FANDOM






Quote1.png Nós viemos a este mundo sozinho e nós saímos da mesma forma. O tempo que gastamos entre isto - tempo gasto vivendo, partilhando, aprendendo juntos... é tudo o que vale a pena viver. Quote2.png
-- Jean Grey src 

Infância

Jean Grey era a filha mais nova do Professor John Grey do Departamento de História do Colégio Bard em Annandale-on-Hudson, Nova York, e sua esposa Elaine Grey. Quando Jean tinha dez anos de idade, ela estava brincando com sua melhor amiga, Annie Richardson, quando Annie foi atropelada por um carro.[5] A emoção que Jean sentiu enquanto ela segurava sua amiga morrendo despertou seus próprios poderes telepáticos latentes e ela experimentou as próprias emoções de Annie enquanto ela morria. Este evento traumático deixou Jean em um estado afastado e profundamente deprimida. Além disso, Jean não podia controlar sua recém-despertada habilidade telepática e teve que se isolar das outras pessoas para manter sua sanidade.

Jean Grey and Annie Richardson (Earth-616) from Uncanny X-Men Vol 1 241 0001.png

Jean segurando Annie enquanto ela morre

Quando Jean tinha onze anos, um psiquiatra recomendou a seus pais que consultassem um colega seu, o Professor Charles Xavier, o qual era secretamente um mutante com habilidades telepáticas. O Prof. Xavier explicou a Jean, mas não aos pais dela, que ela era uma mutante e ele tratou dela durante vários anos. O professor ensinou a Jean como levitar e manipular objetos através da força psíquica quando ela desenvolveu telecinese aos treze anos.[6] Xavier até mesmo usou a jovem Jean para calibrar o seu dispositivo Cérebro.[7] Durante uma sessão particular, um aspecto da mente da jovem Jean surgiu sob a forma de uma Fênix de Fogo para tocar a mente do jovem órfão Scott Summers enquanto ele dormia.[8] O Prof. Xavier ergueu barreiras psíquicas na mente de Jean para que ela não fosse capaz de usar suas habilidades telepáticas até que tivesse desenvolvido a maturidade necessária para lidar com elas.[9]

Jean Grey (Earth-616) from X-Men Vol 1 1 0002.jpg

Jean Grey como Garota Marvel

X-Men

Quando o Prof. Xavier julgou que Jean havia alcançado um certo nível de maestria com seus poderes telecinéticos, ele recomendou a seus pais que eles a matriculassem na sua recém-criada Escola para Jovens Super Dotados do Professor Xavier. Sem que o Sr. e Sra. Grey, essa escola servia como um disfarce para os X-Men, uma equipe de jovens mutantes sobre-humanos sendo treinados pelo Prof. Xavier para combater as ameaças representadas por mutantes do mal que usavam seus poderes contra a humanidade. Mesmo que Jean Grey fosse a primeira aluna a se inscrever, Xavier não permitiu que ela se juntasse a escola até que tivesse reunido mais quatro alunos. Ela se tornou o quinto X-Man e a primeira mulher a integrar a equipe, a qual também consistia de Ciclope, Homem de Gelo, Anjo e Fera. Jean assumiu o codinome de Garota Marvel.[10] Na Escola para Jovens Superdotados, os X-Men originais foram ensinados pelo Professor X e treinados no uso dos seus poderes na Sala de Perigo. Eles permaneceram juntos por vários anos.

Pouco depois de ela se juntar à equipe, Jean se apaixonou por Ciclope, também conhecido como Scott Summers, mas era tímida demais para se confessar. Scott rapidamente se tornou um líder para os X-Men. Embora ele era um estrategista hábil, Scott não possuía habilidades sociais. Scott havia se apaixonado por Jean também, mas seu comportamento reservado o impediu de expressar seus sentimentos por ela. Por um longo tempo, Scott se recusou a admitir, até para si mesmo, que tinha sentimentos por Jean, com medo de ser ferido ou que suas rajadas óticas iriam machucar ela ou qualquer outra pessoa com quem ele se importava. Scott também sentiu que não era páreo para seu companheiro de equipe rico, Warren Worthington III, também conhecido como Anjo, o qual também estava romanticamente interessado em Jean.

Magneto vs The X-men 1.jpg

X-Men vs Magneto

Após Jean oficialmente se formar na escola de Xavier, seus pais a transferiram para o Metro College. Scott e os outros X-Men ficaram de coração partido. Jean continuou a ser uma X-Men de meio período, quando o tempo a permitisse, mas sentia falta de ser uma super-heroína em tempo integral. Jean foi eventualmente capaz de retornar à equipe. Jean e Scott revelaram sua paixão um pelo outro e começaram a sair.[11]

Satisfeito com a maturidade de Jean e seus anos de prática, Xavier liberou as barreiras psíquicas que impediam Jean de usar suas habilidades telepáticas. Quando o Prof. Xavier descobriu que, a fim de impedir uma invasão na Terra pelos alienígenas Z'Nox ele teria que se isolar por um período prolongado de tempo, a fim de fazer os preparativos, ele fez o mutante metamorfo chamado de Morfo tomar o seu lugar como líder dos X-Men, e apenas Jean soube da verdade. Xavier ordenou que Jean mante-se seu segredo seguro, mesmo após o Morfo ter sido morto em batalha, levando os outros X-Men a acreditar que seu mentor havia morrido.[12]

Sem Xavier, os X-Men foram obrigados a se separarem por Fred Duncan do FBI. Embora Jean começou um novo trabalho como modelo, ela e Scott lutaram contra o Quasímodo, sob o disfarce de Computo.[13] A equipe se reuniu contra Mesmero e um robô Magneto. Quando a frota Z'Nox finalmente chegou à Terra, o Professor Xavier e Jean revelaram a verdade e foram capazes de repelir a invasão.

Força Fênix

Enquanto em uma missão no espaço com o Quarteto Fantástico para derrotar os Z'Nox de uma vez por todas, Jean foi sondada pela Força Fênix, uma das mais antigas entidades cósmicas conhecidas, a qual viria a desempenhar um papel essencial no destino de Jean. Ela sentiu o potencial ilimitado de Jean ao tocar seu subconsciente.[14]

Arquivo:JeanGreyUXM57p16.PNG

Junto com seus companheiros de equipe, Jean foi capturada pela ilha mutante Krakoa, o que levou Xavier a recrutar uma nova equipe de X-Men.[15] Jean e os outros X-Men originais deixaram a equipe, com apenas Ciclope continuando com líder.[16] Jean e Ciclope continuaram namorando, e relação deles a manteve conectada com a equipe. A nova equipe foi composta por pessoas individuais e solitárias, como Wolverine, o qual rapidamente desenvolveu sentimentos por Jean. Jean formou uma amizade íntima com Tempestade e começou a viver com a investigadora particular Misty Knight.

Enquanto desfruta o Natal com Scott e os X-Men, Jean foi sequestrada junto com Xavier, Wolverine e Banshee pelos Sentinelas de Steven Lang e levada a bordo da estação espacial dele.[17] Após derrotarem Lang, os X-Men tiveram que fugir para a Terra a bordo de um ônibus espacial durante uma tempestade de radiação solar. A cabine do piloto não possuía a blindagem necessária para proteger o piloto da radiação letal. Jean absorveu os conhecimentos de voo do Dr. Peter Corbeau e se ofereceu para pilotar. Enquanto guiava o transporte para a Terra com os outros X-Men protegidos pela parte blindada do ônibus, a radiação solar acabou sendo muito grande[18] e ela começou a sucumbir ao efeitos letais da radiação.

No entanto, Jean não morreu. A Força Fênix respondeu a angústia e chamados telepáticos por ajuda de Jean. A Força Fênix informou Jean que ela estava morrendo, mas por tomar a mão da Força Fênix, Jean iria ganhar o "desejo de seu coração". O que Jean mais desejava era salvar os X-Men e a si mesma. Jean segurou no braço da Forã Fênix e caiu em um coma. A Fênix tomou a forma, as memórias e a personalidade de Jean, absorvendo uma parte de sua consciência. Ela colocou Jean dentro de um casulo, enquanto seus ferimentos eram curados.[19][20] A Fênix se certificou que os X-Men sobrevivessem e os devolveu para a Terra, realizando assim o desejo de Jean. A embarcação caiu na Baia da Jamaica e os X-Men ficaram chocados quando "Jean" saiu dos destroços ilesa, chamando a si mesma de Fênix.

Scott não tinha ideia de que a mulher que amava havia sido substituída por um ser cósmico, enquanto a verdadeira Jean descansava em um casulo no fundo da Baia da Jamaica. A Fênix tomou o lugar de Jean como um membro dos X-Men[21] e continuou o romance de Jean com Scott.

A Fênix se revelou como uma mutante na frente dos pais de Jean. A Fênix também curou o Cristal M'Kraan, o nexo de todas as realidades, salvando o universo. Mais tarde, a Fênix bloqueou as rajadas óticas de Scott, dando a ele a chance de vê-la claramente. Scott e Fênix então compartilharam uma noite íntima juntos.

Tentando se infiltrar no maligno Clube do Inferno, a Fênix caiu sob o controle do Mestre Mental e do Clube do Inferno. Ela se transformou na Rainha Negra do círculo interno. Após escapar do controle de Mestre Mental, a Fênix passou por outra transformação na Fênix Negra. Ela voou através do universo, consumindo uma estrela inteira e os cinco bilhões de habitantes de um dos seus planetas. Ela retornou à Terra e ameaçou matar todos, mas o Professor Xavier foi capaz de manter a Fênix sob controle e a ajudou a retornar ao normal. Scott finalmente a pediu em casamento, quando eles foram teletransportados para longe pelos Shi'ar.

O Império Shi'ar havia testemunhado a Fênix Negra consumindo a estrela e os X-Men foram forçados a lutar contra a Guarda Imperial pelo destino da Fênix na Área Azul da Lua. A batalha desencadeou a transformação da Fênix na Fênix Negra novamente. A Fênix compreendeu que ela nunca seria capaz de controlar totalmente sua sombria fome interior e se sacrificou na Lua. Quando a Fênix cometeu suicídio, Scott acreditava que o amor de sua vida havia morrido e deixou os X-Men.[22][23]

Arquivo:Jean Grey (Earth-616) 010.jpg

O Quarto Quente Branco

A porção da consciência de Jean que havia se ligado com a Força Fênix acordou em um reino chamado Quarto Quente Branco. Lá Jean se encontrou no topo de uma torre flutuando no espaço vestida com um traje da Fênix Branca e se perguntando por que ela não estava morta. Jean se perguntou se havia três fases da Fênix: Verde a Boa, Vermelha a Má e Branca, a qual ela não havia descoberto o significado.

Jean foi abordada pela própria Morte, o qual se manifestou como um operário cósmico. A Morte fez Jean construir torres no pós vida para abrigar as almas das vítimas da Fênix Negra. Jean também reviveu a experiência da destruição do sistema D'Bari do ponto de vista das vítimas. A Morte explicou a Jean que ela era um avatar da Fênix porque seu "espírito" foi esculpido próximo da Fênix. Se ela e a Fênix não fossem feitas uma para a outra, então eles não teriam se conectado. Ela estava destinada a se tornar a Fênix e curar o Cristal M'Kraan. Sua percepção e imaginação influenciaram a Fênix e que ela pertencia a Jean por direito e que um dia ela viria por seus filhos. A Morte instruiu Jean a retornar à vida, para viver e aprender.

A Fênix tentou devolver os fragmentos pegos da força vital de Jean. Envolto em uma pequena porção de si mesma, a Força Fênix inseriu esses aspectos na estrutura genética de Jean e os enviou ao corpo dela, o qual ainda estava no casulo no fundo da baía. Jean instintivamente rejeitou a Fênix, incapaz de lidar com as horríveis imagens da dor que a Fênix Negra havia causado. Ela então vagou pelo mundo, perdida.

No momento que a Fênix Negra morreu na lua, uma faísca da Força Fênix foi acidentalmente concedida a um clone genético de Jean, Madelyne Pryor. Madelyne tinha sido uma experiência fracassada do Sr. Sinistro. Sinistro queria Jean pelo seu potencial genético, mas não a raptou quando ela era uma criança, sabendo que poderia ser exposto por Xavier. Ele acreditava que uma união entre Ciclope e Jean Grey iria produzir um poderoso mutante que ele poderia usar para derrotar seu inimigo, Apocalipse, então ele clonou Jean em vez disso. Sinistro abandonou o clone quando ela não manifestou quaisquer habilidades mutantes. O aspecto perdido da Fênix que havia sido rejeitado por Jean ficou atraído por Madelyne Pryor, a melhor hospedeira secundária. Ela deu uma faísca de si própria para Madelyne, concedendo a ela uma força vital e algumas das memórias de Jean. Madelyne veio a vida cercada por um pássaro de fogo e Sinistro imediatamente pois seu plano em ação.[24]

JeanGreyFF286p27f1.PNG

Jean recupera as memórias da Fênix da matriz holoempática
Quarteto Fantástico #286

Scott ficou chocado ao encontrar Madelyne Pryor. Sem saber que Madelyne era um clone de Jean agora programado por Sinistro para se apaixonar por ele, Scott tornou-se obcecado com a semelhança de Madelyne pelo seu amor perdido. Ele descobriu que ela era a única sobrevivente de um acidente de avião que aconteceu exatamente no mesmo dia em que a Fênix havia morrido, uma invenção criada por Sinistro. Inicialmente Scott suspeitava que Madelyne era uma reencarnação da Fênix, mas com o passar do tempo Scott aceitou Madelyne por quem ela era e eles se casaram. Madelyne deu luz a um filho de Scott chamado Nathan Christopher Charles Summers.

Pouco tempo depois, Scott conheceu Rachel Summers, sua filha com Jean de um futuro alternativo. Rachel chamava a si mesma de Fênix e usava uma roupa semelhante à da original, um fato ao qual Scott era contra. Rachel ficou chocada ao descobrir que, ao contrário de sua própria linha de tempo, Jean Grey havia morrido e Scott Summers era casado com outra mulher em seu lugar. Não querendo perturbar o casamento de Ciclope com Madelyne, Rachel manteve sua verdadeira relação com ele em segredo. Quando ela descobriu que Scott logo seria o pai de uma criança que era ela, Rachel começou a usar a Força Phoenix e prometeu restaurar a honra do nome de sua mãe. Rachel estabeleceu uma conexão psíquica com Nathan, jurando proteger seu irmão mais novo enquanto ela vivesse.

X-Factor

Muitos meses após a morte da Fênix, os Vingadores encontraram o casulo de Jean no fundo da Baía da Jamaica[25] e a levaram para o Quarteto Fantástico para estudarem. Jean então se libertou do casulo. No início, ela era incapaz de se lembrar de seu encontro com a Força Fênix, mas com a ajuda dos Vingadores e o Quarteto Fantástico, ela se lembrou do que aconteceu.[19] Como resultado de suas experiências angustiantes, Jean perdeu seus poderes telepáticos, mas a força de seus poderes telecinéticos havia sido grandemente aumentada. Jean não informou sua família de seu retorno, pois não sabia como dar a notícia.

Enquanto isso, o casamento de Scott e Madelyne havia começado a ter problemas. Madelyne se ressentia do fato de que Scott raramente estava em casa e que ele continuava a sentir falta de Jean. Por fim, Scott soube que Jean havia retornado e a Fênix era uma impostora. Scott foi duramente afetado e escondeu essa notícia de Madelyne e começou a fazer as malas. Ele deixou Madelyne e o bebê Christopher, apesar da advertência de Madelyne que, se ele a deixasse novamente, ele não seria mais bem-vindo.

Arquivo:JeanGreyXF4p8f7.PNG

Jean ficou muito perturbada ao saber da atual onda de sentimento anti-mutante que havia aumentado na sua ausência. Ela também ficou atordoada com o fato de que os X-Men estavam trabalhando ao lado de Magneto, o maior inimigo dos X-Men originais.[26] Jean decidiu que os X-Men originais deveriam fazer algo, já que ela acreditava que os X-Men haviam se distanciado do sonho do Professor Xavier. Os cinco amigos fundaram uma nova organização para ajudar outros mutantes sobre-humanos. A X-Factor foi criada para procurar e ajudar outros mutantes sob o pretexto de caçá-los como ameaças à sociedade. O público acreditava que eles eram seres humanos caçando mutantes, quando na verdade, eles estavam treinando jovens mutantes no uso dos seus poderes no Complexo do X-Factor.[26] Eles também trabalharam como mutantes em uma equipe que a mídia chamava de Exterminadores.

Sem saber o que fazer sobre Maddie, o bebê e Jean, Scott só se sentia útil ao comandar sua equipe. Scott tentou entrar em contato com Maddie, mas o número havia sido desligado. Inicialmente, Scott tentou manter em segredo seu casamento e filho de Jean. Enquanto isso, Jean era atormentada com sonhos de si mesma tornando-se a Fênix. Ela também percebeu que Scott estava escondendo algo dela. Ela supôs que ele havia se apaixonado pela Fênix enquanto ela dormia no casulo. Por fim, a verdade veio à tona. Jean percebeu que Madelyne se parecia exatamente como dela.[27]

A equipe lutou contra Apocalipse e sua Aliança do Mal. Apocalipse se tornaria um dos inimigos mais persistentes de Jean e do X-Factor. Uma de suas primeiras ações foi virar o companheiro e amigo deles, o Anjo, contra eles como seu Cavaleiro da Morte.

Jean descobriu que sua irmã mais velha Sara Bailey havia começado a falar em nome dos mutantes em sua ausência. Jean e Scott foram verificar ela, temendo por sua segurança. Ao chegarem, a casa explodiu. Mais tarde eles descobriram que Sara havia sido assassinada por fanáticos odiadores de mutantes, provavelmente agindo sob as ordens de Cameron Hodge, o gerente de relações públicas do X-Factor.

Arquivo:Jean Grey (Earth-616) 042.jpg

Sentindo-se mal por abandonar sua família, Jean sugeriu que Scott fosse para casa para verificar eles. Scott voltou para Alaska para procurá-los. Scott e Jean ainda não sabiam da influência de Sinistro em suas vidas. Sinistro enviou os Carrascos para matar Madelyne Pryor e recolher Nathan Christopher para ele. Ela foi baleado várias vezes e entrou em coma, sendo levada para o hospital. Sinistro apagou todos os registros de Madelyne e do bebê. Após encontrar o cadáver de uma jovem ruiva em um rio, Scott acreditava que sua esposa estava morta e a enterrou.[28]

Scott começou a ter alucinações e acreditar que Jean, Madelyne e a Fênix haviam sido a mesma mulher o tempo todo. As visões de Scott quase o levaram a matar Jean, antes de ser descoberto que elas eram na verdade hologramas criados por Cameron Hodge, o qual estava tentando destruí-los.[29]

Jean e Scott começaram a ficar próximos novamente. Eles retornaram ao local na Lua onde a Fênix havia cometido suicídio e Jean reconheceu que Scott amava Fênix e que ela havia o amado. Enquanto isso, Madelyne Pryor acordou de seu coma e entrou em contato com os X-Men, os quais concordaram em protegê-la.

O X-Factor finalmente tirou o Anjo de sua lavagem cerebral.[30] Após derrotarem Apocalipse, sua Nave senciente caiu no Complexo deles, e o X-Factor começou a viver nela. O X-Factor acabou revelando a verdade sobre suas origens mutantes e desfizeram o seu disfarce de caçadores de mutantes. Após salvarem a cidade de uma série de incêndios de sua batalha contra Apocalipse, o X-Factor recebeu um desfile em sua honra.

Arquivo:Jean Grey 055.jpg

Inferno

Scott viu Madelyne e os X-Men se sacrificarem em Dallas na TV.[31] As últimas palavras dela foram pedindo a ele para encontrar seu filho. Usando pistas enigmáticas fornecidas por Sina, Scott e Jean retornaram ao orfanato em que Scott cresceu e encontraram um laboratório no porão com muitas crianças, incluindo o bebê Christopher, em casulos de incubação. Scott e Jean lutaram contra a Babá e o Fabricante de Órfãos para recuperar o filho de Scott. Jean de alguma forma abriu uma ligação telepática com Nathan Christopher, mas acabou falhando em evitar que demônios o levassem. Jean reconheceu sua sobrinha e sobrinho no exército de crianças da Babá, mas não pôde resgatá-los também.[32]

Após voltar para Nova York, Scott e Jean se reuniram com o X-Factor e lutaram contra incontáveis demônios. A procura do X-Factor por Christopher os levou ao demônio responsável, N'Astirh, e Madelyne apareceu com ele, chamando a si mesma de a Rainha dos Duendes. Scott ficou chocado ao descobrir que sua esposa estava viva. Madelyne começou uma luta, culpando Scott e Jean pela miséria em sua vida.[33][34][35][36] Após N'Astirh atacar, o X-Factor e os X-Men uniram forças para derrotá-lo. Quando o Wolverine viu que Jean estava viva, ela a beijou.

A Rainha dos Duendes tentou sacrificar o bebê Nathan no topo do Empire State Building para abrir permanentemente um portal entre a Terra e o Limbo para ferir Scott. A Rainha dos Duendes trancou a si mesma, Nathan e Jean dentro de uma barreira psíquica. A invasão foi impedida após Madelyne cometer suicídio em combate com Jean.[37] Jean então descobriu a verdadeira origem de Madelyne. Ela foi forçada a reintegrar a porção de si mesma que a Fênix havia dado a Madelyne. No processo, Jean recebeu as memórias de Madelyne e da Fênix e suas personalidades também. Scott então aparentemente matou Sinistro com uma rajada ótica.

Após o funeral de Madelyne, o X-Factor foi atacado pela Babá e o Fabricante de Órfãos, mas o X-Factor conseguiu resgatar os sobrinhos de Jean. As crianças, no entanto, não se lembravam dela. Ela as deixou aos cuidados de seus pais, já que sua irmão ainda estava sumida.[38] Ficar mudando entre suas múltiplas personalidades começou a ter efeitos negativos em Jean. No entanto, durante uma batalha com os Celestiais, as personalidades de Madelyne e da Fênix foram removidos do seu sistema. Apenas as suas memórias permaneceram e Jean estava livre.

Scott e Jean começaram a levar Nathan Christopher com ele em suas missões. Os poderes mutantes de Nathan começaram a se manifestar como uma bolha de força protetora sempre que estivesse em perigo. Mais tarde, Scott pediu Jean em casamento, mas ela acabou recusando. Jean agora carregava as memórias dos pedidos de casamento anteriores de Scott para Fênix e Madelyne, e precisava de tempo para ter certeza de que o relacionamento deles era sua própria decisão e não influência dessas memórias.[39] Scott e Jean finalmente descobriram que Rachel era na verdade a filha adulta deles de uma linha do tempo alternativa.

Os Cavaleiros da Tempestade sequestraram Nathan e o levaram para a base de Apocalipse na Área Azul da Lua. Apocalipse infectou a criança com o Vírus Tecnorgânico, o qual se espalhou rapidamente através de seu corpo e, se não fosse interrompido, o mataria. Uma mulher do final do século 37 e início do 39 apareceu chamando-se Irmã Askani. Ela alegou ser um membro do Clã Askani, o qual possuía tecnologia em seu futuro que poderia ser capaz de salvar Nathan. No entanto, ela só podia arriscar um salto temporal sem destruir a si mesma. Atormentado, Ciclope escolheu enviar seu filho para o futuro, em vez de vê-lo morrer no presente. Durante algum tempo, Scott não tinha como saber se a cura de Askani havia realmente funcionado.[40] A telepatia de Jean acabou retornando enquanto enfrentava o Cavaleiro Psynapse.[41]

Arquivo:Jean Grey (Blue & Yellow Costume) 009.jpg

Equipe Dourada dos X-Men

O Rei das Sombras voltou[42] e, juntos, os X-Men e o X-Factor o derrotaram.[43] O X-Factor se separou e todos os cinco X-Men originais se juntaram novamente ao Professor X e retornaram para sua escola. Jean serviu na "Equipe Dourada" sob a liderança de Tempestade, enquanto Scott tornou-se líder da "Equipe Azul".[44] Jean parou de usar seu codinome Garota Marvel, preferindo seu nome completo, Jean Grey. Sua companheira da Equipe Azul e telepata Psylocke tentou atrair Ciclope à infidelidade, influenciando sua mente por trás das costas de Jean. Enquanto isso, um soldado misterioso chamado Cable havia reformado os Novos Mutantes, a equipe mutante júnior de Xavier, em uma equipe de foras da lei chamada X-Force.

A Equipe Dourada foi convidado para um evento do Clube do Inferno em uma tentativa de fazer as pazes entre os dois grupos. O evento terminou mal quando os Sentinelas de Trevor Fitzroy surgiram na festa, resultando na morte dos Satânicos. Jean e Emma Frost, a Rainha Branca, ficaram em coma.[45] Jean de alguma forma transferiu sua psique para o corpo de Emma. Após despertar no corpo de Emma, Jean lutou contra Trevor Fitzroy. Os X-Men acabaram a resgatando e ela foi devolvida ao seu corpo.[46]

Os X-Men retornaram aos Túneis dos Morlock para impedir um jovem mutante, o Célula Cerebral, de influenciar mentalmente os Morlocks para incitar o caos. Tentando salvar vidas humanas, Jean foi forçada a matar o Morlock MeMe, desligando sua mente.

O Senhor Sinistro retornou, desta vez se passando por Apocalipse e comandando seus Cavaleiros. Sinistro enviou os Cavaleiros do Apocalipse para capturar Ciclope e Jean e depois entregou o casal para Conflyto[47] em troca de um vasilha contendo uma matriz genética que ele foi levado a acreditar que continha o material genético da família Summers.[48] Conflyto era um louco e rival de Cable. Torturando Scott e Jean, Conflyto afirmou que ele era o filho de Scott, Nathan, tendo voltado do futuro em busca de vingança por ter sido abandonado. Conflyto afirmou que Cable, o qual compartilhava o mesmo rosto com Conflyto, era um clone de Nathan. Na superfície lunar da lua, Cable e Conflyto desapareceram no fluxo do tempo após um dispositivo temporal explodir. Jean e Scott acreditavam ter perdido Nathan uma segunda vez.[49]

Jean finalmente confrontou Psylocke por seus constantes flertes com Scott, exigindo saber se Scott estava a traindo. Psylocke usou sua lamina psíquica em Jean, a deixando inconsciente. O confronto delas foi interrompido pela chegada de Kwannon, o qual informou a todos que Pyslocke estava sendo influenciada pela sua personalidade sombria.[50] Após esse incidente, Scott tirou férias dos X-Men para se encontrar com seus avós no Alasca. Lá, Sinistro informou que Scott que, em vez da matriz genética que ele desejava, Conflyto o havia traído e lhe deu o o mortal Vírus Legado, o qual Sinistro havia liberado acidentalmente. Quando Scott retornou aos X-Men, a irmã menor de Colossus, Illyana, já havia sucumbido ao Vírus Legado, e mais mortes viriam. Scott e Jean então acabaram se reconciliando.

Cable encontrou um caminho de volta ao presente. O Sr. Sinistro apareceu e informou a Cable que Conflyto estava errado sobre suas origens. Conflyto era o clone e Cable era o real Nathan Summers. Sinistro informou também a Cable que Tolliver, um traficante de armas com quem Cable e a X-Force haviam se desentendido, era ninguém menos do que o filho adotivo de Cable, Tyler Dayspring. Cable acreditava que Conflyto havia morrido, no entanto, Conflyto tinha na verdade sobrevivido como uma consciência na parte de trás da mente de Cable. Sinistro permitiu que Conflyto ganhasse controle sobre o corpo de Cable.[51] Tyler e Conflyto descobriram as suas verdadeiras origens, mas o conhecimento era demais para Conflyto suportar e ele se recusou a acreditar. Ciclope, Jean, Xavier e Dominó convenceram Conflyto a deixar a mente de Cable. Tyler acabou escapando durante a confusão. Quando Cable se recuperou, ele perguntou a Scott sobre sua mãe antes de partir. Scott finalmente teve a maioria das respostas que procurava, e pai e filho começaram finalmente a construir uma relação.[52]

No dia de Ação de Graças, Jean finalmente pediu Scott em casamento.[53] Jean e seu grande amor estavam finalmente casados.[54] Jean contou a Rachel Summers que esperava que ela nascesse logo em sua linha do tempo. Logo após, no outro lado do mundo e sem que Jean soubesse, Rachel Summers se sacrificou em um exílio no fluxo do tempo para salvar seu colega da Excalibur Capitão Britânia.[55] Rachel ressurgiu dois mil anos no futuro, onde Apocalipse governava com base na sua visão do mundo de sobrevivência do mais apto.

X-Men Vol 2 30 Textless Wraparound Variant.jpg

O casamento de Scott e Jean

Adventures of Cyclops and Phoenix Vol 1 4.jpg

Os Daysprings

Redd Dayspring

Durante sua lua de mel nas praias de São Bart, as consciências de Jean e Scott foram levadas 2000 anos no futuro por uma Rachel idosa, a qual se tornou a matriarca do Clã Askani, a Mãe Askani, após a Força Fênix ter a abandonado anos antes. Como seus próprios corpos não poderiam sobreviver a viagem no tempo, Scott e Jean habitaram novos corpos clonados a partir de seus descendentes.

Rachel havia os levado para o momento em que o filho de Scott, o jovem Nathan, o menino que um dia se tornaria Cable, havia chegado pela primeira vez no futuro, infectado com um vírus tecnorgânico, após Scott ter o enviado para lá para encontrar uma possível cura. O vírus tecnorgânico estava se espalhando e só poderia ser mantido sob controle com telecinese.

Sob os nomes de Redd e Slym Dayspring, Jean e Scott criaram o menino juntos, enquanto Rachel estava em coma, mantida viva por máquinas. Slym e Redd nunca contaram a Nathan suas verdadeiras origens ou a dele. Eles se juntaram ao Clã da Rebelião para enfraquecer o império de Apocalipse. Enquanto isso, um clone livre do vírus que Rachel havia criado das células saudáveis de Nathan no caso de o vírus matá-lo foi capturado por Apocalipse, o qual o nomeou de Conflyto e criou ele para ser o seu novo hospedeiro, para a próxima vez em que Apocalipse necessitasse trocar de corpo.

Após doze anos, Nate, Slym e Redd impediram Apocalipse de matar Conflyto e o destruíram de uma vez por todas. Naquele dia, Rachel finalmente morreu de velhice. Jean e Scott foram enviados de volta aos seus corpos legítimos no presente, deixando Nate sozinho e Conflyto sob os cuidados do ex-servo de Apocalipse, Ch'vayre, o qual prometeu tentar criar Conflyto apropriadamente.

De volta ao presente, Jean e Scott revelaram a Cable que eles haviam o criado no futuro, como Slym e Redd Dayspring. Cable já sabia isso há algum tempo e estava esperando por eles estarem prontos para o contar. Eles estavam felizes de se reunirem como uma família. De volta à escola, Jean e Scott se mudaram para o antigo abrigo de barcos.[56] Scott ofereceu a Cable e à X-Force um lar na mansão.[57] Jean começou a chamar-se de Fênix para honrar o pedido final de Rachel. Jean treinou Psylocke no uso de seus poderes telepáticos.[58][56]

Acompanhando Scott até o Alasca para verificar o seu avô no hospital, Jean se encontrou com o Adam X e sentiu que havia uma conexão entre Adam e a família Summers. Adam permitiu que Jean transferisse memórias de seus dias como um piloto de combate Shi'ar para Phillip, o avô de Scott. Após isso, Adam desapareceu e Jean decidiu não revelar esse encontro para Scott.[59]

Massacre

Jean foi confrontada por Massacre no Plano Astral, o qual alegou que poderia dar a ela o poder da Força Fênix novamente se ela se juntasse a ele. Após ela inicialmente recusar, Massacre mostrou a ela memórias escondidas do Prof. Xavier, onde Jean ficou chocado ao saber que sua figura paterna e mentor havia anteriormente estado apaixonado por ela. No entanto, Jean ainda recusou a oferta de Massacre. Ele então deixou Jean com uma imagem de seu nome sobre a testa dela.[60]

O Fanático, completamente aterrorizado, veio para ajudar Jean. Jean tentou remover os bloqueios mentais que Massacre havia colocado nele para impedi-lo de revelar a verdadeira identidade de Massacre. Quando Jean descobriu que Massacre era o próprio Xavier, ele o amordaçou psiquicamente. Após Massacre derrotar os X-Men, ela enviou uma mensagem de SOS para as outras equipes de mutantes alertando que os X-Men haviam sido traídos por um dos seus próprios. Fragmentos dessa mensagem sobreviveram até o para futuro de Bishop.[61]

Foi determinado que Xavier havia sido transformado no Massacre como resultado de sua tentativa de apagar a mente de Magneto.[60] Embora os X-Men derrotaram a entidade maligna e libertaram o Prof. Xavier, a maioria dos heróis da Terra ficaram perdidos por um tempo. O Prof. Xavier ficou sem poderes após a derrota do Massacre e foi preso por seu papel nos acontecimentos. Jean e Scott foram deixadas como líderes dos X-Men e co-diretores da escola.[62]

Jean descobriu que o poderoso adolescente mutante perdido no tempo conhecido como Nate Grey. Nate era filho de Scott e Jean de uma realidade alternativa. Basicamente, Nate era uma versão mais nova de Cable. Nate possuía vasto poder telepático e telecinético. Nate havia involuntariamente ressuscitado Madelyne Pryor em uma tentativa subconsciente de chegar até sua "mãe". Nate tentou re-absorver Madelyne, mas acabou descobrindo que não podia, pois ela havia se tornado independente. Apesar de ter trazido sua rival de volta à vida, Jean ficou de bem com Nate.

Jean Grey (Phoenix) 004.jpg

Jean Grey-Summers no traje Verde-Dourado da Fênix

Jean e Ciclope foram enviados de volta no tempo para Londres no ano 1759 pela Madame Santidade. Eles acreditavam que estavam lá para impedir Nathaniel Essex de se tornar o Sr. Sinistro. No entanto, Sinistro era necessário para o nascimento de Nathan Dayspring, o Askani'son, o qual Madame Santidade idolatrava. Ela havia os enviado ao passado para impedir Apocalipse de conquistar a Inglaterra.

A operação caça mutante patrocinada pelo governo conhecida como "Operação: Tolerância Zero" entrou em vigor e o vilão Bastion capturou os X-Men Jean, Ciclope, Tempestade, Wolverine e Míssil.[63] A S.H.I.E.L.D. acabou encerrando a operação, mas não antes que Bastion pudesse colocar uma bomba nanotecnologia dentro do peito de Scott.[64] O mais novo membro dos X-Men, a mutante médica chamada Cecilia Reyes, salvou a vida de Scott.[65]

Após isso, Scott e Jean tiraram uma folga dos X-Men para ele se recuperar.[66] Na viagem de avião para o Alasca, eles lutaram brevemente contra um batalhão de soldados da I.M.A..[67] Enquanto estava de folga, Scott chamou os X-Men originais para reavaliarem o sonho do Professor Xavier de co-existência pacífica entre mutantes e humanos. Scott então começou a ficar preocupado quando Jean começou a usar o mesmo traje que sua cópia da Fênix havia usado. Ela acabou manifestando as chamas da Fênix durante um treinamento.[68] Scott começou a se preocupar que a Fênix havia retornado antes de Jean perder seus poderes psíquicos como resultado da Guerra Psíquica. Como nenhum deles estava em seu age, o casal permaneceu afastado dos X-Men e a questão do retorno da Força Fênix foi deixada de lado por um tempo. O Professor X retornou para os X-Men na ausência deles. Com os laços entre Nate e seus pais fortalecido, Scott presenteou Nate com um de seus velhos uniformes do X-Factor.

Apocalipse

Scott e Jean retornaram para os X-Men algum tempo depois, a pedido de Tempestade, a qual estava preocupada com o bem-estar mental do Professor X.[69] Xavier havia fingindo perder o controle, a fim de descobrir um traidor que ele tinha percebido nas fileiras dos X-Men. O traidor acabou por ser um Skrull que havia substituído o Wolverine. Os planos armados por Apocalipse e os Skrulls acabou sendo descoberto.

Apocalipse começou uma busca por poder cósmico, reunindo "Os Doze" - um grupo de mutantes que iria determinar o destino de sua espécie, os quais incluía Scott, Fênix, Homem de Gelo, Professor X, Tempestade, Magneto, o Monolito Vivo, Bishop, Polaris, Solaris, Mikhail Rasputin, Nate Grey e Cable. Para conseguir um novo hospedeiro, Apocalipse procurou reunir esses mutantes que eram necessários para levar a cabo seu plano e sugar as incríveis energias dos "Doze". Eles estavam ligados a uma máquina que iria transferir as energias deles para Apocalipse, o que lhe permitiria absorver o corpo de Nate Grey.[70] Enquanto seus companheiros de equipe caiam em volta dele, o impotente Scott salvou Nate e se fundiu com Apocalipse, criando uma nova entidade do mal.[71] Jean detectou a psique de Scott dentro de Apocalipse e impediu os X-Men de o destruírem. No entanto, Scott foi dado como morto pela maioria de seus companheiros de equipe.[72] Apenas Jean e Cable se recusaram a acreditar que Scott havia perecido, fazendo com que Cable se juntasse aos X-Men para honrar seu pai.[73]

Troca de Poderes

Jean, agora de volta aos X-Men, e a fim de ajudar Psylocke após a Guerra Psíquica, trocou poderes com Psylocke. Jean perdeu sua telecinese, mas a sua telepatia aumentou consideravelmente. Jean começou a manifestar "aves Fênix" que representavam seus poderes telepáticos "aperfeiçoados ao máximo". Como resultado da troca de poderes, Jean exibiu temporariamente uma forma astral sombria com um símbolo da Fênix sobre seu olho direito.[74]

Na ausência de Scott, Cable encontrou Rachel viva e ainda jovem no final do tempo. A Força Fênix havia a abandonado. Cable trouxe Rachel de volta ao presente com ele. Rachel pediu a Cable para manter seu retorno em segredo, enquanto ela tentava retornar a sua vida.[75]

Jean e quatro outros mutantes foram recrutados por Prosh para uma missão especial para combater o Estranho. Uma parte da missão incluía o envio de suas mentes de volta no tempo para revisitar momentos chaves em seus passados para adquirirem novos conhecimentos. Jean foi forçada a reviver diversos momentos de seu passado, como pilotar o ônibus espacial, estar no casulo, o momento que a Fênix morreu e o encontro com a Morte no pós vida. A Morte reiterou que Jean e a Fênix escolheram uma a outra e disse a Jean que ela ansiou por poder quando ela tocou a Fênix. A Morte explicou que sua fome assustou as forças fundamentais do universo, pois ela era uma mutante humana com potencial ilimitado para crescimento. Um dia, aqueles como ela poderiam crescer para substituir as forças fundamentais do universo.[76] Jean e os outros recrutas impediram o plano de Estranho para tornar-se o único sobrevivente de um novo universo das cinzas do velho universo.[77]

Investigando rumores de que Scott estava vivo, Jean e Cable o encontraram no local de nascimento de Apocalipse em Akkaba, no Egito, lutando para reafirmar sua mente sobre a psique do vilão. Jean exorcizou Apocalipse e Cable quebrou sua essência. Graças ao apoio de sua esposa e família adotiva, Scott foi capaz de desfazer os efeitos devastadores de sua fusão com Apocalipse e se juntar aos X-Men.[78]

Após sofrer uma Mutação Secundária, a telecinese de Jean retornou.[79][80]

Jean Grey (Earth-616) X-Men Vol 2 118 p9 f4 cropped.jpg

A Fênix nos Novos X-Men

Novos X-Men

Após a revelação do Professor X como um mutante para o mundo enquanto estava secretamente sob a influência de Cassandra Nova, sua escola abriu as portas para toda a população mutante. Xavier/Nova deixou a Terra e Jean foi deixada como Diretora da escola.[81]

Scott retornou aos X-Men, mas sua associação com Apocalipse havia lhe dado uma personalidade mais sombria e séria do que nunca. Como resultado, muitos de seus relacionamentos se tornaram tensos, incluindo seu casamento com Jean. Apocalipse o fez questionar não só a sua relação, mas a sua vida como um todo. Jean, confusa pela mudança no relacionamento, confiou em Logan e os dois se beijaram nos bosques fora da escola, mas Logan acabou se afastando, dizendo a Jean que nunca funcionaria entre eles. As novas responsabilidades de Jean, juntamente com os seus crescentes poderes, forçaram ela a dar atenção para outras coisas, fazendo com que Scott se sentisse ignorado e que seu trama de ter sido possuído havia sido banalizado.[82]

Quando os U-Men atacaram a escola, os alunos ajudaram Jean em repelir o ataque, enquanto ela novamente manifestou a ave Fênix. Durante o ousado ataque de Cassandra Nova contra o Império Shi'ar e o subsequente ataque contra o Instituto Xavier, Jean utilizou o Cerebra para estilhaçar a mente do Prof. Charles Xavier em cada mutante na Terra. A armadilha funcionou, pois quando Cassandra ativou o Cerebra, o Prof. Xavier recuperou seu corpo. A Força Fênix então começou a aparecer como uma outra personalidade dentro de Jean, até mesmo tendo uma conversa com o Prof. Xavier sobre o seu papel em eventos que estavam por vir.

O vazio entre Jean e Scott começou a ser preenchido por Emma Frost. O relacionamento deles começou ostensivamente como uma série de sessões de terapia psíquicas, mas Emma aproveitou essa situação para se aproximar de Scott e, sob o pretexto de aconselhá-lo, ela foi capaz de instigar um caso telepático. Quando Jean descobriu o caso,[83] ela forçou Emma a admitir seus verdadeiros sentimentos. Furioso com a si mesmo e com Jean, Scott a confrontou e exigiu que ela lesse sua mente. Jean descobriu que Scott e Emma não se envolveram em qualquer contato físico, mesmo que Emma tenha oferecido. Scott, o qual sentia que não poderia se comunicar com sua esposa irritada e magoada, acabou deixando os X-Men para meditar sobre o que estava acontecendo em sua vida.[84]

Pouco tempo depois, Emma foi baleada enquanto em sua forma de diamante orgânico pela Cuckoo Esme, e despedaçada por toda a cozinha da mansão. Jean, a qual inicialmente era uma suspeita, reparou Emma em um nível molecular, exibindo incrível poder telecinético, após absorver o conhecimento médico do Fera.

O X-Man Xorn acabou se revelando como um traidor, o qual afirmava ser Magneto. Mais tarde foi insinuado que ele a matou sob "ordens" do RNA senciente Sublime. Enganados pelo Magneto impostor, Jean e Wolverine acabaram presos no Asteroide M, à deriva próximo ao Sol. Ao invés de assistir Jean morrer de uma forma lenta e dolorosa, Wolverine tentou matá-la, mas ele acabou despertando a Força Fênix dentro dela. Usando seus poderes incríveis, a Fênix/Jean voltou com Logan para Nova York para enfrentar "Magneto". O último ato de Xorn era matar Jean com um pulso electromagnético. Enquanto ela estava morrendo, Scott pediu desculpas por machucá-la, mas Jean disse a ele que ela entendia e que nunca havia o visto tão vivo, pedindo a ele para seguir em frente.[85]

Arquivo:RIP Jean Grey.jpg

Scott ficou devastado pela morte de Jean. Ele pensou em deixar os X-Men mais uma vez,[86] mas a Jean de um futuro alternativo telepaticamente interveio em uma tentativa de impedir que seu futuro sombrio viesse a acontecer. Ela pediu que Scott continuasse sua vida.

Ciclope e Emma deram inicio a um relacionamento,[4] e juntos, eles reconstruíram o Instituto Xavier como co-diretores.[87] Inicialmente, vários de seus companheiros de equipe não estavam muito felizes com o relacionamento deles, pois sentiam que Ciclope e Emma estavam insultando a memória de Jean e o amor que ela e Scott compartilharam uma vez. Como resultado, Wolverine acabou insultado e enfrentando Scott,[87] o Fera afirmou que já não gostava mais dele[86] e Rachel Summers, em particular, sentiu-se magoada e irritada pela falta de remorso de seu pai pelo caso psíquico que Jean descobriu antes de sua morte e a participação de Emma nisso. Rachel então mudou seu sobrenome para Grey.[88] Os outros X-Men eventualmente vieram a aceitar o relacionamento e Scott e Emma conseguiram se conciliar com Rachel a sua maneira, tais como apresentar Rachel para os outros membros da família de Jean, a família que ela não teve uma chance de conhecer em sua própria linha do tempo.[89]

A Derradeira Canção da Fênix

A Força Fênix foi reconstituída antes do tempo e foi atacada por uma nave de guerra Shi'ar, estilhaçando uma grande quantidade de seu poder através da galáxia. A Força chegou na Terra, indo até o túmulo de Jean ao descobrir que ela estava morta. No entanto, Jean se recusou a ser ressuscitada, já que ela havia acabado de reformar o lado de fora do Quarto Quente Branco e ainda não completo, e lutou contra a Fênix, morrendo novamente. Mas a Fênix a lembrou que anos atrás Jean pediu a sua ajuda quando se desejava salvar Scott, e que desta vez a Fênix necessitava de Scott e pediu a ela que "pegasse sua mão", ressuscitando Jean. No entanto, Jean, tendo sentido a fome sombria da Fênix Negra, apareceu para o Wolverine e mudou seu traje para corresponder a Fênix Negra, uma forma de alertá-lo das intenções sombrias da Fênix, mas a Fênix tomou controle sobre Jean e se tornou realmente a Fênix Negra outra vez, facilmente superando Logan, o qual alertou os X-Men da ressurreição de Jean após ela escapar.

Wolverine encontrou a Jean, possuída pela Fênix Negra, na floresta e eles lutaram, com a Fênix o derrotando, mas não o matando, já que ela estava o usando como isca para Scott e os outros X-Men, mas os Shi'ar ainda estavam em busca dela e tentaram a obliterar com uma poderosas rajada de energia que destruiu parte da floresta, mas a Fênix salvou a si mesma e ao Wolverine, os teletransportando para uma região polar.

As tentativas de Jean para recuperar o controle sobre a Força Fênix foram complicadas pelas intervenções dos X-Men que queriam conter a Força Fênix e Quentin Quire que desejava fazer uso da Força Fênix para ressuscitar Sophie Cuckoo. Os Shi'ar apenas a queriam morta. A Fênix impediu o poder do Cerebra de localizá-la, mas as Cuckoos foram ao menos capazes de encontrar a direção que ela estava indo, onde seu poder perturbou o equilíbrio da natureza, permitindo que Tempestade a localizasse através de suas habilidades naturais.

Wolverine acordou encontrando Jean de volta como sua versão de Fênix "verde-dourada", a qual lhe disse que, embora a Fênix tinha planos diferentes, ela "sempre será Jean. E ela sempre será a Fênix." Ela ainda revelou que, quando ela morreu, ela se espalhou em um trilhão de pedaços como Fênix, a qual começou a se reconstruir fora do Quarto Quente Branco, mas algumas das partes dela ainda estava perdidas no Omniverso e ela precisava "tentar novamente" com outra morte, já que ela estava "fora de equilíbrio". Então Logan a matou, mas a Fênix despertou e curou Jean, tornando-se a Fênix Sombria novamente com controle total. Logan a matou várias vezes, mas a Fênix aparentemente tornou o corpo de Jean realmente imortal, questionado quanto tempo mais ele poderia a matar. No entanto, ela eventualmente morreu e despertou como a Jean novamente, aplaudindo Logan por enfraquecer a Fênix, permitindo que ela reganhasse o controle. Jean então, utilizando uma forma de criocinese, congelou seu próprio corpo sob o gelo grosso para evitar que a Fênix continuasse a usar seu corpo.

Os X-Men encontraram Wolverine e Emma Frost determinou que não havia nenhuma atividade cerebral sob o gelo e que Jean estava morta. Infelizmente, a Fênix deixou o corpo de Jean morrer e começou a absorver as rajadas óticas de Scott, conseguindo formar um novo corpo da Jean. Agora o seu poder era o suficiente para sustentar a forma de Jean sem seu corpo real. Eventualmente, a Fênix disse a Scott que o amava na forma de Jean, mas ela percebe que ele não amava Jean tanto quanto ama Emma Frost e então a tomou como sua hospedeira. Quentin Quire encontrou a Fênix, mas ela o rejeitou e isso levou a Fênix a chegar à conclusão de que o mundo inteiro estava "doente" e planejou queimar o mundo doente, já que que ele "não iria funcionar".

Scott queimou o gelo em que Jean estava congelado e Jean aparentemente ressuscitou a si mesma, declarando: "BASTA!" e derrubou a Fênix. A Fênix perguntou a Jean como ela foi capaz disso sem o seu poder e Jean disse: "Eu sou você, não se lembra?[90] Agora saia desse corpo estúpido." Mas a Fênix se recusou, dizendo que era o único organismo que Scott amou, assim Jean a expulsou a força do corpo de Emma.

Arquivo:X-Men - Phoenix Endsong 005-012.jpg
Arquivo:X-Men - Phoenix Endsong 005-014.jpg

Jean falou com a Fênix, a acalmando e dizendo a ela que o motivo de ela estar confusa era porque ela estava incompleta e que ela iria compreender uma vez que tivesse se tornado completa no Quarto Quente Branco, revelando que a "fome" que a Fênix estava sentindo era devido ao anseio de Jean para estar com Scott e de se sentir amada novamente, e como a Fênix era o espírito de Jean praticamente manifestado, ela procurou saciar esse desejo. Infelizmente, a Fênix chegou à conclusão de que precisava de Jean novamente e as duas se fundiram outra vez, com sua fome as transformando na Fênix Negra novamente. Jean chorou, profetizando um futuro interminável onde ela iria queimar o mundo várias vezes, matando bilhões como ela fez em D'Bari, pois o propósito deles não foi cumprido.

Arquivo:X-Men - Phoenix Endsong 005-017.jpg

Pensando rápido, Scott chamou a atenção dela e disse a Emma seu plano: Emma, através das Irmãs Cuckoos, conectaria todos os X-Men e qualquer um que já houvesse amado Jean telepaticamente, transferindo suas emoções para ela e a Fênix estava finalmente satisfeita com isso, a restaurando à sanidade através do apoio emocional de seus amigos e familiares, telepaticamente transportados para Jean. No entanto, em sua tentativa de eliminar a Fênix, a nave de guerra Shi'ar gerou uma singularidade acima do Pólo Norte (um buraco de minhoca em miniatura), cujo poder aniquilou todos lá, justo quando Jean se tornou a Fênix Branca da Coroa. Jean reverteu os danos e salvou os X-Men através de seus poderes de alteração de realidade. Ficando a sós com Ciclope em um estado psíquico de limbo, Scott deu a ela conselhos, dizendo que ela foi e sempre será Jean Grey "não importa o que o cosmos lhe diga".

Arquivo:X-Men - Phoenix Endsong 005-020.jpg

Jean retornou ao Quarto Quente Branco para começar a tarefa de encontrar os fragmentos perdidos da Força Fênix que ainda estavam espalhados pelo omniverso.[90] Quando ela estava recolhendo os fragmentos perdidos da Força Fênix, ela mais tarde forçosamente levou alguns deles que estavam com Rachel Summers e as Irmãs Cuckoos após os acontecimentos da Canção de Guerra da Fênix, quando elas empunharam os poderes da Fênix. O Fera afirmou que os fragmentos estavam presos na singularidade e não havia como escapar, portanto eles deveriam ter morrido. Por causa disso, Jean foi dada como morta por Ciclope e todos na Terra, mas isso foi demonstrado várias vezes como não sendo verdade.[91]

Irmandade de Mutantes

Emma Frost (Earth-616) from Uncanny X-Men Vol 1 510 page --.jpg

Jean salva Emma novamente

Madelyne Pryor retornou e formou uma equipe de mulheres mutantes do mal. Ela pegou um pedaço do cabelo de Jean que Wolverine havia guardado e o usou para procurar o corpo de Jean para que ela pudesse habitá-lo como seu hospedeiro. Durante esse tempo, Madelyne prendeu Emma Frost em uma estática psíquica, o que fez com que seus pensamentos ficassem incontroláveis. Emma foi então libertada da prisão mental por uma mulher nua em um quarto branco (possivelmente o Quarto Quente Branco) que se assemelhava bastante a Jean Grey, a qual usou o que parecia ser uma Fênix para libertar Emma, dizendo a ela para "se preparar". O plano de Madelyne falhou quando foi revelado que Ciclope - com a ajuda de Dominó - havia colocado o corpo de outra pessoa no túmulo de Jean Grey, e isso de alguma forma fez com que Madelyne se desintegrasse, a matando novamente.

Vingadores vs. X-Men

Curiosamente, Jean apareceu mais uma vez para Scott durante os eventos de Vingadores vs X-Men, o convencendo a se livrar da Força Fênix, sugerindo que Jean pode ainda existir no Quarto Quente Branco ou (possivelmente) em outro lugar.[92]

Tabela de Poder [133]
Inteligência
 3
Força
 2
Velocidade*
 3
Resistência*
 2
Projeção de Energia*
Habilidades de Luta
* * Classificação aumentada quando usando a Força Fênix.

Poderes

Jean Grey foi indicado como sendo um Mutante Nível Ômega.[76][80][93][94] Por nascimento, Jean é uma das mais poderosas telepatas,[95][96][97] telecinéticas[80] e psíquicas.[98] Ela é também está ligada à Força Fênix, e enquanto serve como seu avatar, ela é uma das Entidades Cósmicas mais poderosas no universo da Terra-616. Ela também era considerada como sendo uma "Mutante Psíquica-Alfa",[99] uma Telepata Nível Alfa[97] e uma Mutante Nível Alfa.[100][71] Enquanto ela era a Fênix Negra, foi afirmado que ela era uma ameaça global e que estava manifestando poderes de níveis cósmicos. De acordo com Prosh, seu Registro Comparativo de Poder Mutagênico era de 8.9.[101]

Inicialmente, os poderes de Jean eram restritos a simples telecinese, e até mesmo levantar seu próprio peso rapidamente cansava ela. Com treinamento, sua telecinese melhorou, mas não foi até ser liberada da câmara de estase que foi colocada pela Força Phoenix que sua telecinese realmente começou a se tornar poderosa.

A telepatia de Jean foi suprimida quando jovem por Charles Xavier depois que ela se conectou com sua amiga que estava morrendo, Annie Richardson. Mais tarde, Xavier liberou esses bloqueios mentais para Jean, a qual estava mais matura.[102][103] Ela voltou a perder a telepatia após ser liberada do ovo da Fênix, apenas para recuperá-la após enfrentar Psynapse com a X-Factor.

No entanto, ao acessar a Força Fênix, a empatia, telepatia e telecinese de Jean foram consideravelmente ampliadas e aumentas a um nível incrível. Além disso, a Força Fênix lhe permite viajar sem ajuda no vácuo do espaço e cruzar distâncias interestelares mais rápido do que a velocidade da luz. A Força Fênix também permite que ela manifeste chamas enquanto estiver usando seus poderes, muitas vezes sob a forma de uma ave.

  • Empatia: Em muitas ocasiões, Jean demonstrou ter poderes empáticos incrivelmente poderosos que lhe permitem controlar, manipular e alterar empaticamente os sentimentos, sensações e emoções dos outros. É por causa de suas habilidades empáticas que a todo-poderosa Força Fênix a escolheu como seu hospedeiro humano legítimo. Em outras versões, ela não demonstrou possuir quaisquer tipos de habilidades de empatia, com exceção de telecinese e telepatia.[104]
  • Telepatia:[105] Jean é capaz de ler pensamentos, projetar e transmitir seus próprios pensamentos, bem como afetar as mentes dos seres humanos e animais com inteligência superior (como golfinhos, corvos ou cães). O alcance em que ela pode utilizar sua habilidade é muito maior quando ela possui acesso à Força Fênix. Após absorver a telepatia especializada de Psylocke, a própria habilidade e poder telepático de Jean foram aprimorados para um nível em que ela poderia criar aves de fogo psíquicas capazes de infligir dano físico e mental. No entanto, esta telepatia reforçada veio à custa temporária de sua telecinese. Ela demonstrou os seguintes usos:
    • Defesa Telepática: Ela pode manifestar sua telepatia de várias formas defensivas.
    • Manto Telepático: Ela pode mascarar a sua presença e o uso de suas habilidades de serem detectados por outros psíquicos e entidades psíquicas. Ela pode estender essas defesas para os outros ao seu redor também. Se mascarar através de telepatia não é perfeito e psíquicos poderosos podem notar e "ver" através dessa habilidade.
    • Manto Mental: A habilidade de rearranjar os “engramas mentais” de mutantes, assim seus distintos padrões de pensamento mutantes não pode ser detectados por dispositivos similares ao Cérebro ou por outros telepatas.
    • Escudo Psíquico: A habilidade de erguer um escudo psíquico para proteger a sua mente e a de outros.
    • Ilusões Telepáticas: Ela pode criar ilusões telepáticas realistas e faz pessoas passarem por eventos que não estão realmente ocorrendo.[106]
    • Camuflagem Telepática: Ela pode alterar a aparência física de si mesma e de outras pessoas, alterando as percepções das pessoas ao seu redor. Isto pode ir tão longe a ponto de fazer as outras pessoas acreditarem que as pessoas camufladas não estão lá (invisíveis). Um limite, se houver, só é imposto pelo número de pessoas que ela está tentando enganar, não pelo número de pessoas que ela está camuflando.[107][108]
    • Manipulação Telepática: Ela pode manipular a mente de outras pessoas facilmente, alcançando uma variedade de efeitos.
    • Alteração de Memória: Ela pode apagar, implantar, restaurar ou alterar a memória de outros.[109]
    • Controle de Mente: Ela pode controlar os pensamentos e ações dos outros.[110]
    • Possessão Mental: Ela pode possuir a mente dos outros e usar os corpos deles como se fosse seu próprio corpo.[111]
    • Alteração de Personalidade: Ela pode alterar a mente dos outros por pura força de vontade, assim mudando parcialmente ou completamente a personalidades deles para sempre.[112]
    • Paralisia Mental: Ela pode induzir paralisia mental ou física temporária.[112][113]
    • Amnésia Mental: Ela pode apagar quaisquer memórias em particular ou causar total amnésia.[112][109]
    • Transferência Mental: Ela pode transferir sua mente e poderes para outros corpos hospedeiros se o seu próprio corpo físico for de alguma forma morto.[45][46]
    • Cura de Traume: A habilidade de apagar as memórias de uma pessoa e curar um trauma mental através de "cirurgia psíquica", o poder de estimular ou enfraquecer os centros de dor e prazer no cérebro das pessoas.[74]
    • Sedativo Mental: Ela pode "sedar" telepaticamente suas vítimas de modo que, se elas já estiverem inconscientes, elas permanecerão assim pelo tempo que ela ocntinuar as "sedando".
    • Empurrão Neural: Ela pode aumentar a velocidade dos sinais neurais no cérebro, ela pode também aumentar os poderes de outros mutantes para níveis incríveis, mas o efeito é apenas temporário.[114]
    • Inibidores Psíquicos: A habilidade de colocar “inibidores psíquicos” nas mentes de adversários mutantes, impedindo eles de usar seus poderes.[113][115]
    • Conexão Mental: A habilidade de desenvolver uma conexão mental com qualquer pessoas.
    • Rajada Psíquica: Ela pode projetar rajadas de força psíquica que não têm efeitos físicos, mas que podem afetar a mente da vítima de modo a causar dor, a deixar inconsciente ou deixar alguém com morte cerebral.
    • Projeção Astral: Ela pode projetar a forma astral de seu corpo no Plano Astral ou no plano físico. No plano físico ela pode viajar na forma astral através de grandes distâncias. No plano astral, ela pode criar mentalmente objetos psíquicos e manipular os aspectos do ambiente a sua volta. Ela pode se comunicar com os outros seres astrais ou com outros seres através do contato com seus pensamentos e memórias.[116][117]
    • Detecção Mental: Ela pode sentir a presença de outros mutantes dentro de um pequeno, mas ainda não definido, raio de si mesma, percebendo as radiações mentais distintas emitidas por tais seres.[81]
New X-Men Vol 1 120 Textless.jpg

A Fênix telecineticamente controlando cacos de vidro

  • Telecinese: Projeção de energia psicocinética permite a ela levitar, empurrar ou manipular objetos como desejar, erguer e mover a si mesma através do ar para simular voo, estimular moléculas individuais para criar calor, gerar força de concussão como rajadas ou explosões, e criar escudos de proteção. Enquanto ela tem acesso à Força Fênix, Jean é capaz de manipular a matéria e energia em uma escala sub-atômica usando sua telecinese. Ela pode até mesmo mudar suas roupas Fênix no estilo que desejar e levantar vários objetos pesados ao mesmo tempo sem ter quaisquer dificuldades.
    • Ave de Fogo Psíquica: Ela pode manifestar sua telecinese como uma ave de fogo psíquica, cujas garras podem infligir danos físicos e mentais.[118][119]
    • Campo de Força: Ela pode criar um campo telecinético para proteger a si mesma e seus companheiros ou usá-lo para erguer vários objetos pesados.
    • Transmutação de Matéria: Ela pode manipular e transmutar a matéria em um nível sub-atômico (por exemplo, transformar madeira em outro, pedra em cristal, fazer com que corpos físicos se desintegrem por alterar sua estrutura molecular, etc).[120]

Como Avatar da Força Fênix

Arquivo:Goddess Phoenix I.jpg

Como o favorito e verdadeiro avatar da poderosa Força Fênix, Jean pode aumentar consideravelmente seus poderes por utilizar as energias vitais daqueles que ainda não nasceram.Excalibur #25[121] A Força Fênix também permite que seus avatares manifestem poderes adicionais, especialmente Jean, já que ela é o "avatar, lar e a própria Fênix". Jean Grey é o mais forte e completo avatar da Força Fênix e, como tal, ela é até mesmo capaz de arrancá-la à força de outros hospedeiros e forçar ela a se fundir consigo.[122] Juntas elas se tornaram a Fênix Branca da Coroa.

  • Viajem Interstelar: Uma avatar da Força Fênix pode voar sem ajuda através do vácuo do espaço e pode viajar distâncias interestelares mais rápido do que a velocidade da luz.
  • Pirocinese Cósmica: Jean, enquanto agindo como avatar da Força Fênix, pode criar chamas "cósmicas" sob quaisquer condições, mesma nas mais impossíveis, como o vácuo do espaço ou embaixo da água. Estas chamas não necessitam de oxigênio para queimar e queimam tão intensamente que a matéria é consumida sem subprodutos, tais como cinzas. Jean possui perfeito controle sobre essas chamas e elas só consomem o que ela desejar. Normalmente elas se manifestam como uma ave de rapina ou parte de um rapina, tais como uma garra ou asas, no caso de um avatar. Não está claro se essas chamas são uma extensão de sua poderosa telecinese ou uma propriedade geral da Força Fênix, ou que seja possível para ela criar suas incrivelmente poderosas chamas "cósmicas" pela combinação de seus poderes telecinéticos aprimorados e da Força Fênix, como resultado de seu status como a verdadeira Fênix. Certamente é verdade que as chamas cósmicas são uma representação literal do propósito da Fênix de "queimar o que não funciona."
  • Teletransporte Cósmico: Ela pode teletransportar a si mesma e a outros através de grandes distâncias, como para outro planeta ou galáxia, e pode teletransportar o próprio vácuo do espaço[20] ou até mesmo uma linha do tempo inteira.[4]
  • Rajadas de Força Concussiva: Ela pode usar e energia da Fênix para projetar múltiplas formas de energia e as usar para projetar rajadas e feixes de imensa força concussiva, poderosas o suficiente para destruir corpos planetários inteiros.[120]
  • Sensibilidade Telecinética: Isso permite que ela sinta a textura dos objetos que ela segura com sua telecinese e quando outros objetos entrem em quanto com ele, além de poder o examinar em um nível molecular para identificar se contém algum material alienígena ou sentir quando dois objetos que ela segura com sua telecinese são compostos similarmente.[80][123]
Arquivo:Jean Grey & Emma Frost XM v2 141 p17 f4.jpg
  • Absorção de Energia: Ela pode absorver, manipular e controlar diretamente qualquer tipo de energia, como as rajadas óticas de Ciclope ou toda a energia de uma estrela, um buraco negro, uma galáxia inteira ou até mesmo a própria energia vital.[124] Jean, sendo a "Verdadeira Fênix", mostrou-se capaz de ativar e desativar as mutações de outros com apenas o uso de suas habilidades psíquicas.[90]
  • Ressurreição: A Força Fênix pode ressuscitar os outros após terem morrido.[125] Não se sabe se fatores como o tempo desde a morte tem um efeito sobre a sua habilidade de ressuscitar uma pessoa, nem está claro como a Fênix chama de volta a alma de uma pessoa ao seu corpo.[6][85][126][4][127][94][90]
  • Imortalidade: Jean e a Força Fênix são a mesma entidade em certo nível, e como tal Jean nunca pode realmente morrer. Após a morte de sua forma corpórea, Jean passou um tempo no Quarto Quente Branco fazendo o "trabalho da Fênix". A Força Fênix também pode restaurar o corpo de Jean à vida, embora pareça haver certa limitação desconhecida para o quão rápido ela pode fazer após sua morte.
White Phoenix Of The Crown Power.jpg

O Poder da Coroa

  • Manipulação Temporal: Enquanto age como a Força Fênix, Jean pode manipular o passado através de grandes distâncias temporais com um profundo conhecimento do efeito causal que suas ações terão e ver através do presente e do futuro. Pode ser o caso que o tempo como um conceito não se aplica ao Quarto Quente Branco.[4]
  • Domínio Sobre a Existência: Como Jean Grey é a Fênix por inteiro ela é capaz de possuir total controle sobre toda a existência. Ela pode alterar a realidade, trazer qualquer coisa para a existência, manipular livremente todas as coisas existentes e devolvê-las ao nada quando o seu propósito termina. É possível que ela possa ter criado e dado à luz com o uso de uma parcela da Fênix Esperança Summers. Embora a própria Jean não tenha dado à luz, mas possa ter dado parte dela no minuto em que Esperança nasceu para que ela pudesse salvar a raça mutante. Outros indícios seriam a sua aparência (Hope possui os olhos verdes e o cabelo ruivo de Jean e se assemelha a ela também como sendo o único outro avatar a se transformar em uma Fênix Branca) e que ela seja a Fênix.

Habilidades

A Fênix se destaca em combate astral. Ela manteve uma ligação psíquica com Cilope por vários anos. Ela possuía as memórias das duplicatas de Fênix dela, como as de Madelyne Pryor-Summers, o clone dela, e portanto é uma excelente piloto. Jean demonstrou certa habilidade combate corpo-a-corpo, embora a extensão desta habilidade é desconhecida, já que ela prefere utilizar sua telecinese e telepatia durante a batalha. Ela fez o ensino superior no Metro College.

Nível de Força

Jean possui a força humana normal de uma mulher de sua idade, altura e físico que prática exercício moderado regularmente. No entanto, algumas encarnações da Fênix, incluindo ao menos a primeira aparição da Fênix Negra no Clube do Inferno, possuía super-força o suficiente para erguer mais de 100 toneladas fisicamente.

Jean demonstrou o limite de sua força cinética ao segurar vários componentes (os escombros espalhados de um escola de Genosha), os quais, de acordo com Hank McCoy, pesavam cerca de 50 toneladas.[128] A partir disso, pode ser teorizado que o peso máximo que a telecinese de Jean aguenta sem o uso da Força Fênix é de 50 toneladas, embora ela pode erguer Avalon. Ela também pode parar um avião no ar e o erguer, enquanto sentia a dor de Cable com sua telepatia.




Transporte

Anteriormente Pássaro Negro dos X-Men, Stratojet dos X-Men, X-Cóptero, Rolls Royce do Professor Xavier, Transporte Aéreo Sentinela, Avião do X-Factor, e várias aeronaves construídas pela Nave. Ela também é capaz de voar com sua telecinese.

  • Após o Dia M,quando a maioria dos mutantes perdeu seus poderes e mais nenhum nascimento mutante parecia possível, uma criança mutante nasceu em Cooperstown, Alaska, temporariamente danificando o Cerebra quando ele detectou a criança. Ela possuía uma semelhança com Jean e quando Ciclop a segurou antes de entregá-la para Cable, o bebê agarrou um medalhão que Ciclope estava usando, o qual continha uma foto dele e Jean, sugerindo uma relação entre os dois.
  • Recentemente, os poderes da Fênix de Rachel e Korvus' desapareceram. Além disso, enquanto estava presa em uma ilusão mental da Lady Mental, Emma se encontrou com Jean em sua imagem mental, a qual a libertou, permitindo que ela contra-atacasse. Durante o ataque da Irmandade de Mutantes, Madelyne Pryor tomou uma pequena mecha de cabelo de Jean que o Logan tinha guardado.
  • Em Invasão Secreta #4, a Fênix apareceu em seu traje verde entre vários heróis resgatados de uma nave Skrull derrubada. Parecia que eles vieram da década de 1970. A Fênix e o Fera da nave Skrull foram mortos e reverteram para suas formas Skrull no momento da morte.
  • Devido a uma versão sua do passado ter sido trazida para a linha do tempo atual, os poderes telepáticos de Jean floresceram um ano antes do suposto. Ainda não foi revelado se isso vai afetar a linha do tempo original, embora provavelmente não irá, caso o Professor X apague esses eventos de sua mente quando ela voltar ao seu próprio tempo.
  • Tempestade é a melhor amiga de Jean.[129]
  • A semelhança de Jean com Rose pode ter afetado a atração do Wolverine por ela.[130]
Jean Grey Phoenix statue 3.jpg
  • Contra os ideais dos X-Men, a Fênix matou inimigos antes: Prisma e MeMe, embora a destruição do Prisma tenha sido acidental.[131][132]
  • Jean foi mostrada usando óculos no passado.

Explore e Discuta

Notas de Rodapé

  1. De X-Men #1 até X-Men #66 & de X-Factor #1 até X-Factor #70
  2. Aventuras de Ciclope e Fênix #2
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 X-Men: Complexo de Messias - Arquivos Mutante #1
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 4,4 Novos X-Men #154
  5. Aventuras Bizarras #27
  6. 6,0 6,1 Novos X-Men #148
  7. Fabulosos X-Men #273
  8. Classic X-Men #42
  9. Bizarre Adventures #27
  10. X-Men #1
  11. Scott já havia revelado que estava apaixonado por Jean em X-Men #3. Existe certa confusão sobre exatamente quando eles começaram a sair pois aconteceu fora de cena.X-Men #138 coloca durante ou imediatamente após X-Men #32, mas o melodrama sobre sentimentos não revelados continuou até X-Men #46, e eles apareceram pela primeira vez como um casal em X-Men #48.
  12. X-Men #41
  13. X-Men #48
  14. X-Men: Anos Incríveis #8-9
  15. Giant-Size X-Men #1
  16. X-Men #94
  17. X-Men #98-100
  18. X-Men #101
  19. 19,0 19,1 Quarteto Fantástico #286
  20. 20,0 20,1 Classic X-Men #8
  21. e se disfarçou como Jean Grey durante X-Men #101-137
  22. Essa é na verdade uma mudança da história original de Claremont e Byrne. Planejando que ela perdesse seus poderes ao fim de X-Men #136, John Byrne e Chris Claremont foram rejeitados pelo editor-chefe Jim Shooter, o qual não estava confortável com a ideia de um "assassino em massa" escapar sem ser punido por seus crimes. Assim a Fênix recuperou seus poderes em X-Men #137 apenas para se sacrificar.
  23. As histórias da Fênix e Fênix Negra foram repetidamente recontadas. Na história original, é Jean que se torna a Fênix, sendo corrompida na Fênix Negra, e se sacrifica na lua - escolhendo morrer como humana, em vez de viver como uma deusa. Embora o original seja melhor *como uma história*, o envolvimento de Jean teve que ser recontado a fim de trazer Jean de volta a vida (para X-Factor #1), pois Jim Shooter havia declarado que ninguém poderia trazê-la de volta a menos que tirasse a sua culpa nos crimes cometidos pela Fênix Negra.
  24. Classic X-Men #43
  25. Vingadores #263
  26. 26,0 26,1 X-Factor #1
  27. X-Factor #7
  28. X-Factor #15
  29. X-Factor #18
  30. X-Factor #25
  31. X-Factor #27
  32. X-Factor #35
  33. Fabulosos X-Men #239
  34. Fabulosos X-Men #243
  35. X-Factor #36
  36. X-Factor #39
  37. X-Factor #38
  38. X-Factor #40
  39. X-Factor #53
  40. X-Factor #68
  41. X-Factor #65
  42. Fabulosos X-Men #278#280
  43. X-Factor #69
  44. X-Men Vol 2 #1
  45. 45,0 45,1 Fabulosos X-Men #281
  46. 46,0 46,1 Fabulosos X-Men #282
  47. Fabulosos X-Men #294
  48. X-Men Vol 2 #14
  49. X-Force #18
  50. X-Men Vol 2 #20
  51. Cable #6
  52. Cable #8
  53. Fabulosos X-Men #308
  54. X-Men Vol 2 #30
  55. Excalibur #75
  56. 56,0 56,1 Fabulosos X-Men #318
  57. X-Men Prime #1
  58. X-Men Vol 2 #38
  59. X-Men Vol 2 #39
  60. 60,0 60,1 X-Men Vol 2 #53
  61. Massacre X-Men #1
  62. X-Men Vol 2 #57
  63. X-Men Vol 2 #65
  64. Wolverine Vol 2 #115
  65. X-Men Vol 2 #70
  66. X-Men Vol 2 #71
  67. Fabulosos X-Men #352
  68. Fabulosos X-Men #356
  69. Fabulosos X-Men #375
  70. Fabulosos X-Men #377
  71. 71,0 71,1 X-Men Vol 2 #97
  72. Fabulosos X-Men #378
  73. Cable #85
  74. 74,0 74,1 Fabulosos X-Men #381
  75. Cable #86
  76. 76,0 76,1 X-Men Eternamente #3
  77. X-Men Eternamente #6
  78. X-Men: A Busca Por Ciclope #1-4
  79. Novos X-Men #114
  80. 80,0 80,1 80,2 80,3 Novos X-Men #128
  81. 81,0 81,1 Novos X-Men #117
  82. Novos X-Men #122
  83. Novos X-Men #38
  84. Novos X-Men #139
  85. 85,0 85,1 Novos X-Men #150
  86. 86,0 86,1 Novos X-Men #155
  87. 87,0 87,1 Surpreendentes X-Men Vol 3 #1
  88. Fabulosos X-Men #445
  89. X-Men Vol 2 #165
  90. 90,0 90,1 90,2 90,3 X-Men A Derradeira Canção da Fênix #5
  91. Fabulosos X-Men #510
  92. Vingadores vs. X-Men #12
  93. Novos X-Men #134
  94. 94,0 94,1 X-Men A Derradeira Canção da Fênix #3
  95. Surpreendente X-Men Vol 2 #3
  96. Fabulosos X-Men #337
  97. 97,0 97,1 X-Men Anual Vol 2 #1997
  98. X-Force #55
  99. X-Man #46
  100. X-Men Vol 2 #94
  101. X-Men Eternamente #1
  102. Implícito em X-Men #41
  103. X-Men #43
  104. X-Men Origens: Jean Grey #1
  105. Começa em X-Men #41
  106. Fabulosos X-Men #383
  107. Fabulosos X-Men #333
  108. X-Men #104
  109. 109,0 109,1 Novos X-Men #123
  110. X-Men #113
  111. Novos X-Men #124
  112. 112,0 112,1 112,2 Fabulosos X-Men #392
  113. 113,0 113,1 X-Men: A Busca Por Ciclope #4
  114. X-Men: Sol Negro #5
  115. X-Men Sem Limites #27
  116. X-Men #53
  117. Fabulosos X-Men #384
  118. Marvel Comics Presents #15
  119. Fabulosos X-Men #382-383
  120. 120,0 120,1 X-Men #129
  121. Excalibur #61
  122. Força Fênix (Terra-616)#A Derradeira Canção e a Canção de Guerra
  123. Novos X-Men #133
  124. X-Men A Derradeira Canção da Fênix #2
  125. Novos X-Men #141
  126. Novos X-Men #152
  127. X-Men A Derradeira Canção da Fênix #1
  128. Novos X-Men #116
  129. Clássicos X-Men #2
  130. Wolverine Vol 2 #176
  131. X-Factor #11
  132. Fabulosos X-Men #292
  133. X-Men: Phoenix Force Handbook #1
Predefinição:X-Men

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória