FANDOM






Quote1 ... Eu sou um deus! E eu iria ser o seu Salvador! Quote2
-- Michael src 

Terra-691

Arquivo:Michael Korvac (Earth-691) 001.gif

Michael Korvac era um técnico de informática nascido na Área Azul da Lua de uma Terra alternativa no ano de 2997. Devido a acontecimentos que envolveram o seu nascimento, o pai de Michael foi morto e ele foi criado por sua mãe para ter uma atitude de ódio e vingança. Quando o Sistema Solar e suas colônias foram conquistadas pela Irmandade Badoon, Korvac tornou-se um colaborador e um traidor da raça humana. Sendo pego dormindo em uma máquina durante o trabalho, os Badoons colocaram a parte superior do corpo de Korvac em uma máquina, tornando-o um ciborgue.

Irritado porque os Badoons amputaram suas partes inferiores e terem o transformado em um ciborgue, Korvac procurou se vingar de seus superiores Badoons e os matou na primeira chance que teve com seus novos poderes e habilidades cibernéticas. Korvac então baixou os dados dos sistemas dos Badoons como parte de um plano para derrubar os Badoons. Antes que Korvac pudess continuar seus planos, o Grão Mestre o transprotou através do tempo para o utilizar como um peão na luta contra o herói Doutor Estranho e os Defensores.[1] Korvac deliberadamente perdeu a luta, de modo a ser capaz de digitalizar e analisar discretamente o poder cósmico do Grão Mestre. Ganhando várias novas habilidades a partir dessa análise, Korvac então matou seus mestres Badoons e planejou conquistar o cosmos. Korvac recrutou um grupo de alienígenas chamados os Servos da Ameaça e tentou fazer com que o Sol da Terra entrasse em nova, mas foi derrotado pelos Guardiões da Galáxia e o pelo Deus do Trovão viajante do tempo Thor.[2]

Terra-616

Logo após esta derrota, Korvac fugiu através do tempo e espaço para o universo 616. Ao chegar, Korvac descobriu a estação espacial da entidade cósmica Galactus. Baixando o conhecimento de Galactus da estação para seu próprio sistema, Korvac foi imbuído com o Poder Cósmico e tornou-se um ser divino. Korvac teve sua consciência expandida graças aos seus poderes divinos, o que mudou sua atitude e sua visão da realidade. Ele assumiu uma postura altruísta com a ambição de remodelar o universo em um sem caos. Korvac então recriou a si mesmo como uma forma humanoide perfeita, e se passando por um humano chamado Michael, ele viajou para a Terra com a intenção de remodelá-la em uma Utopia.[3]

Minions from Thor Annual 6

Korvac foi perseguido pelos Guardiões da Galáxia, os quais juntaram forças com os Vingadores em uma tentativa de impedir Korvac. Águia Estelar, membro dos Guardiões, encontrou Korvac e lutou contra ele em segredo. Korvac, no entanto, desintegrou Águia Estelar e depois o recriou, mas removeu do herói a capacidade de perceber Korvac, de modo a evitar que ele o detectasse novamente no futuro.[4] O Ancião do Universo conhecido como o Colecionador previu a vinda de dois seres que seriam capazes de desafiar os Anciões (Korvac e Titã Thanos), e refez sua própria filha Carina em um ser de incrível poder para a usar como uma arma contra eles. Embora Carina tenha se encontrado com Korvac, os dois se apaixonam e ela começa a simpatizar com ele. O Colecionador foi derrotado pelos Vingadores após uma tentativa fracassada de os "coletar" e proteger de Korvac, o qual ao descobrir os planos do Colecionador desintegrou o Ancião.[5]

O herói Homem de Ferro eventualmente localizou Korvac em um bairro residencial de Forest Hills Gardens, no Queens, Nova York. Todos os Vingadores, junto com a heroína Miss Marvel e os Guardiões da Galáxia confrontaram Korvac e Carina, os quais se passaram por como um casal de classe média. A mentira de Korvac foi revelada quando o Águia Estelar afirmou não poder ver o homem chamado "Michael". Percebendo que ele tinha sido descoberto, e que Entidades Cósmicas, como Odin e o Vigia, agora estavam cientes de sua existência, Korvac foi forçado a lutar.

Korvac matou grupos e mais grupos de heróis, e finalmente foi pego de surpresa e enfraquecido pelo Capitão América e depois por Magnum. Embora capaz de matar os heróis, Korvac foi enfraquecido ainda mais pelos esforços combinados do Águia Estelar, o Homem de Ferro, o Visão e o Thor. Sentindo que Carina agora duvidava dele, Korvac cometeu suicídio por meio de um ato de vontade. Carina, estando irritada, atacou os heróis sobreviventes, e foi finalmente morta por Thor. Toda a batalha foi assistida pela Vingadora Serpente da Lua, a qual percebeu que Korvac só queria ajudar a humanidade, e seu ato de sacrifício foi para restaurar os Vingadores e os Guardiões à vida.[6]

Anos mais tarde foi revelado que Korvac descartou seu poder quando perto da morte, após sentir que Galactus tinha ativado o Nulificador Total, em vingança por sua intrusão anterior. O poder de Korvac foi passado para seus ancestrais em outros tempos e realidades. Os Guardiões da Galáxia começaram a procurar pelo seu poder, e sua primeira aparição foi no século 20 em uma jovem garota chamada Jaboa Murphy. Os Guardiões se uniram ao Quarteto Fantástico para a derrotar, mas a energia escapou. Eles então rastrearam a energia de Korvac no século 26, onde encontraram o poder sendo usado por um homem chamado Marshach, o qual usou o poder para o bem, criando um paraíso para seu povo. Os Guardiões tentaram tirar o poder dele, mas ele inicialmente resistiu e o Surfista Prateado ficou a seu lado. Ele eventualmente decidiu liberar o poder, mas ele novamente escapou dos Guardiões.

A parada final da energia de Korvac era o seu próprio pai, Jordan Korvac, o qual sentiu a chegada dos Guardiões e os atacou. Nessa época, Myra, sua esposa, estava grávida de, Michael. Enquanto ele enfrentava os Guardiões, Michael nasce e sugou os poderes de seu pai, o matando friamente no processo. Antes que ele pudesse liberar seu poder nos Guardiões, o Ancião (Doutor Estranho) e o Mago Supremo Krugarr prenderam o corpo infantil de Korvac e o levaram ao tempo em que Korvac roubou o poder de Galactus. Galactus tomou o poder de volta para si e deixou o jovem Korvac com os Guardiões. A principio, eles desejaram o matar antes que ele se tornasse o monstro que todos conheciam, mas no final o devolveram a sua mãe, incapazes de matar um bebê. Isso fez com que a história se repetisse, sendo que sua mãe contou histórias ao jovem Michael que os Guardiões eram os responsáveis por matar o seu pai.[7] Korvac mais tarde foi brevemente ressuscitado em forma humana pelo Grão Mestre para combater o Surfista Prateado.[8]

O Sistema Mestre

No século 31, Brahl e os Servos da Ameaça (agora chamando se chamando de os Intimidadores) tinham a posse de um chip de computador que continha a 'soma total' de Korvac antes de ele partir para o século 20. Eles conseguiram evitar a detecção no Mundo do Sistema Mestre e drenaram a energia do Sistema Mestre para reconstruir Korvac. Este drenagem de energia também resultou no Sistema Mestre ser infectado por um vírus de computador. Os Guardiões Galácticos chegaram para impedir os Intimidadores mas já era tarde demais - Korvac havia sido reconstruído.

Parecia que Korvac era parte Korvac, parte Sistema Mestre e parte Michael e o vírus o tornou completamente insano. Os Guardiões Galácticos lutaram com ele para tentar salvar o Sistema Mestre, o qual podia ter sido absorvido para sempre na abominação. A falta de controle sobre o planeta liberou a Fênix IX, a qual estava sendo contido dentro dele. Esta versão do Korvac mostrou não ser páreo para a Força Fênix e foi transportado para outra dimensão.

Caveira Vermelha e o Cubo Cósmico

Korvac apareceu alguns anos mais tarde na frente do Capitão América como um Vigia e mostrou ao Capitão América o provável futuro que resultaria se o Caveira Vermelha ganhasse poder quando o Capitão América optasse por não o matar, o qual na época foi fundido com o cósmico cubo.

Quando a hora chegou, o Capitão América acabou decidindo matar o Caveira Vermelha, apenas para perceber que o poder foi transferido para o Vigia, o qual inicialmente se transformou em Kang e por fim se revelou como sendo Korvac. Com o poder, ele decidiu ir para o seu período de tempo para criar o seu mundo perfeito, os Estados Unidos da Korvac. O Capitão América o seguiu na esperança de o confrontar.

Com o poder do cubo cósmico, Korvac alcançou o futuro onde ele criou seu paraíso perfeito. Um mundo livre da fome, da pobreza, da guerra, mas também livre do livre-arbítrio. O Capitão América se opôs a Korvac e ele então matou o Capitão, mas seu povo começar a lutar contra Korvac e ele reiniciou a realidade. Ele fez isso várias e várias vezes até finalmente ficar irritado e decidir reiniciar a realidade para antes do Caveira Vermelha perder o poder, o qual era o plano do Capitão América o tempo todo.

Desta vez o Capitão América se recusa a matar o Caveira Vermelha, resultando no Capitão América e Korvac terem que fugir do local temendo por suas vidas. Infelizmente, eles foram descobertos pelo Caveira Vermelha, o qual aparentemente matou Korvac e espalhou seus átomos através de seis dimensões.[9]

Michael Korvac 0124

Academia de Vingadores

Quando sua esposa recebeu forma física novamente pela Véu, Korvac confrontou os funcionários da Academia de Vingadores para reivindicar ela novametne. Korvac retornou por ela, e Hank Pym ofereceu entregar Carina para Korvac, mas ela se recusa a ir com ele, preferindo escolher a não existência do que ficar com ele (mesmo que ela seja aparentemente imortal, como seu pai). A batalha começou, colocando Korvac contra todas as equipes atuais de Vingadores. Ele foi enfraquecido por elas, e então atacado por versões adultas dos estudantes da Academia. Depois de uma batalha brutal, Véu atravessou o corpo dele, o que temporariamente paralisou Korvac, e Radiação então aniquilou completamente Korvac com uma rajada projetada de anti-matéria.

Retorno

Em 3014, a mais recente encarnação dos Guardiões da Galáxia ficaram presos em um loop temporal causada por uma instabilidade no tempo,[10] cuja fonte estava em algum lugar no passado. Procurando reparar o fluxo do tempo, o grupo foi para Terra para resgatar a jovem Geena Drake, a quem os poderes premonitórios do Águia Estelar identificou como vital para a sua missão,[11] e, eventualmente, viajaram de volta no tempo para 2015 através da Fome Anciã.[12] Depois de uma breve luta contra os Guardiões desta era[13] e uma batalha contra um exército de Unidades Stark, controladas pela Senciência-A, os Guardiões de 3014, com a ajuda dos Guardiões de 2015, localizaram a fonte de instabilidade temporal, que estava dentro de uma casa suburbana em Forest Hills.

Enquanto alguns Guardiões ficaram para trás, Geena e Yondu entraram na casa para enfrentar a fonte de instabilidade temporais: Michael Korvac (na sua forma meio-homem e meio-máquina).[14] Ele explicou a Geena que ele estava desfazendo o tempo, causando a instabilidade, para recriar o Multiverso sob a sua orientação, usando Geena, um ser singular em todo o Multiverso, a quem ele havia manipulado através do fluxo do tempo até aquele momento, como ponto de referência estável em torno da qual ele iria refazer o universo. Antes que ele pudesse terminar sua explicação, ele foi baleado na cabeça por Yondu, causando um novo salto no tempo que enviou os Guardiões de 2015 para fora de sua continuidade.

O resto dos Guardiães, que estavam lutando contra as Unidades Stark energizadas por Korvac, entraram na casa apenas para encontrar Korvac deitado no chão, mas não morto. Ele os disse que o tempo foi quebrado como um resultado da última incursão. Vance tentou convencê-lo a tentar consertar tudo, mas ele não podia, pois isso estava além dele. Então, Geena deixou Korvac usá-la para tentar impedir a decadência universal, mas ele acabou falhando, deixando Geena sozinha enquanto tudo terminava.[15]

Poderes

Korvac nasceu no ano de 2977. Originalmente meio homem, meio computador sofisticado. Mesmo antes de qualquer forma de absorção de energia, Korvac foi capaz de quase sobrecarregar o Mago Supremo Doutor Estranho em combate direto ao analisar as várias energias místicas que ele tinha comandado antes de ele as lançar e produziu uma defesa perfeita com base na análise de seu computador. Ele absorveu a energia de Galactus, o que lhe deu poderes "divinos". Ele tem sido um frequente viajante do tempo.

Após baixar informações da nave de Galactus e adquirir o Poder Cósmico, Korvac era capaz de muitos feitos do mesmo nível de outras entidades cósmicas, como a alteração de matéria; projeção de energia; teletransporte e manipulação do tempo e espaço. Em sua forma humana perfeita, Korvac manteve todas as suas habilidades cósmicas e podia usá-las para atingir praticamente qualquer efeito, tendo até mesmo o potencial para remover o universo da existência.

Habilidades

Michael Korvac era um brilhante cientista de computação, um mestre em estrategia de combate, e um combatente formidável corpo-a-corpo.



Explore e Discuta

Notas de Rodapé


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.