FANDOM






Quote1.png Prestem atenção. A aula começou. Já ouviram falar do "Efeito Borboleta"? Como voltar no tempo e pisar em apenas um inseto pode acabar com o presente? Apenas imagine, então, o que eu estou prestes a fazer com o futuro. Ouviram falar de como a população de abelhas da Terra sofreu uma queda? Em como isso pode destruir o ecossistema inteiro de nosso planeta? Isso fui eu. Eu fiz isso como uma brincadeira. Só para ver se eu conseguiria. Isso, entretanto, é trabalho. E após meses de testes em percevejos... (Você pode me agradecer mais tarde, Manhattan)... Eu acredito que finalmente produzi o grupo perfeito. Eles estão pronto. Vamos, bebês... Hora de deixar o ninho. Ou devo dizer ninhos? Milhares de locais pela cidade. Você pode ouvi-los? Se rastejando? O ruído de suas patinhas? Nham. Nham. Nham. Boa noite, Nova York. Durma bem. Dêem uma provada. Por minha conta. Meu nome é Miles Warren. E vocês... Todos vocês... Vocês são meu experimento científico. Quote2.png
-- Chacal (Miles Warren) src 

Miles Warren já foi um professor de bioquímica na Universidade de Empire State. Em algum momento, ele estudou genética sob a tutela do Alto Evolucionário, mas foi expulso da base do Alto Evolucionário quando ele se mostrou instável. Ele recebeu educação e equipamentos de Maelstrom. Warren se apaixonou por uma de suas estudantes, Gwen Stacy, a qual era a namorada de Peter Parker. Depois de ser morta pelo Deunde Verde original, Warren voltou sua atenção para métodos de clonagem, inspirado pela criação de um sapo adulto para tentar clonar humanos. Quando ele matou seu parceiro de laboratório Anthony Serba (o qual descobriu a verdade), Warren se tornou completamente insano, desenvolvendo a personalidade do Chacal enquanto tentava se convencer de que alguém havia matado seu assistente, em vez dele mesmo.[1]

Em sua primeira aparição como Chacal, ele tentou manipular o Justiceiro a matar o Homem-Aranha (essa foi a primeira aparição do popular anti-herói), mas quando o Justiceiro descobriu a mentira do Chacal, ele se voltou contra Warren.

Jackal 002.jpg

O Chacal - com a ajuda do Scrier, que estava trabalhando para o Duende Verde - for the Green Goblin - posteriormente começou a trabalhar para criar clones de Peter Parker e Gwen Stacy. No entanto, a sua primeira tentativa aparentemente bem-sucedida rapidamente começou a mostrar sinais de degeneração. Mais tarde foi revelado que esse clone conseguiu escapar antes que Warren o matasse e viria a ser conhecido como o assassino em série chamado de Kaine. Warren então refinou o processo, e apesar de várias outras falhas, ele eventualmente conseguiu com sucessor criar clones de Gwen e Peter, os quais não sofriam de degeneração. O clone de Peter e o Chacal foram aparentemente mortos em uma explosão durante uma batalha contra o Homem-Aranha.[1]

O clone de Gwen foi mais tarde capturado pelo Alto Evolucionário[2], o qual já foi o instrutor de Miles Warren. Ele disse ao Homem-Aranha que ela, de fato, não era um clone, mas uma mulher normal chama Joyce Delaney, a quem o Warren havia alterado com um vírus genético. Um dos seus seguidores, a Sonhadora dos Jovens Deuses, restaurou as memórias de Joyce. Eventos posteriores, no entanto, sugeriram que o Alto Evolucionário havia mentido e Joyce Delaney nunca existiu.

Muitos anos mais tarde, foi revelado que Chacal e o clone de Peter sobreviveram a explosão e estavam se escondendo. No entanto, durante esses anos um clone de Miles Warren apareceu e acabou casando com o clone de Gwen Stacy. A pesquisa do Chacal também foi usada para criar as diversas encarnações do vilão Carniça, um dos quais acreditava-se ser um clone do Chacal. Ele também usou seus experimento para mutar o seu próprio DNA; antes desses eventos, as habilidades físicas do Chacal era meramente resultados de treinos em vez de qualquer poder super-humano.

O clone de Peter Parker, sem saber que o Chacal estava vivo, tomou o nome Ben Reilly e se exilou. Anos mais tarde, ele retornou a Cidade de Nova York, se aliou com o Homem Aranha e tornou-se o Aranha Escarlate. O Chacal retornou nesse momento e convenceu Parker e Reilly que o Reilly era o verdadeiro Peter Parker e que o outro era um clone, e criou inúmeros outros clones de Peter Parker, os quais entraram em conflito com o Homem-Aranha, o Aranha Escarlate e o Kaine. No final, o Chacal, no processo de tentar matar e substituir milhões de pessoas com clones que ele poderia controlar, acabou morrendo ao cair de um edifício alto enquanto tentava salvar o clone de Gwen, a qual foi salvada pelo Homem-Aranha.[3]

Pouco depois, Parker se aposentou para passar mais tempo com sua esposa grávida, Mary Jane Watson-Parker e Ben Reilly o substitui brevemente como o Homem-Aranha, até ele morrer nas mãos do Duende Verde, finalmente revelando que Parker era e sempre foi o verdadeiro Homem-Aranha.[4]

O Chacal mais tarde mostrou estar vivo novamente, embora não tenha ficado claro se esse era o Chacal original, outro clone de Warren ou um personagem não relacionado que assumiu o lugar de Chacal. Chamando a si mesmo de O Professor, ele se aliou com o Cabeça de Martelo e tentou ganhar influência no submundo do crime, mas foi derrotado e preso pelo Demolidor e o Justiceiro.[5]

O Chacal recentemente apareceu de novo, dessa vez planejando usar um dispositivo para dar a todos da Cidade de Nova York poderes de aranha, o que levou ao evento Ilha das Aranhas de 2011, o qual mergulhou a Cidade de Nova York no caos. Foi revelado que o vírus eventualmente transforma os infectados em monstros aranha (Steve Rogers entre eles na forma do "Rei-Aranha"), que Warren esta trabalhando para a Rainha e que ele também ele reempregou Kaine. Eventualmente, ele e a Rainha planejaram transformar o vírus aranha transmissível pelo ar e infestar o planeta inteiro. Depois de Venom e o Homem-Aranha acabarem com seus planos, a Rainha aparentemente mata Warren com um grito sônico, embora mais tarde tenha sido revelado ser outro clone do Chacal.

Após a derrota da Rainha pelas mãos do Homem-Aranha, Venom e Steve Rogers, Warren reuniu amostras de DNA da casca da Rainha e do Rei-Aranha.

Quando o jovem Alfa apareceu, Warren buscou clonar um exército de adolescentes super-poderosos. Sequestrando seus pais, Warren atraiu o Homem-Aranha e o Alfa até a sua base, aonde os cientistas foram capazes de pegar o DNA de Alfa e o clonar, com a intenção de usar os clones super-poderosos para acasalar com os clones da Rainha-Aranha e crar uma raça perfeita de humanos. No entanto, para a decepção de Warren, os clones de Alfa não possuíam os seus poderes, já que os seus poderes não altevara o seu DNA. Os clones foram destruídos e Warren escapou mais uma vez.[6]

Depois de o Homem-Aranha ter enfrentado uma misteriosa criatura aranha com genes mutantes, foi revelado depois que ela retornou a forma humana que era um hibrido de genes mutante, humano e aranha com a marca do Senhor Sinistro, mas no final foi o Chacal que conseguiu acesso ao material genético de Sinistro para trabalhar em uma nova espécie.[7]

Poderes

Após da regeneração, Miles Warren possuía a força, a velocidade e a agilidade de um chacal, amplificados para um nível super-humano.

Habilidades

Miles Warren era um gênio no campo da bioquímica, genética e clonagem. É um habilidoso artista marcial e ginasta.



Equipamento

Aparelhos e dispositivos avançados quando necessário. Possui acesso aos laboratórios mais avançados do mundo.

Armas

(Antigamente) Garras com drogas nas pontas e estímulos elétricos.

Explore e Discuta

Notas de Rodapé

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória