escapar.[11]

Peter acordou após um cirurgia no planeta Kree, Aladon Prime. Foram removido todos os seus acessórios cibernéticos, incluindo seu olho esquerdo e seu tradutor universal, e foi informado sobre a conquista da Falange de Hala e o resto do Império Kree. O Almirante Galen-Kor, a pessoa responsável pela recuperação de Peter, revelou o plano da Falange para infectar os Kree com um tecno-vírus transmitido pelo ar que iria colocar os Kree sob seu controle. Galen-Kor solicitou que, em troca de curá-lo, ele iria levar uma equipe de comando em Hala para destruir a máquina que iria liberar o tecno-vírus. Ele concordou e se reuniu com a equipe. A equipe era constituída por prisioneiros que os Kree haviam capturado ao longo dos anos: um guerreiro Kaliklak conhecido como Besouro, uma berserker Shi'ar de codinome Deathcry, a Madona Celestial Mantis, um ex-soldado Terráquea que atendia pelo nome de Capitão Universo, uma forma de vida inferior conhecida como Rocket Raccoon e uma flora colosso que chamava a si mesmo de Groot. Peter recebeu seu antigo equipamento de Senhor das Estrelas, com algumas melhorias. Ele treinou a equipe por alguns dias, até que eles foram deixados em Hala.

Eles se infiltraram e foram recebidos com forte resistência. A equipe era bem disfuncional, com Peter os vendo mais como uma equipe dispensável, em vez de aliados em batalha. Eles foram furtivamente pela maior parte de Hala, procurando pela instalação de reprodução bio-tecnologia, quando de repente uma batalha entre alguns dos insetos restantes do Aniquilador e a Falange ocorreu. Deathcry saltou para a batalha, revelando o resto da equipe. Durante a batalha, Deathcry atacou o Capitão Universo, e em um ato de auto-defesa, o Capitão Universo a desintegrou. A equipe recuou e também foi forçada a deixar Groot para trás, enquanto ele cobria a fuga deles.

Após dois dias sem sorte em encontrar a instalação, Peter foi sozinho em uma missão de reconhecimento para encontrá-la. Ele olhou através os arquivos classificados dos Kree, e lá descobriu que eles já haviam lançado o vírus como um nanovirus no ar - o que significa que todos no planeta estavam lentamente se tornando infectados. Ele retornou aos esgotos, onde ele contou à equipe seu plano. Não muito tempo depois, eles foram atacados pela Falange. O Capitão Universo cobriu a fuga deles e eles conseguiram chegar as ruas de Hala. No entanto, Peter, Rocket Raccoon, Besouro e um pequeno Groot (o qual cresceu novamente após sua destruição) foram capturados na rua, não muito tempo depois. Mantis foi capaz de se tornar invisível e o Capitão Universo derrotou todos da Falange nos esgotos, então os dois não foram capturados. Peter e seus companheiros mais tarde estavam prestes a ser dissecados pela Falange, mas Mantis e o Capitão Universo os salvaram. Eles fizeram sua fuga, mas acabaram se encontrando com os soldados Kree no caminho. Os soldados Kree decidiram deixar Peter e seus companheiros passarem, devido a reputação de Peter como o Senhor das Estrelas. Mantis explicou a Peter que os soldados Kree jogaram suas vidas fora para salvar a dele, pois o Senhor das Estrelas era um ideal. Eles comandaram uma nave Kree e fugiram de Hala para Alon-Gin. Lá, ele foi informado sobre o resultado da sua missão. Como o Capitão Universo havia conseguido a informação genética do vírus quando ele foi resgatar a equipe, os Kree foram capazes de conseguir uma cura. Além disso, a equipe foi limpa de infecção. A equipe foi até Peter, dizendo estarem prontos para a próxima missão, apesar da clara falta de vontade de Peter.[12]

Alguns dias depois, Peter estava de volta a Hala com sua equipe de comando. Ele agora havia se tornado o líder secreto da resistência anti-Falange. Rocket o informou que Blastaar havia sido capturado, torturado e morto pela Falange, de acordo com o plano. Blastaar havia levado consigo esporos que iriam mapear toda a Espiral de Babel, o coração do poder da Falange. Eles entraram na torre e plantaram as bombas que iria derrubar a torre, permitindo que o império Kree fosse acessível a forças externas. No entanto, Blastaar, ressuscitado e com a mente controlada, apareceu e matou o Capitão Universo. Peter teria sido morto também, se não fosse pela aparição do líder da Falange, Ultron, o qual ficou enfurecido e desejava torturar alguém. Ultron o torturou, tentando obter informações sobre os planos da resistência anti-Falange, mas Peter não iria desistir, e nem os escaneadores mente funcionavam, por Mantis estava telepaticamente protegendo-o. Ultron encontrou mais tarde Mantis e enviou a Falange para atacá-la. Peter estava fisicamente esgotado e desmaiou. Ele foi acordado por Mantis, Besouro, e Rocket, dizendo que eles tinham um plano de fuga. Eles correram através da Espiral de Babel e saltaram para fora do edifício. Foi revelado que Groot se expandiu e envolveu toda a torre com seu corpo e detonou a si mesmo, assim destruindo a torre. Groot foi mais uma vez "morto", fazendo um ato heroico. Mantis disse a Peter que ela havia previsto que três membros seriam perdidos durante a luta contra a Falange, e o terceiro, ela revelou ser ela mesma. Justo então, Ultron chegou no corpo de Adam Warlock e atingiu Mantis na cabeça. Antes que Ultron pudesse atacar Peter e sua tripulação, o Nova chegou com Gamora, Drax e Warlock, o Tecnoarca, e atacaram Ultron e sua Falange. Peter estava levando sua equipe ferida para longe da batalha, quando viu que a Falange estava construindo outra estrutura gigante, a qual era uma versão gigante de Ultron. Ele viu como Phyla-Vell, agora sendo chamada de Quasar, e Adam Warlock (com a sua própria consciência de volta em seu corpo) atacaram e derrotaram o Ultron gigante.

O império Kree foi salvo e tudo voltou aos poucos para a forma como eram antes. O Senhor das Estelar viria a sair com Nova, Gamora e Drax de vez em quando. Ele viu Mantis e Groot se recuperarem. Peter culpou a si mesmo pela invasão da Falange, e assim ele tentou endireitar as coisas.[10]

Peter Quill (Earth-616) from Guardians of the Galaxy Vol 2 9 001.jpg

O Senhor das Estrelas enfrentando os Skrulls

Guardiões da Galáxia

Após Ultron e a Falange serem derrotados, o Senhor das Estrelas formou uma nova equipe de Guardiões da Galáxia. O universo estava em um estado muito frágil após os dois eventos de Aniquilação, e fissuras na realidade estavam começando a se formar e se expandir. A fim de evitar o colapso do universo, ele fez Mantis telepaticamente forçar Adam Warlock, Phyla-Vell, Rocket Raccoon, Drax e Gamora a se juntarem a sua equipe.[13] Esse grupo montou sua base na cabeça decepada de um Celestial, chamado de Luganenhum. Quando a mentira do Senhor das Estrelas foi descoberta, todos, com exceção de Mantis, deixaram a equipe e partiram em suas próprias missões.

O Senhor das Estrelas respondeu a um chamado dos Kree e retornou ao mundo natal deles para falar com Ronan. Ao chegar, ele ficou chocado ao ver que eles estavam reconstruindo a Espiral da Falange para proteger o espaço Kree. Ele discutiu com Ronan e foi então jogado na Zona Negativa. Lá, ele foi forçado a ajudar o recém-nomeado governador da Zona Negativa, o Rei Blastaar, a conquistar a Super-prisão 42, para que ele pudesse ganhar acesso ao portal deles para a Terra.

O Senhor das Estrelas foi então enviado para a 42 para convencê-los a abrir a porta e se render. Uma vez lá dentro, ele falou com os líderes não oficiais da 42 e disse a eles para não se renderem, mas apenas Jack Flag concordou com ele. Eles tentaram detê-los, mas as portas foram abertas e o exército de Blastaar foi liberado. Após descobrir sobre sua traição, Blastaar enviou seus homens para encontrar e matar o Senhor das Estrelas. Correndo por suas vidas, o Senhor das Estrelas e Jack Flag localizaram um telepata na 42 para pedir ajuda aos Guardiões e eles foram capazes de escapar antes de serem mortos por Blastaar.

Guerra dos Reis

Ao retornar para Luganenhum, Peter descobriu que Rocket havia montado uma nova equipe, consistindo de Major Vitória, Besouro, Groot e Mantis. Eventualmente, os outros membros retornaram também; Adam e Gamora retornaram a fim de ainda ajudar o universo, e Drax e Phyla retornaram com a recém-ressuscitada Serpente da Lua.

A primeira deles era se separar e tentar acabar com a Guerra dos Reis, a qual causaria danos irreparáveis no tecido do universo. Peter levou sua equipe a Hala para falar com os Inumanos. Mesmo após contar a eles os perigos de sua guerra, eles se recusaram a desistir. Phyla, a qual agora se chamava de Mártir, tinha outras idéias de negociação e tomou Cristalys como refém. O Senhor das Estrelas não conseguiu fazer ela libertar sua prisioneira e eles foram teletransportados de volta para Luganenhum.

Ao retornarem, eles logo se encontraram no meio de uma batalha com os Inumanos e a Guarda Imperial, a qual havia seguido a outra equipe de volta. Após resgatarem Cristalys, os Inumanos partiram e os Guardiões foram deixados para enfrentar a Guarda Imperial, a qual desejava tomar Luganenhum. No meio da batalha, Águia Estelar escapou de sua prisão e levou o Senhor das Estrelas, Mantis, Besouro, Jack Flag e Cosmo para o seu futuro.

No futuro sombrio da Águia Estelar, ela finalmente foi capaz de convencê-los de que tudo que ela havia dito para eles era verdade. A enorme fissura estava consumindo o universo e ela tinha ser impedida. As duas equipes de Guardiões trabalharam juntas para tentar enviar uma mensagem de volta no tempo para avisar que a fissura, conhecida como a Falha, foi na verdade causada durante a Guerra dos Reis pelo Raio Negro.

Com sua máquina do tempo quebrada, eles formaram um novo plano. Os Badoon, os quais agora governavam o pouco que restava do universo, haviam escravizado os Celestiais e criaram o que era chamado de Mecanismo Celestial, usado para manter a fissura afastada. Eles enviaram de volta a sua mensagem e quebraram o alinhamento do Mecanismo Celestial, causando a destruição desse futuro.

Para a surpresa do Senhor das Estrelas, isso não os matou. Eles acabaram parando em um momento diferente, com uma equipe diferente de Guardiões. Outra surpresa: ele era velho o suficiente para ser seu próprio avô. A Águia Estelar desse futuro recebeu mensagens de seus eus anteriores e descobriu a verdade. A equipe estava à deriva no tempo, o que estava causando mudanças neles também. Eles formaram um plano para encontrar uma máquina do tempo na Mansão dos Vingadores, mas ao chegarem lá, eles deslizaram pelo de novo. E de novo. E de novo.

Eles finalmente chegaram a um futuro alternativo, um governado por Magus e a Igreja Universal da Verdade. Enquanto lutavam contra os membros da Igreja, eles tiveram um convidado inesperado: Kang. Ele os devolveu aos seus estados normais e os levou para a sua sede no Limbo. Ele explicou que todos os futuros estavam se tornando futuros governados por Magus e era dever do Senhor das Estrelas impedir que isso acontecesse.

Kang deu a Peter um Cubo Cósmico e disse a ele que o futuro deveria ser salvo a qualquer custo. Eles foram enviados de volta para momentos antes de Adam se transformar no Magus ao reparar a Falha. O Senhor das Estrelas tentou falar com Adam, mas o estrago já estava feito. Ele havia sobreposto as linhas de tempo e basicamente tinha sido o Magus durante meses.

Adam se transformou e começou sua batalha com os Guardiões, os quais estavam todos reunidos. Após matar o Major Vitória, Mantis, Cosmo, Gamora e Phyla, o Senhor das Estrelas foi finalmente capaz de agarrar o Cubo e usá-lo para reverter Magus de volta para Adam. Adam disse que Peter deveria acabar com ele, e com muito pesar, o Senhor das Estrelas atirou e matou seu amigo. O universo havia sido salvo, mas o preço foi muito alto.

Peter Quill (Earth-616) and Richard Rider (Earth-616) from Thanos Imperative Vol 1 6.jpg

A última batalha de Peter e Richard.

Imperativa Thanos

No entanto, Adam conseguiu evitar a morte, e Magus continuou seu serviço ao seu Lorde Mar-Vel, um Mar-Vel de um universo onde a morte havia perdido e a vida tinha triunfado, resultando em um universo de monstros imortais. Quando os habitantes do universo do Lorde Mar-Vel, o Cancerverso, saíram da falha, a fim de consumir o universo 616 também, Peter Quill, junto com o resto dos Guardiões, Nova e Thanos, viajaram para o Cancerverso a fim de impedir Mar-Vel e os Antigos, a quem Mar-Vel servia. Drax, no entanto, foi levado à loucura devido ao fato de sera um avatar da vida em um universo onde a vida havia triunfado, e ele tentou matar Thanos, o qual acabou vaporizando Drax. Os Guardiões e Thanos se reuniram com a Resistência das Máquinas, os habitantes robóticos do Cancerverso que eram imunes a conversão de Mar-Vel e estavam tentando impedi-lo desde então. Eles informaram Thanos e os Guardiões que Mar-Vel estava planejando uma Necropsia, em que ele mataria o Avatar da Morte (Thanos) matando assim a própria morte. Thanos pareceu trair os Guardiões quando se submeteu a Mar-Vel, mas quando Mar-Vel atravessou uma espada em seu peito, a Morte apareceu e, devido a ser convocada por Thanos, matou todo o Cancerverso e forçou os Antigos a entrarem em um coma que duraria muito tempo. A Morte se recusou a levar Thanos com ela e ele ficou furioso, prometendo destruir o universo. Peter e Nova se voluntariaram para distraí-lo, conseguindo o manter no Cancerverso por tempo o suficiente para que o universo entrasse em colapso e aparentemente matar os três.

Thanos, o Senhor das Estrelas e Nova permaneceram no Cancerverso lutando pelo Cubo Cósmico. Drax, o qual havia retornado, se juntou a briga contra o Titã. Após o Senhor das Estrelas começar a perder o controle sobre o Cubo, Thanos ofereceu a Quill a chance de lhe entregar o Cubo, já que ele poderia controlá-lo para os levar de volta a Terra-616.[14] No entanto, o Senhor das Estrelas matou Thanos com ele. Quando Thanos reapareceu e matou o Senhor das Estrelas por trás, o qual também retornou, os heróis descobriram que a morte era impossível no Cancerverso, já que eles simplesmente reapareceriam em outro local.

Após matarem Thanos pela terceira vez, a discussão dos heróis sobre o que fazer foi interrompida pela chegada dos Retaliadores do Cancerverso, os quais haviam ressuscitado. Após uma batalha extremamente longa, os Retaliadores pegaram o Cubo Cósmico.[15] Thanos conseguiu recuperar o Cubo e derrota os Retaliadores, mas logo foi atacado por Drax, Quill e Nova . Enquanto o Titã era distraído por Drax, Nova pegou o Cubo Cósmico e decidiu usá-lo junto com a Força Nova para abrir um portal para a Terra-616. No entanto, Nova não poderia ir junto, já que ele estava agindo como a porta entre os dois universos. Como seu último desejo, Nova pediu a Peter para não contar Gamora sobre esse evento, já que isso iria devastar ela.

Peter Quill, Drax e Thanos foram devolvidos à Terra-616.[16]

Retorno

Peter desapareceu após os eventos do Cancerverso, até um reencontro com seu pai J'son, o qual o alertou que o conselho de impérios galácticos havia decidido que a Terra estava fora dos limites para todos os impérios a partir de agora. Isso fez com que Peter para reunisse os Guardiões da Galáxia, a fim de proteger a Terra de muitas invasões que estavam vindo graças a essa nova regra. Eles ajudaram os Vingadores a enfrentar Thanos, o qual novamente atacou a Terra após o seu regresso. Thanos conseguiu obter um Cubo Cósmico do Exército, com o qual ele escapou para Moord, o mundo natal dos Badoon. Os Guardiões chegaram a Torre dos Vingadores e informaram os Vingadores sobre a situação.[17] Eles se juntaram aos Guardiões para lutar contra Thanos e os Badoon. Após Thanos aparentemente matar os Anciões do Universo para impor a sua supremacia,[18] ele se tornou um com o Cubo Cósmico e matou o Vingadores e os Guardiões também. Mas, na verdade, eles foram enviados para o Cancerverso juntamente com os Anciões. Enquanto estava lá, Tony Stark descobriu que a arma de Thanos não era realmente um Cubo Cósmico e que ela havia defeitos. Eles negociaram com o Colecionador em troca de uma arma capaz de desativar o "Cubo" e retornar à Terra. Os Vingadores e os Guardiões deixaram Thanos ser derrotado pelos Anciãos. Com a ajuda de outros membros dos Vingadores, Thanos foi derrotado e enviado ao seu castigo pelos Anciões.[19]

Pouco depois do Homem de Ferro se juntar ao grupo, os Guardiões lutaram contra uma invasão Badoon na Terra.[20] Eles foram brevemente presos pelas forças Spartoi após derrotarem os Badoon em Londres,[21] mas conseguiram escapar, tornando-se fugitivos do Império Spartoi.[22] Os Guardiões mais tarde encontraram uma guerreira chamada Angela, a qual mais tarde se juntou a equipe.[23]

Durante a invasão de Thanos na Terra, os Guardiões ajudaram Abigail Brand a recuperar o controle sobre o Zênite.[24]

O Julgamento de Jean Grey

Peter e sua equipe interceptaram uma conversa que revelou que os Shi'ar estavam planejando sequestrar a adolescente Jean Grey e colocá-la em julgamento pelos crimes de sua versão mais velha. Peter decidiu ir alertar os X-Men, mas chegou tarde demais, já que os Shi'ar já haviam levado Jean.[25] Os X-Men e os Guardiões se uniram para resgatá-la, e em direção ao império Shi'ar, ele conheceu Kitty Pryde, a líder dos X-Men. Ambas as equipes foram posteriormente atacadas por uma nave Shi'ar, mas salvas a tempo pelos Piratas Siderais,[26] os quais se juntaram a missão dos heróis.[27]

Kitty kiss quill.jpg

O primeiro beijo de Kitty com Peter

Eles chegaram em Chadilar, a terra natal dos Shi'ar, e confrontaram a Guarda Imperial.[28] Após recuperarem Jean Grey, a qual havia escapado da custódia, e mais tarde serem capazes de subjugar o Gladiador, os Guardiões e os X-Men deixaram o planeta. Quando os Guardiões levaram os X-Men de volta à Terra, o Senhor das Estrelas deu a Kitty um telefone holográfica para manter contato.[29]

Pouco depois, o Senhor das Estrelas e os Guardiões foram capturados separadamente por diferentes impérios galácticos, como planejado por J'son e os Spartoi, o qual queria que seu filho se juntasse a ele em seu lugar como o príncipe de Spartax, mas também fazê-lo pagar por seus crimes contra o Império Spartoi.[30] Peter conseguiu escapar da custódia com a ajuda da Capitã Marvel, uma das recentes recrutas dos Guardiões. Antes de fugir da Spartax, Peter aproveitou uma transmissão ao vivo de sua fuga e expôs a corrupção de seu pai, incitando uma rebelião.[31] Depois de recuperar sua nave, o Senhor das Estrelas e a Capitã Marvel começaram a recuperar os seus companheiros de equipe, exceto o mais novo membro da equipe, o Agente Venom, o qual se escondeu após escapar de um confronto com os Skrulls.[32]

Senhor Navalha

Após escapar de Spartax, Peter decidiu procurar a uma joia muito poderosa para dar um fim em sua rivalidade com Thanos de uma vez por todas. Depois de se esgueirar em um orfanato para procurar a gema que foi deixada para trás pelos Spartoi, Peter foi confrontado por um grupo de caçadores de recompensas Badoon. Em menor número, Peter foi capturado pelos Badoon. Enquanto estava preso, Peter descobriu que um misterioso "Sr. Navalha" colocou uma recompensa por sua cabeça e que ele também tinha planos para a Terra. Pouco depois, Peter escapou da nave com a gema, mas acabou sendo confrontado pela comandante da Guarda Real de Spartax, a qual acabou sendo a irmã que ele não sabia que tinha, Victoria.[33] Ela o entregou para a Fortaleza de Viderdoom pela recompensa, mas rapidamente se voltou contra os captores de Quill para ajudá-lo escapar e roubar os pertences de Viderdoom. Os irmãos escaparam do planeta juntos, evitando por pouco a morte. Quando retornaram a sua nave, Victoria ofereceu metade do dinheiro a Peter, mas ele recusou, dizendo que estava nisso pela aventura.[34]

Durante esse tempo, Peter manteve contato com Kitty Pryde, geralmente ligando para ela enquanto estava preso.[33][35] Seus sentimentos por Kitty começaram a crescer, mas ele os colocou de lado para lidar com Thanos de uma vez por todas. Energizado pela Gema Mandalay, o Senhor das Estrelas confrontou Thanos na lua da Terra, e conseguiu dominá-lo depois de uma violenta briga. No entanto, o Senhor das Estrelas foi convencido a não matar Thanos, pois à liberação de energia resultante seria capaz de destruir a Terra. Relutantemente, Peter o deixou ir, largando a gema e decidindo mudar sua vida e começar um relacionamento com Kitty em vez disso.[36]

Pouco depois de encontrar o Agente Venom, os Guardiões entraram em contato com os Klyntar, a raça original dos simbiontes. Ao retornar do planeta dos Klyntar, o Senhor das Estrelas recebeu a notícia de que após a queda de seu pai, ele havia sido eleito como o novo presidente de Spartax.[37]

Arquivo:Vortex starlord.jpg

Vórtice Negro

Após a notícia de sua inesperada carreira política, Peter decidiu se manter discreto. Ele descobriu que grupo de mercenários do Sr. Navalha, o Esquadrão do Massacre, foi enviado para caçá-lo, e também que Navalha estava procurando o misterioso Vórtice Negro.[38] Durante em encontra de longa distância com Kitty Pryde, Peter foi sequestrado pelo Esquadrão do Massacre e levado para a fortaleza voadora deles, onde o Senhor Navalha revelou ser J'son.[39] O Senhor Navalha tentou fazer lavagem cerebral em seu filho para o usar em seus planos, mas Kitty Pryde, a qual viajou todo o caminho da Terra para o espaço, o resgatou.[40]

Ambos escaparam e foram diretamente para Spartax, onde passaram algum tempo no orfanato de Savage, o lar de alguns aliados de Peter. Depois de convencer Kitty a ficar no espaço com ele, ela o convenceu a roubar o Vórtice Negro de J'son para irritá-lo.[41] No entanto, quando eles se infiltraram na fortaleza do Senhor Navalha, eles descobriram que o Vórtice Negro não era um objeto comum, era um espelho com a capacidade de liberar o potencial cósmico de um indivíduo. Agora temendo que um item tão poderoso estivesse nas mão de J'son, o Senhor das Estrelas e Kitty roubaram o artefato. Eles foram até os Guardiões da Galáxia e os X-Men para conseguir ajuda.

O cosmicamente energizado Esquadrão do Massacre, agora chamando-se de Senhores do Massacre, localizaram os heróis a fim de recuperar o Vórtice Negro. Apesar de estarem em maior número, os heróis foram derrotados. Durante a batalha, Gamora se submeteu ao poder do Vórtice Negro, dando aos Guardiões e os X-Men a vantagem necessária para escapar para a lua de Spartax.[7] Lá, Peter tentou convencer seus aliados a se submeterem ao Vórtice Negro, a fim de derrotar os Senhores do Massacre. Kitty se opôs a ele, alegando que tais poderes incríveis poderiam os corromper. O Fera[42] e o Anjo se submeteram. O imenso poder corrompeu eles e Gamora, os quais traíram seus companheiros quando eles tentaram destruir o Vórtice Negro. Logo após que eles escaparam com o Vórtice, os Guardiães e os X-Men foram atacados pela fortaleza voadora do Senhor Navalha.[43]

Peter Quill (Earth-616) and Katherine Pryde (Earth-616) from Guardians of the Galaxy & X-Men Black Vortex Omega Vol 1 1 001.jpg

Peter Quill pedindo Kitty em casamento

Eles sobreviveram ao ataque, e fugiram da lua para a nave do Senhor das Estrelas, posteriormente se encontrando com os Piratas Siderais, os quais ofereceram a sua ajuda.[44] Quando Gamora, Fera e o Anjo atacaram Hala após a Tropa de Acusadores roubar o Vórtice Negro, o Senhor das Estrelas e um grupo de heróis atenderam ao pedido de ajuda dos Kree.[44] Ronan, o Acusador, se fortaleceu com o Vórtice Negro e derrotou os inimigos.[45] No entanto, a fortaleza voadora do Senhor Navalha chegou para recuperar o Vórtice, e usou todo o seu poder de fogo para destruir Hala. Os Guardiões e os X-Men conseguiram escapar.[46]

Quando J'son recuperou o Vórtice,[47] ele o usou em seu aliado Thane, o qual colocou toda Spartax em um construto de âmbar, aprisionando seus habitantes em um estado de morte em vida. O Senhor Navalha havia feito um acordo com a Ninhada, proporcionando a eles organismos hospedeiros necessários para se reproduzirem, em troca de tomar parte da conquista planetária deles.[48] Quando os heróis recuperaram o Vórtice Negro novamente,[49] Kitty Pryde usou em si mesma para melhorar suas habilidades e atravessar Spartax através da carcaça de âmbar, salvando o planeta e seus habitantes, ao mesmo tempo em que ela conseguiu não sucumbir à suas novas habilidades.

Quando a poeira baixou e eles haviam lidado com o Vórtice Negro, o Senhor das Estrelas pediu Kitty Pryde em casamento, e ela aceitou.[50] De volta em Spartax, ele tinha que resolver o problema de sua eleição e depois de algumas palavras encorajadoras de Kitty, ele decidiu ceder ao desejo do povo de Spartax e se tornou o novo líder do Império.[51]

Guerras Secretas

Peter e o resto dos Guardiões viajaram para a Terra para ajudar a defendê-la de uma versão alternativa da Terra que estava em colisão, durante o último dos fenômenos conhecidos como incursões, o qual fazia com que universos colidissem. A eventual colisão entre os dois planetas causou a destruição total de toda a realidade, com o Senhor das Estrelas sendo o único sobrevivente de sua equipe, depois de ter sido teletransportado por acaso a um bote salva-vidas que sobreviveu ao fim do Multiverso.[52]

O Senhor das Estrelas e os outros heróis no bote foram acordados depois de passarem oito anos em estase, encontrando-se no Mundo Bélico, um planeta composto pelos restos de várias realidades, governado pelo onipotente Imperador Deus Destino com um punho de ferro. Eles foram recebidos pelo Doutor Estranho, o Mago Supremo do universo anterior, o qual havia ajudado Destino a alcançar a divindade, tornando-se assim a mão direita e o xerife do Mundo Bélico.[53]

O Senhor das Estrelas e os outros heróis foram mais tarde teletransportados e espalhados por todo o Mundo Bélico por Strange, a fim de impedi-los de sofrer a ira injusta do Doutor Destino, o qual recentemente obteve conhecimento da existência desses intrusos.[54]

Peter acabou parando no domínio do Reino de Manhattan, um domínio composto pelos restos da Cidade de Nova York de seu antigo mundo. Procurando um lugar para se esconder de Destino, ele acabou em uma boate conhecida como a Sala Silenciosa, tornando-se um cantor sob o nome de "Stevie Rogers."
Kitty Pryde (Earth-BW03) and Peter Quill (Earth-616) from Star-Lord and Kitty Pryde Vol 1 3 0001.png

Kitty e Peter se beijando apaixonadamente.

Um dia, Quill encontrou uma Kitty Pryde de uma realidade alternativa no meio dos clientes da Sala Silenciosa. Ela era uma agente da Fundação de Valeria von Doom e estava negociando com Gambit, o Colecionador, para obter uma anomalia que ele havia adquirido, uma "anomalia" sendo um objeto que poderia desafiar a doutrina de Destino, ou seja, qualquer evidência que apontasse para a existência de algo antes este mundo. Quill frustrou as negociações quando ele apareceu para defendê-la contra os flertes de Gambit. Gambit fugiu, levando a anomalia com ele. Durante a luta que se seguiu, um dispositivo que Pryde usava para identificar se uma anomalia era autêntica, confirmou que a origem de Quill era desconhecida, tornando-o uma anomalia viva. Surpresa, Pryde o algemou a si mesma e decidiu levá-lo com ela para estudos posteriores.[55]

A fim de descobrir o paradeiro de Gambit e recuperar a anomalia em sua posse, Pryde e Quill seguiram sua trilha até um museu em Midtown.[56] Após capturar Gambit, Peter descobriu que a anomalia em sua posse era a cauda de Rocket Raccoon. Como era a única coisa que restava da realidade natal de Quill e uma parte restante de seu amigo perdido, Pryde o deixou ficar com ela. Depois de beijá-lo, ela partiu para Doomstadt para informar a seus superiores.[57]

Em algum ponto no tempo, Peter viajou para o satélite Luganenhum onde encontrou seus antigos companheiros que haviam sido recriados, e os recrutou na luta contra Destino.[58] Durante uma rebelião contra Destino, os Reed Richards da Terra-616 e da Terra-1610 solicitaram os serviços do Senhor das Estrelas para os levar até o Castelo de Destino.[59]

O reinado do Doutor Destino acabou sendo derrubado por Reed Richards, o qual conseguiu tomar o poder de Destino e usá-lo para começar a recriação do Multiverso perdido, incluindo a sua realidade natal e todos os seus habitantes,[60] mas sem memórias de suas mortes temporárias.[61]

Arquivo:Peter Quill (Earth-616) from Guardians of the Galaxy Vol 4 1 001.jpg.jpg

Rei Quill

Nos meses seguintes, Peter retomou seu trabalho como rei. Sua agenda sempre ocupada, inexperiência em política e o desejo de satisfazer a todos, eventualmente fez seus amigos se distanciarem. Zangado com isso, Rocket tomou a posição de liderança nos Guardiães de Peter e partiu para continuar o trabalho deles. A noiva de Peter, Kitty Pryde, tornou-se distante e chateada com a falta de atenção de Peter e também o deixou para se juntar aos Guardiões como a nova Senhora das Estrelas. Apesar de ter perdido tanto o seu melhor amigo e sua noiva, Peter permaneceu como Rei e tentou ajudar as pessoas da melhor forma que podia.[62] Oito meses após os Guardiões partirem, eles decidiram voltar a fim de examinar um artefato que eles roubaram dos Chitauri. Enquanto eles estavam lá, uma acusadora chamada Hala invadiu Spartax e começou a destruir o planeta em vingança da suposta participação de Peter na destruição do planeta dos Kree, Hala.[63]

A acusadora derrotou os Guardiões e capturou Peter, o tomando como refém e prometendo a destruição não só de Spartax, mas também da Terra.[64] Ele foi resgatado pelos Guardiões e juntos eles conseguiram voltar e derrotar Hala.[65] No entanto, pouco tempo depois, Yotat, o Destruidor, apareceu e causou ainda mais estragos em Spartax. Os Guardiões conseguiram derrotá-lo, mas muito dano já havia sido feito e o povo já não confiava mais em Peter. Seus representantes aproveitaram a situação e expulsaram Peter do poder, alegando que ele deveria responder por toda a destruição causada durante seu governo. Peter escapou com Kitty e juntou-se aos Guardiões mais uma vez, sendo um homem procurado.[66]

Poderes

  • Hibrido Humano/Spartoi: Peter Quill é filho de uma humana e um Spartoi, e sua fisiologia hibrida fornece a ele habilidades no auge humano, como:
    • Auge da Força Humana: Peter Quill nasceu com força física no auge do potencial humano. A força física de Peter está acima de um ser humano normal.
    • Auge da Resistência Humana O corpo de Peter é mais resistente a danos físicos, em níveis variáveis, do que o um ser humano normal. Ele parece capaz de receber vários tiros e perfurações, bem como ser espancado, e ainda permanecer de pé.
    • Auge da Agilidade Humana: A agilidade, equilíbrio e coordenação motora de Peter estão em níveis que estão além dos limites físicos naturais de até mesmo do melhor atleta humano.
    • Auge do Vigor Humano: O corpo de Peter elimina o acumulo excessivo de fadiga em seus músculos e sua musculatura gera menos toxinas de fadiga do que os músculos de um ser humano comum, concedendo a ele níveis sobre-humanos de vigor em todas as atividades físicas.
    • Auge do Processo Mental Humano: Peter nasceu com um desempenho mental aprimorado, permitindo que sua mente processe informações de forma rápida, dando a ele uma aptidão de aprendizagem acelerada. Ele dominou várias línguas e costumes alienígenas com facilidade.
    • Longevidade: Os Spartoi têm uma vida útil três vezes maior do que um ser humano da Terra. Quando seu pai tinha 100 anos, ele parecia como se estivesse em seus 30 anos. Devido à sua natureza híbrida, não é certo como ele irá envelhecer, mas ele provavelmente será a uma taxa desacelerada.

Habilidades

  • Hábil Atirador: O Senhor das Estrelas é bem versado no uso de armadas de fogo de toda a Galáxia.
  • Artista Marcial: O Senhor das Estrelas é um especialista combatente corpo-a-corpo, sendo muito hábil em vários estilos de luta.
  • Mestre Tático e Estrategista: O Senhor das Estrelas é um mestre estrategista e em resolver problemas e hábil em técnicas de luta.
  • Piloto: O Senhor das Estrelas é um talentoso piloto de naves espaciais.
  • Conhecimento Universal: O Senhor das Estrelas possui um amplo conhecimento sobre vários costumes, sociedades e culturas alienígenas, bem como vários conhecimento sobre entidades abstratas, como o Esquecimento.



Equipamento

  • Implante Tradutor: Peter tem um implante tradutor em seu pescoço, o qual lhe permite compreender várias línguas alienígenas.
  • Botas a Jato: Um par de sapatos flutuadores movidos a jato que permitem a Quill sustentar voo e levitar, podendo se locomover em várias direções a uma velocidade média.[33]
  • Capacete Espacial: Tendo abandonado a sua armadura Kree, Quill pegou um novo capacete alienígena avançado e uma máscara facial com inúmeros efeitos especiais.[32]
    • Alteração de Tamanho: O capacete pode ser encolhido em um espaço desconhecido em sua cabeça.
    • Suprimento de Oxigênio: possui um sistema de respiração atmosférica que permite Quill sobreviver ao vácuo do espaço.
      • Suporte de Pressão: O capacete protege o rosto do usuário de mudanças bruscas na pressão do ar.

Anteriormente:

Implantes Cibernéticos: Devido a uma lesão grave, foi transplantado nele implantes cibernéticos pelos doutores no Kyln, onde ele foi sentenciado. O implante ocular lhe permite ver todos os espectros de energia e o chip de memória em seu cérebro lhe permite recordar de tudo. No planeta Kree de Aladon Prime, os implantes cibernéticos do Senhor das Estrelas foram removidos.

Armadura de Espionagem Kree: O Senhor das Estrelas era equipado com uma armadura de espionagem Kree anti-calor, a qual se tornou a marca dos Guardiões da Galáxia. A armadura contava com um capacete de batalha e um tradutor universal. Seu capacete de batalha analisava dados estratégicos e podia melhorar a visão e regular o oxigênio quando no espaço.

Armadura do Senhor das Estrelas: Peter Quill usava uma armadura que fornecia a ele força e resistência aumentada e a habilidade de viajar pelo espaço com facilidade.

Conexão com a Nave: Ele estava psiquicamente conectado com a "Nave", a qual era uma entidade viva.

Gema Mandalay: Um mineral tecnológico alienígena criado pelos Celestial, a gema utiliza energias cósmicas para fornecer ao seu usuário uma vasta capacidade de combate e viajem.

Transporte

  • C.I.T.T.: A nave principal dos Guardiões da Galáxia.
  • Bad Boy: uma nave senciente chamada de "Lydia".

Anteriormente:

Nave: uma nave senciente chamada de "Rora".

Armas

Arma Elemental: uma pistola capaz de evocar um dos quatro elementos.

Anteriormente:

Submetralhadora Kree : As armas escolhidas pelo Senhor das Estrelas eram duas submetralhadoras Kree com vários tipos de munições, incluindo explosivas.

  • O Senhor das Estrelas foi criado originalmente por Steve Englehart e Steve Gan. Embora a pessoa que apareceu em Marvel Preview #4 era originalmente o mesmo Peter Quill da Terra-616, vários retcons estabeleceram que o Senhor das Estrelas original era de outro universo, a Terra-791
  • O Senhor das Estrelas original reapareceu em Marvel Preview, com o escritor Chris Claremont reformulando o personagem e usando histórias de aventura e ficção científica, como os livros de Heinlein, como inspiração.[67]
  • De acordo com a Tropa Nova, o Senhor das Estrelas acumulou mais de 350.000 de assassinatos.[68]
  • Foi revelado que o Senhor das Estrelas possui 32 anos durante o Vol 2 de Guardiões da Galáxia.[69] No entanto, quando o Vol 3 começou, ele foi rejuvenescido e agora tem 29/30 anos.[70]
  • Marvel Preview #4 estabelece que Peter nasceu em 04 de Fevereiro de 1962, mas em uma edição recente de Guardiões 3000, Peter afirma que nasceu em 1985 em vez disso.
  • O nome do meio do Senhor das Estrelas é o primeiro nome de seu pai, J'son.
  • Tony Stark nomeou um conjunto de microssatélites com base em Peter, a Rede Q.U.I.L.L..[71]
  • Ele era noivo de Kitty Pryde dos X-Men.[50] O noivado deles durou por ao menos 8 meses. No entanto, após o universo ser recriado ao fim das Guerras Secretas, eles se separaram. Eles nunca cancelaram oficialmente o noivado, mas após 8 meses separados, eles se reconciliaram e decidiram que era melhor esperar mais tempo para pensar sobre isso.[62]
  • O traje do Senhor das Estrelas que estreou em Lendário Senhor das Estrelas é baseado em sua aparência no filme Guardiões da Galáxia. Sua segunda série solo recontou esse traje como sendo o seu original.

Explore e Discuta

Notas de Rodapé

  1. Thanos #12
  2. Marvel Spotlight Vol 2 #6
  3. Nova Marvel: Ponto de Partida #1
  4. Senhor das Estrelas #1
  5. Senhor das Estrelas #2
  6. Senhor das Estrelas #5
  7. 7,0 7,1 Guardiões da Galáxia & X-Men: Vórtice Negro Alfa #1
  8. Inumanos Vol 3 #1
  9. Thanos #7-12
  10. 10,0 10,1 Aniquilação Vol 1-6
  11. Aniquilação: Conquista Prólogo #1
  12. Aniquilação: Conquista - Senhor das Estrelas #1-4
  13. Guardiões da Galáxia Vol 2 #1
  14. Guardiões da Galáxia Vol 3 #18
  15. Guardiões da Galáxia Vol 3 #19
  16. Guardiões da Galáxia Vol 3 #20
  17. Avante, Vingadores Vol 2 #5
  18. Avante, Vingadores Vol 2 #7
  19. Avante, Vingadores Vol 2 #8
  20. Guardiões da Galáxia Vol 3 #1
  21. Guardiões da Galáxia Vol 3 #2
  22. Guardiões da Galáxia Vol 3 #3
  23. Guardiões da Galáxia Vol 3 #5-7
  24. Guardiões da Galáxia Vol 3 #8-9
  25. Guardiões da Galáxia Vol 3 #11.NOW
  26. Novíssimos X-Men #23
  27. Guardiões da Galáxia Vol 3 #12
  28. Novíssimos X-Men #24
  29. Guardiões da Galáxia Vol 3 #13
  30. Guardiões da Galáxia Vol 3 #14
  31. Guardiões da Galáxia Vol 3 #15-16
  32. 32,0 32,1 Guardiões da Galáxia Vol 3 #17
  33. 33,0 33,1 33,2 Lendário Senhor das Estrelas #1
  34. Lendário Senhor das Estrelas #2
  35. Lendário Senhor das Estrelas #3
  36. Lendário Senhor das Estrelas #4
  37. Guardiões da Galáxia Vol 3 #21-23
  38. Lendário Senhor das Estrelas #5
  39. Lendário Senhor das Estrelas #6
  40. Lendário Senhor das Estrelas #7
  41. Lendário Senhor das Estrelas #8
  42. Guardiões da Galáxia Vol 3 #24
  43. Lendário Senhor das Estrelas #9
  44. 44,0 44,1 Novíssimos X-Men #38
  45. Guardiões Granes Encontros #3
  46. Guardiões da Galáxia Vol 3 #25
  47. Nova Vol 5 #28
  48. Lendário Senhor das Estrelas #10
  49. Lendário Senhor das Estrelas #11
  50. 50,0 50,1 Guardiões da Galáxia & X-Men: Vórtice Negro Ômega #1
  51. Guardiões da Galáxia Vol 3 #27
  52. Guerras Secretas #1
  53. Guerras Secretas #3
  54. Guerras Secretas #4
  55. Senhor das Estrelas e Kitty Pryde #1
  56. Senhor das Estrelas e Kitty Pryde #2
  57. Senhor das Estrelas e Kitty Pryde #3
  58. Guardiões de Luganenhum #4
  59. Guerras Secretas #7
  60. Guerras Secretas #9
  61. Supremos Vol 2 #1
  62. 62,0 62,1 Senhor das Estrelas #8
  63. Guardiões da Galáxia Vol 4 #1
  64. Guardiões da Galáxia Vol 4 #3
  65. Guardiões da Galáxia Vol 4 #4
  66. Guardiões da Galáxia Vol 4 #5
  67. Marvel Preview #11
  68. Aniquilação: Os Arquivos da Tropa Nova #1
  69. Guardiões da Galáxia Vol 2 #18
  70. Guardiões 3000 #6
  71. Iron Man: Fatal Frontier Infinite Comic #1
  72. Official Handbook of the Marvel Universe A-Z hardcover Vol. 11

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória