Fandom

Marvel Wiki

Steven Rogers (Terra-616)

Redirecionado de Capitão América (Steven Rogers)

3 349 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Comentários2 Compartilhar





Quote1.png Todos nós devemos viver no mundo real... e, as vezes, esse mundo pode ser bastante cruel. Mas é o Sonho [americano]... a esperança... que faz com que a realidade valha a pena viver. No início da década de 1940, eu fiz um compromisso pessoal para defender o Sonho... E enquanto o sonho permanecer ainda que parcialmente incompleto, eu não posso abandoná-lo! Quote2.png
-- Capitão América src 
Steven Rogers (Earth-616), Sarah Rogers (Earth-616) and Joseph Rogers (Earth-616) from New Avengers Vol 1 40 0001.jpg

Steve Rogers em sua infância

Infância

Steve Rogers nasceu em 04 de Julho de 1920, para o casal pobre de imigrantes irlandeses, Sarah e Joseph Rogers.[17] Rogers cresceu como um garoto fraco durante a Grande Depressão na América. Pouco se sabe sobre a infância de Rogers, além do fato de que ele tinha um forte senso de dever, honra e humildade, talvez devido à sua educação Católica Irlandesa. O pai de Rogers morreu quando ele era criança e sua mãe morreu de pneumonia mais tarde, quando ele estava em sua adolescência.[18][19]

Tornando-se o Super-Soldado Americano

Horrorizado com as filmagens dos Nazistas saqueando a Europa e com as atrocidades na Ásia que o Império do Japão cometeu na China e Coreia, Rogers tentou se alistar no Exército, mas foi rejeitado como 4-F por causa de sua fragilidade e doença. Ao ouvir os apelos honestos do garoto para lutar por seu país, o General Chester Phillips, do Exército dos Estados Unidos, ofereceu a Rogers a oportunidade de participar de um experimento ultra secreto para aprimorar o desempenho chamado Operação Renascimento.[20]

Rogers concordou e foi levado para um laboratório secreto em Washington, DC, onde ele foi apresentado ao Doutor Abraham Erskine (codinome Professor Joseph Reinstein), o criador do Soro do Super-Soldado.[21]

Captian America Comics Vol 1 1 page -- Steven Rogers (Earth-616).png

O Capitão América após a transformação.

Após semanas de testes, foi finalmente aplicado o Soro do Super-Soldado em Rogers. Dando parte do composto por via intravenosa e outra parte por via oral, Rogers foi então bombardeado por Raios-Vita, uma combinação especial de exóticos (em 1941) comprimentos de onda de radiação destinadas a acelerar e estabilizar o efeito do soro em seu corpo. Steve Rogers emergiu da câmara de raios-vita com um corpo humano perfeito. Um espião nazista, que observou o experimento, assassinou o Dr. Erskine poucos minutos após a sua conclusão. O Dr. Erskine morreu sem transcrever completamente a fórmula do Super-Soldado para o papel, deixando Rogers o único beneficiário de seu gênio.

Rogers foi então submetido a um programa intensivo de treinamento físico e tático que lhe ensinou ginástica, combate corpo-a-corpo com o coronel Rex Applegate e William Essart Fairbairn, e estratégia militar. Três meses mais tarde, ele recebeu sua primeira missão: impedir o agente nazista chamado de Caveira Vermelha. Para ajudá-lo a tornar-se uma contraparte simbólica para o Caveira Vermelha, Rogers recebeu o traje vermelho, branco e azul do Capitão América.[22] Rogers também recebeu a identidade secreta de um desajeitado da infantaria privada no Campo Lehigh.

Adventures of Captain America Vol 1 1.jpg

Steven Rogers em seu uniforme original da Segunda Guerra Mundial com um coldre para arma.

Depois de se tornar o Capitão América, Rogers foi posteriormente submetido a um programa experimental de condicionamento de mente, o qual condicionou sua mente para aceitar informações falsas na chance de ele ser capturado pelo inimigo e forçado a revelar informações confidenciais. Como parte do condicionamento, Rogers acreditava que seu verdadeiro nome era Grant Rogers, que ele possuía um irmão, e que, devido a seus pais sendo diplomatas, ele teve uma informal nomeação de classe alta para o Exército e a posição de Capitão América. Somente muito mais tarde em sua vida que Rogers se lembraria do condicionamento e de sua verdadeira história.[23]

Rogers originalmente recebeu um tradicional escudo em forma de "pipa" feito de aço comum, bem como uma arma. O capacete original do Capitão serviu como uma máscara e era separado do resto de seu traje. Isto provou ser um problema, já que em uma de suas primeiras missões, ele foi quase derrubado de seu rosto, quase revelando sua identidade para um repórter de jornal com uma câmera.[24] Adicionando um capuz protetor em seu traje, ao em vez de sua máscara separada, resolveu este problema e proporcionou a Rogers mais proteção. O Presidente F.D. Roosevelt mais tarde presenteou Rogers com seu lendário escudo em forma de disco. Descobrindo que suas excelentes propriedades aerodinâmicas o tornavam uma eficaz arma ofensiva, Rogers abandonou sua arma.

Servindo na Segunda Guerra Mundial

Artigo Principal: Segunda Guerra Mundial
Arquivo:Invaders cassidy.jpg

Durante a guerra, o Capitão serviu como um símbolo de liberdade e o agente especial mais eficaz da América. Além de trabalhar com o seu jovem companheiro Bucky, o Capitão lutou regularmente ao lado de outros aliados super-poderosos, como Namor, o Submarino, e o androide Tocha Humana, os quais eram o núcleo da super equipe da Segunda Guerra Mundial conhecida como os Invasores - um nome sugerido pelo primeiro ministro Inglês Winston Churchill.[25] Rogers, por vezes, entraa em contato com um paramilitar Canadense chamado Jim Howlett, o homem que viria a ser conhecido como Wolverine.

Rogers enfrentou Alemães fascistas e Japoneses imperialistas. Entre seus inimigos e aventuras ele enfrentou George Maxon, o qual era um impostor do Caveira Vermelha, o Morte Branca, o Legião dos Mendigos Profanos, o Dragão da Morte, o Ceifador, o Homem-Sapo, o Garra Negra, Stryker, Doutor Crime, Mock Mikado, Grande Mestre e o Super-Eixo, Togaro, Profeta do Ódio, Agente Eixo, o Tubarão, o Hiena, N2 e Senhor Sinistro, Dr. Togu, Doutor Destino, Homem-Tartaruga, Jack, o Estripador e Terdu, Dormammu, a Hidra, o Tentáculo, o Grande Mestre, o Mestre do Picadeiro, Barão Zemo, o Coronel Von Wagner, Fang (o qual mais tarde morreu em Hiroshima e assim tornou-se um com o Everwraith) e o Borboleta. Ele também impediu o assassinato do Presidente F.D. Roosevelt por um grupo chamado os Defensores, participou da Batalha das Ardenas e do Dia D, impediu os sabotadores (início de Março de 1941), encontrou Wakandianos, salvou o Presidente Roosevelt de Namor, encontrou Nikola Tesla, salvou um cientista do Projeto Manhattan do Caveira Vermelha com a ajuda do Comando Selvagem, impediu (com a ajuda do Comando Selvagem) o plano do Caveira Vermelha de enviar um autômato de cem anos projetado pelo Doutor Destino que viajou no tempo, enfrentou o Caveira Vermelha em um dispositivo flutuador, lutou junto com seus aliados contra os Cruzados, lutou ao lado da Resistência Francesa e Peggy Carter (uma americana que havia se apaixonado pelo Capitão América), quase matou acidentalmente um órfão de guerra e salvou Michael Kramer do Caveira Vermelha. Em abril de 1945, Rogers invadiu o bunker do Caveira Vermelha, com o Guardião Vermelho, o Patriota e o Independente, em sua última batalha na Segunda Guerra Mundial com o Caveira Vermelha.

Por um tempo, o Bucky da Segunda Guerra Mundial lutou ao lado do Capitão América da era moderna, o qual foi deslocado no tempo, até que os Vingadores recuperaram seu colega de volta para os dias atuais.

Animação Suspensa

Durante os últimos dias da guerra, provavelmente em ou antes de 18 de Abril de 1945,[26] O Capitão América e Bucky estavam tentando impedir um avião carregado de bombas, lançado pelo Barão Zemo, quando o avião explodiu, aparentemente matando seu parceiro Bucky e jogando Rogers nas águas geladas do Ártico do Canal da Mancha. A Fórmula do Super-Soldado impediu a cristalização dos fluidos corporais de Rogers, permitindo que ele entrasse em um estado de Animação Suspensa. Apesar de Rogers e Bucky terem aparentemente morrido, a guerra ainda se alastrou e o presidente e governo norte-americano escolheram diferentes voluntários, tais como William Naslund, Jeffrey Mace e outro Steve Rogers, ao longo dos anos, para manter o moral viva, até mesmo após a Segunda Guerra Mundial ter terminado.

Vingadores

Arquivo:Avengers Assemble.jpg

Décadas mais tarde, o companheiro de guerra de Rogers, Namor, tropeçou em sua forma ainda congelada, a qual estava sendo adorada por uma remota tribo Inuit. Enfurecido, Namor jogou o bloco de gelo no oceano. Enquanto enfrentavam Namor, os recém-formados Vingadores descobriram o corpo em descongelamento de Rogers e logo reviveram o lendário herói.[27]

Rogers se juntou as suas fileiras como o primeiro recruta, desde a sua formação, e foi dado status retroativo de "membro fundador" no lugar do Hulk. Com suas habilidades sobre-humanas, treinamento extensivo, experiência em combate, combinado com o seu impressionante físico, confiança e vontade, Rogers foi um excelente complemento para a equipe. Como um líder nato, Rogers viria a ser visto como o coração e alma da equipe e suas ordens, enquanto no campo, foram frequentemente seguidas, independentemente de quem fosse o líder da equipe na época. Rogers iria ensinar o trabalho em equipe, táticas e combate corpo-a-corpo para muitos dos Vingadores ao longo dos próximos anos.

Vendo que o associado dos Vingadores Rick Jones possuía uma semelhança com Bucky,[27] o Capitão começou a ser um tutor para ele, [28] tentando se recuperar do grande trauma de ter perdido seu parceiro de guerra. Depois de um tempo, Jones até mesmo convenceu Rogers a deixá-lo vestir o antigo traje de Bucky e iniciar uma parceria, embora o Capitão se opôs fortemente que Rick se juntasse aos Vingadores como um membro efetivo.[29] As primeiras aventuras que o Capitão teve com o Heróis Mais Poderosos da incluiu um encontro com seu inimigo do tempo de guerra, o Barão Heinrich Zemo. Zemo organizou a primeira encarnação do Mestres do Terror, um grupo de super-vilões onde cada um possuía rancor contra um determinado Vingador.[30] Depois de vários combates entre os dois grupos,[31][32][29] Rick foi sequestrado e Zemo acabou sendo acidentalmente morto em um deslizamento de rochas, causado por sua própria arma, enquanto ele lutava contra o Capitão.[33]

Neste ponto, os Vingadores fundadores restantes (Homem de Ferro, Thor, Gigante e a Vespa) decidiram se afastar por um tempo do estresse de enfrentar super-criminosos. O Capitão América foi assim deixado para liderar uma nova equipe composta do Gavião Arqueiro, a Feiticeira Escarlate e Mercúrio.[34] O "Excêntrico Quarteto do Capitão" foi inicialmente considerado como sendo menos capazes do que a equipe anterior, mas eles logo provaram o seu valor ao superar várias ameaças, incluindo Kang[35], bem como o Doutor Destino.[36] Embora os esquentados Mercúrio e Gavião Arqueiro a princípio eram teimosos e incontroláveis, a liderança de Rogers foi capaz de moldá-los em valiosos membros da equipe.

Arquivo:Captain America by Marko Djurdjevic 001.jpg

Quando o Capitão se ausentou da equipe pela primeira vez,[37] foi o Pantera Negra, o qual entrou em cena para tomar o seu lugar na equipe.[38] Embora quando o Capitão descobriu que um dos motivos de T'Challa era para "espionar" os Vingadores (já que parte de seus deveres como Rei de Wakanda era observar os estrangeiros), as relações entre os dois se tornaram tensas e ficou assim durante algum tempo. Eventualmente, eles restauram sua aliança e amizade, simbolizado por Rogers dando a T'Challa a cópia melhorada do seu escudo triangular da Segunda Guerra Mundial que ele havia usado enquanto seu escudo redondo foi quebrado.[39]

Enquanto isso, o velho inimigo do Capitão América, o Caveira Vermelha, foi retirado da animação suspensa pela organização ELES. O Caveira fingiu cooperar com ELES (na verdade, o conselho governante da HIDRA liderado pelo Barão Wolfgang von Strucker) tempo o suficiente para roubar o Cubo Cósmico da organização subsidiária I.M.A. Isto levou ao primeiro confronto pós-guerra entre os dois grandes símbolos da Segunda Guerra Mundial. O Caveira mais tarde se passou por Rogers e afastou Rick, enquanto empunhava o Cubo Cósmico.

Rogers muitas vezes também cruzou um com outro veterano da Segunda Guerra Mundial, embora fosse um alidao: o Sargento Nick Fury, do Comando Selvagem, a quem ele havia conhecido durante a guerra,[40] era agora o Coronel Nick Fury, diretor da S.H.I.E.L.D. O Capitão América se uniu com Fury diversas vezes depois de sair de animação suspensa e a relação deles aqueceu e esfriou ao longo dos anos, dependendo de várias circunstâncias. Eles muitas vezes trabalharam juntos para o mesmo objetivo(s) e os Vingadores e a S.H.I.E.L.D. mantiveram uma estreita relação de trabalho, por vezes até mesmo compartilhando uma base de dados. Rogers trabalhou com a Agente 13 (Sharon Carter) da S.H.I.E.L.D., a irmã de Peggy. Rogers viria a entrar em um profundo relacionamento amoroso com Sharon, eventualmente admitindo seu amor por ela.[41]

Em outro plano do Caveira, um homem fortalecido pelo Cubo Cósmico chamado Sam Wilson atacou Rogers. Steve foi capaz de liberar Wilson do controle do Caveira e os dois se uniram para derrotar o arqui-inimigo do Capitão. Wilson tornou-se O Falcão e o melhor e mais confiável amigo de Steve. O Capitão e o Falcão viriam a partilhar uma parceria ativa por um longo tempo[42]. Wilson sucedeu Rogers como Capitão América, quando Rogers foi gravemente ferido e foi incentivado a continuar no papel pelo próprio Rogers. Apesar do incentivo, Wilson retornou o manto após a recuperação de Rogers.

Uma das batalhas mais notáveis de Rogers e Wilson foi contra um dos antigos sucessores de Rogers sucessores, Steve Rogers, e Jack Monroe, chamando a si mesmo de Bucky. Rogers ficou abalada com o fato de que ele poderia ter partilhado do destino de seu sucessor excessivamente conservador, se não fosse a dedicação técnica do Dr. Erskine e seu processo de Raio Vita.[43]

Após uma batalha contra Víbora, O Soro do Super-Soldado de Rogers reagiu com o veneno em seus dardos, concedendo a ele temporariamente força sobre-humana.[44]

Captain America Vol 1 180.jpg

Capitão América se torna o Nômade

Nômade

Ao investigar a organização conhecida como Império Secreto, Rogers descobriu que seu líder era um funcionário do governo de alto escalão. Embora esse traidor tenha cometido suicídio depois de ser descoberto, o governo encobriu todo o assunto por meio de um duble. Desiludido, Rogers abandonou sua identidade de Capitão América e assumiu a identidade de "Nômade".[45] Dois homens tentaram, em vão, assumir o título de Capitão América; Bob Russo e "Scar" Turpin, no entanto o jovem idealista fã do Capitão, Roscoe Simons, sucedeu Rogers e o próprio Rogers concedeu a Simons seu escudo indestrutível. Foi a morte de Roscoe, nas mãos do Caveira Vermelha, que inspirou Rogers a se tornar o "Sentinela da Liberdade", um símbolo dos Ideais Americanos, em vez de o Super Soldado do Governo dos Estados Unidos que ele era antes.

Roscoe foi crucificado e torturado pelo Caveira Vermelha, como uma mensagem para Rogers, que qualquer outra pessoa no traje também sofreria o mesmo destino, se o Caveira Vermelha encontrasse qualquer um dos "falsos" Capitães Américas. Rogers re-assumiu sua identidade clássica e seu escudo[46] e Monroe, o qual havia sido reabilitado, se juntou ao Capitão em uma parceria, assumindo a identidade Nômade em um traje modificado.[47]

Quando a Mansão dos Vingadores foi atacada e conquistada pelos Mestres do Terror, sob a liderança do Barão Helmut Zemo, o Capitão América foi atacado especificamente por Zemo, para vingar a morte de seu pai. Rogers foi capturado, durante uma tentativa de retomar a mansão, e foi forçado a assistir enquanto o Mister Hyde torturava o indefeso mordomo Edwin Jarvis. Os Mestres começaram a destruir objetos de recordação de Rogers, incluindo uma foto com Bucky tirada logo antes de ele ser morto, a única foto de Rogers de sua mãe, uma bola de beisebol assinada por Babe Ruth e Lou Gehrig, e o escudo triangular original do Capitão. Na batalha final, o Capitão derrotou o Destruidor, com a ajuda da Vespa, e derrotou o Barão Zemo em um duelo no terraço. Quando Zemo caiu, o Capitão tentou agarrar sua mão e, embora mais tarde tenha sido revelado como tendo sobrevivido à queda, Zemo recusou sua ajuda.[48]

O Capitão

Steven Rogers (Earth-616) from Captain America Vol 1 345 0001.jpg

Capitão América se torna O Capitão.

O Capitão América continuou a entrar em conflito com muitos inimigos, incluindo o extremo antinacionalista Apátrida e o vigilante chamado de Carrasco do Crime. Rogers foi informado pela Comissão de Atividades Sobre-Humanas que ele nunca havia sido oficialmente dispensado do Exército dos Estados Unidos, e por isso ele recebeu um grande salário retroativo, o qual datava desde o fim da Segunda Guerra Mundial, que ele usou para estabelecer um serviço de linha direta de escala nacional para ajudá-lo a manter a par das atividades criminosas. No entanto, a Comissão exigiu que Rogers, como membro "ativo" das forças armadas, retomasse o serviço como um agente do governo. Encontrando-se incapaz de seguir ordens como um simples soldado, especialmente após os acontecimentos do governo que o levou a se tornar o Nômade, Rogers novamente renunciou a identidade de Capitão América, até mesmo entregando seu lendário escudo para o novo Capitão América, John Walker, que já havia entraram em confronto com Rogers como o "Super-Patriota".[49] Durante este tempo, Rogers usou um escudo de Adamantium e, adotando um novo traje, continuou se aventurando como "O Capitão".[50].

Pouco tempo depois, os Vingadores foram temporariamente dissolvidos, devido a uma falta de membros ativos. Como o Capitão, Rogers liderou uma nova formação de Vingadores consistindo de Thor, Gilgamesh, e os recrutas temporários Reed (Sr. Fantástico) e Sue Richards (Mulher Invisível) do Quarteto Fantástico. No entanto, o próprio Reed estava acostumado a liderar, e houve alguns conflitos de liderança entre os dois.

O capitão também equipe não nomeada e não oficial durante o mesmo período, a qual o acompanhou em diversas missões. Junto com o Falcão e Nômade, o grupo às vezes incluía Demolição, que havia ajudado Rogers contra Mercador de Poder, Inc. e Andarilha, uma companheira de Nômade.

Mais tarde seria descoberto que o Caveira Vermelha estava manipulando a Comissão. O Capitão e o Nômade entraram em confronto com Walker e seu Bucky. Resolvendo suas diferenças, Rogers e Walker confrontaram o Caveira.[51] Após os eventos e ações que Walker havia feito enquanto era o Capitão América, Walker renunciou o papel de Capitão América e a Comissão solicitou que Rogers toma-se a manto novamente. Rogers inicialmente recusou, mas depois de Walker implorar, ele aceitou. Mais tarde, Walker foi aparentemente morto, mas depois reapareceu em uma nova identidade, após uma cirurgia plástica com o novo nome de "Jack Daniels", vestindo o uniforme e escudo de Rogers como "O Capitão", se rebatizando de "Agente Americano".[52]

Continuando a Carreira

Em certo ponto, o escapou da explosão de um laboratório de metanfetamina, mas os efeitos químicos da explosão reagiram com o seu Soro do Super-Soldado. Para remover o problema, Rogers removeu o soro e treinou constantemente para se manter no auge de sua condição. O Capitão descobriu que o soro não era uma droga, por assim dizer, o que teria sido metabolizado para fora do seu sistema, mas era na verdade um vírus que efetuou uma alteração bioquímica e genética. Isto explicou como seu arqui-inimigo, o Caveira Vermelha, que na época habitava um corpo clonado das células de Rogers, também possuía a fórmula em seu corpo. Por causa de sua bioquímica alterada, o corpo de Rogers começou a deteriorar-se e, por um tempo, ele usava uma exoesqueleto projetado pelo Homem de Ferro e o Dr. Hank Pym, mas ele acabou por ser colocado novamente em animação suspensa. Durante este tempo, Rogers recebeu uma transfusão de sangue do Caveira Vermelha, o que curou sua condição e estabilizou o vírus do Super-Soldado em seu sistema. O Capitão América retornou ao combate contra o crime e para os Vingadores.

O Capitão América se reencontrou com seu antigo interesse amoroso da Segunda Guerra Mundial, a agora idosa Peggy Carter. Liberando ela e outros das garras do criminoso Doutor Faustus, Rogers a contratou como a especialista em comunicações na Mansão dos Vingadores como parte dos empregados domésticos chamados de Grupo de Apoio dos Vingadores. O sentimento romântico deles havia diminuído, mas os dois continuaram sendo bons amigos. Durante esta época, John Jameson atuou como o piloto pessoal do Capitão América.

Quando os Vingadores souberam da Guerra Kree-Shi'ar e o perigo que a guerra representava para o Sol da Terra, Rogers propôs enviar agentes diplomáticos para cada superpotência em uma tentativa de evitar uma catástrofe conhecida como Operação Tempestade Galática. O Capitão América liderou a equipe rumo ao Império Kree. Ele teve vários conflitos de liderança com o Homem de Ferro, o que culminou quando o Stark, contra suas ordens, liderou uma equipe de Vingadores para executar a Inteligência Suprema Kree por crimes de guerra. Com sua confiança em sua liderança abalada, o Capitão se ofereceu para renunciar ao cargo de executivo-chefe e comandante das duas filias dos Vingadores, mas isso não era o que os outros Avengers desejavam. O velho amigo do Capitão, o Gavião Arqueiro, o ajudou a reforçar a confiança em sua liderança, assim como o resgate pelo Agente Americano (John Walker) e Falcão do Demolição da ULTIMATUM, a organização terrorista do Apátrida.

Steven Rogers (Earth-616) from Avengers Vol 3 69 001.jpg

Após retornar à Terra, o Capitão resgatou a Cascavel (Rachel Leighton) do capanga do Caveira Vermelha, o Ossos Cruzados. Cascavel teve anteriormente, como membro da Sociedade da Serpente, uma chance de matar Rogers em uma batalha, o que ela acabou não fazendo. Ela não conseguiu pois estava apaixonada por ele; os dois começaram uma parceria semi-romântica.

O Capitão era parte da força criada para combater a entidade psíquica chamado Massacre, e foi um dos Vingadores que aparentemente deram suas vidas para absorver a energia do Massacre. Na realidade, eles (os Vingadores e o Quarteto Fantástico) haviam sido enviados para uma dimensão alternativa criada por Franklin Richards. Depois de vários meses neste mundo, os heróis perceberam que era um construto e escaparam.

Durante um período de reconstrução com os Vingadores, o Capitão América e o resto da equipe (passadas e presentes) foram enganados por Morgan Le Fay a atuar como sua guarda de elite, a Vingança da Rainha. A identidade de Rogers neste alter-ego era "Yeoman América." Ele foi o primeiro Vingador a sair do transe de Morgan, e formou um grupo de resistência que frustrou os planos da antiga feiticeira.

Vingadores: A Queda

Em um dia que se tornaria o mais sombrio da história dos Vingadores, a Feiticeira Escarlate sofreu um colapso que, combinado com seus poderes, teve consequências catastróficas. O Capitão havia recentemente tido um estranho encontro com Wanda, e foi fortemente atingido pela devastação da equipe, os quais se separaram pouco depois.

Em eventos futuros, Rogers se mudou para o bairro Red Hook do Brooklyn, revelou sua identidade para o mundo (embora ele vivia em um esconderijo da S.H.I.E.L.D.), e retomou o seu relacionamento com Sharon Carter.

O Capitão estava entre os heróis presentes na Balsa quando Electro iniciou uma fuga da prisão. No dia seguinte, ele falou com Tony Stark, e o convenceu a ajudar a formar os Novos Vingadores. A maioria dos presentes durante a fuga da prisão foram membros fundadores da equipe. A nova diretora da S.H.I.E.L.D., Maria Hill, se opôs à sua criação, mas Rogers a lembrou que ele tinha Licença Completa de Campeão, isso é, ele estava autorizado pela S.H.I.E.L.D. a montar qualquer equipe que ele considerasse necessária para qualquer missão que ele julgasse necessária e, portanto, não precisava de sua permissão. Os Novos Vingadores embarcaram em várias missões sob a sua liderança.

Steven Rogers (Earth-616) 033.jpg

Steve Rogers: O Capitão América.

Soldado Invernal e Guerra Civil

Enquanto isso, o Capitão também estava lidando com assuntos mais pessoais. Tendo se tornado um agente especial da S.H.I.E.L.D., Rogers, Sharon Carter e Nick Fury começaram uma investigação sobre Aleksander Lukin e sua poderosa Corporação Kronos. Após o aparente assassinato do Caveira Vermelha, Lukin estava na posse do Cubo Cósmico, mas ele também tinha uma arma mais pessoal: o Soldado Invernal (o Bucky Barnes revivido). Um assassino da KGB que era ocasionalmente liberado da animação suspensa para realizar somente as missões mais difíceis, o Soldado Invernal encontrou Sharon Carter, a qual acreditava que ele era o verdadeiro Bucky. O Capitão inicialmente se recusou a acreditar, mas Fury lhe presenteou com uma evidência sólida.

O Soldado Invernal matou Jack Monroe e causou grande devastação na Filadélfia antes do Capitão, o Falcão, e a Agente Carter invadirem uma base subterrânea escondida operada por Lukin. O Capitão e o Soldado Invernal duelaram, e o Soldado Invernal não mostrou nenhum sinal de memória da sua época como Bucky. O Capitão usou o Cubo Cósmico para restaurar sua memória; Bucky então o usou para se teleportar para o Campo Lehigh, onde começou a lidar com o seu passado.

Meses mais tarde, o Capitão e Sharon rastrearam Bucky até uma pequena cidade que era controlada pela I.M.A. Distraído por estarem invadindo o complexo I.M.A. e enfrentando o Ossos Cruzados e Pecado (Synthia Schmidt), eles foram incapazes de alcançá-lo.

Quando a S.H.I.E.L.D. sugeriu a Lei de Registro de Super-Humanos, a agente especial Maria Hill ordenou que Rogers e os Vingadores a ajudassem a colocá-la em prática. Quando ele se recusou, Hill fez sua "Unidade de Resposta Superhumana" treinada o atacar. Durante a luta, Rogers evitou ser tranquilizado e conseguiu escapar, pousando com seu escudo em uma aeronave e forçando o piloto a levá-lo até um lugar seguro. Logo depois, no Edifício Baxter, o Vigia contou aos heróis que haviam se reunido ali sobre a fuga do Capitão. Ele se tornou o líder da resistência contra a Lei de Registro, temendo que a liberdade dos heróis da América e a segurança de suas famílias estivessem em perigo.

Adotando o pseudônimo de "Brett Hendrick", um guarda de segurança de shopping para evitar ser encontrado pelo governo, Rogers tornou-se cada vez mais determinado a ganhar a Guerra Civil. Ele permitiu que o Justiceiro participasse de seus "Vingadores Secretos", e trabalhou (embora relutante) com o Rei do Crime. Como o seu velho amigo Homem de Ferro estava liderando a Unidade Super-Herói Pró-Registro, a rivalidade deles acabou aumentando. Os dois tentaram se reunir duas vezes durante o conflito, mas ambas as vezes eles acabaram se enfrentando. Eles até mesmo se recusaram a participar do casamento do Pantera Negra e Tempestade juntos. O Capitão quase foi capturado pelo Paladino, mas escapou com a ajuda de Shang-Chi e os Heróis de Aluguel. Na batalha final contra as forças Pró-Registro, o companheiro de equipe de Rogers, o Visão, desativou a armadura do Homem de Ferro, equilibrando as coisas para o Capitão e permitindo que ele derrubasse Stark na Times Square. No entanto, uma multidão de civis se aproximou em apoio de Stark. Percebendo que sua luta contra o ato de registro estava pondo em perigo as pessoas que ele estava tentando proteger, ele se rendeu ao Homem de Ferro. Ele então deu a seus companheiros a ordem de se entregarem.

A Morte de um Sonho e da Lenda

Após sua rendição, Steve Rogers foi acusado de várias acusações criminais. Nota-se que a S.H.I.E.L.D. havia contido Steve com abafadores de força, enquanto ele estava sob custódia. Um assassinato bem-sucedido foi orquestrada pelo Caveira Vermelha, o qual envolvia o Ossos Cruzados sendo utilizado como um franco-atirador. Ele disparou o primeiro tiro, acertando o Capitão América nas costas quando ele entrava em um tribunal federal para ser julgado por suas acusações criminais. Além disso, Doutor Faustus, se passando como um psiquiatra da S.H.I.E.L.D., havia manipulado Sharon Carter e implantado em sua mente uma sugestão hipnótica que a levou a atirar em Rogers, três vezes no estômago e no peito, durante o caos que se seguiu. Rogers foi levado para um hospital, onde sucumbiu aos seus ferimentos.

O Capitão América recebeu um funeral do Estado, mas o corpo em seu memorial em Arlington era falso. Imediatamente após a sua morte, o corpo de Rogers foi levado para a sede da S.H.I.E.L.D. como o único espécime perfeito de super-soldado no mundo. Inexplicavelmente, seu corpo havia retornado ao estado original fraco. Tony Stark, acompanhado por Hank Pym, e Janet Van Dyne, retornou o corpo Steve Rogers para o Ártico, onde o encontraram congelado no gelo. Namor também participou da pequena cerimônia privada jurando que, enquanto ele dominasse os mares, ninguém iria perturbar os restos do Capitão América.[53]

Muitas pessoas lamentaram sua morte, incluindo vários heróis que o conheceram. Outros, como o Soldado Invernal e Wolverine juraram vingar sua morte. Antes do dia de seu assassinato, Rogers havia preparado um pacote para ser entregue a Stark no caso de ele não sobreviver. Ele continha uma foto de si mesmo como o Capitão América e Bucky na Segunda Guerra Mundial, e os seus pedidos finais: de que Stark "salvasse" Bucky, e que o manto do Capitão América deveria continuar. Um agente da S.H.I.E.L.D. o entregou a Stark, confirmando que ele foi entregue por um advogado desconhecido.

Thor se comunicou com o espírito Steve Rogers no primeiro aniversário de sua morte. Apesar de Thor prometer vingá-lo, Rogers recusou, dizendo que o mundo deles já foi muito manchado com morte e violência. Thor concedeu a Steve um minuto de silêncio, usando seus poderes para cortar todos os meios de comunicação eletrônicos na América por exatamente 60 segundo.[54]

Renascimento

Foi descoberto mais tarde que, embora seu corpo tenha sido morto, a essência de Rogers foi "presa em um ponto fixo no espaço e tempo". A mente Rogers foi transportada através do tempo, forçando-o a reviver certos segmentos de sua vida, como a II Guerra Mundial e tornando-se o Capitão América, bem como várias outras cenas. Algumas mudanças foram revelados em relação ao que era anteriormente conhecido (ver notas abaixo). Enquanto revivia a Guerra Kree-Skrull, ele foi capaz de pedir ao Visão para gravar uma mensagem sobre sua condição de viagem no tempo para o Senhor Fantástico e o Vespa (Henry Pym) no futuro, o que foi devidamente retransmitido pelo Visão atual (Jonas).[55] com esses dados, Richards concluiu que Sharon era a chave para trazeR Steve fora do tempo, apesar de que eles estavam muito atrasados para impedir o Doutor Destino e Arnim Zola de recuperarem Steve, embora o Caveira Vermelha estivesse agora no controle do corpo de Steve.[56]

Barnes and Rogers lutaram para retirar o Caveira Vermelha de seu corpo e tiveram sucesso. Rogers considerou se aposentar do papel e permitir que Barnes continuasse operando como Capitão América, acreditando que não deveria haver dois Capitães Américas ativos. Rogers visitou o atual Presidente dos Estados Unidos, o qual deu ao "Capitão América", não especificamente a Steve Rogers, um perdão completo por suas ações durante a Guerra Civil. Rogers explicou que não tinha a intenção de voltar a carregar o escudo, mas iria se fosse pedido. O Presidente mencionou que não era necessário, já que ele tinha uma outra ideia para os serviços de Steve no futuro.

Cerco

Artigo Principal: Cerco (Evento)

Com a sua própria casa em ordem, Rogers saiu para a sua próxima grande tarefa: remover Norman Osborn, o atual chefe da agência de segurança nacional Americana M.A.R.T.E.L.O., do poder. Rogers logo veio ajudar a trazer de volta Tony Stark, o qual estava em um estado vegetativo, tendo diminuído sua inteligência para apagar o banco de dados do Registro de Super-Humanos para impedir que Osborn o usasse. Para fazer isso, Rogers e seus colegas recorreram a um passo bastante radical para reiniciar o cérebro de Stark: canalizando o trovão de Thor através do escudo de Rogers, o qual estava conectado ao implante no peito de Stark, um movimento que poderia muito bem tê-lo matado. O processo reiniciou o coração de Tony, mas por alguma razão a sua mente não reiniciou. Steve partiu para conseguir a ajuda do Doutor Estranho para se deslocarem dentro da mente de Tony.

Após isso, Steve estava no esconderijo dos Novos Vingadores em Nova York quando soube que Osborn estava cercando Asgard.[57]. Enfurecido, Steve reuniu os Novos Vingadores, os Jovens Vingadores e os Guerreiros Gecretos de Nick Fury para fornecer suporte para os Asgardianos e por último derrubar Osborn. Bucky deu a Steve o escudo, dizendo que eles precisavam dele liderando o contra-ataque. Bucky disse a Steve que ele precisava do escudo na luta contra os Vingadores Sombrios. Steve tomou o escudo, mas perguntou a Bucky o que ele faria, ao que Bucky respondeu: "Eu vou fazer o que eu faço", segurando uma grande arma em suas mãos.[58] Antes de partirem, Edwin Jarvis deu a Steve uma maleta para Tony Stark.[58]

Steve Rogers foi chamado para a Casa Branca, onde o presidente ofereceu torná-lo o novo chefe de segurança dos Estados Unidos. Steve concordou, com a condição de que ele iria começar a fazer o trabalho da sua maneira. A Lei de Registro de Super-Humanos foi revogada e, durante uma reunião na Torre dos Vingadores, Steve apareceu e disse a eles que era o começo de um novo dia para todos eles e ele precisava da ajuda deles.[59] Steve supervisionou o encarceramento de Norman Osborn na penitenciária Balsa, sob seu novo papel como o Capitão Steve Rogers.[60]

O Legado de Erskine

Steve Rogers Super Soldier Vol 1 1 Textless.jpg

Steve Rogers na Era Heroica.

Como o chefe da Nixtin Farmacêuticos e neto de Abraham Erskine, Jacob Erskine tentou curar o câncer usando o Soro do Super Soldado, mas foi morto antes que pudesse terminar.[61] Quando Steve tentou descobrir quem matou Erskine, ele foi pego em uma armadilha por Mecanus e seu soro foi desativado.[62]. Com a ajuda de um dos robôs de Mecanus que Steve acreditava anteriormente ser uma mulher imbuída com o soro, ele foi capaz de ter seu soro ativado mais uma vez e, juntos, eles perseguiram Mecanus.[63] Eles no final aparentemente mataram Mecanus e recuperaram o soro que ele estava tentando leiloar, com o custo de vida do robô. Ao investigar mais, o soro que Steve recuperou acabou por ser completamente inútil, e sem que ele soubesse, toda a façanha foi criada por Aloysius Thorndrake do Conselho das Sombras, o qual estava atrás do sangue de Rogers, a fim de criar um exército de super-soldados.[64]

Essência do Medo

Arquivo:Steven Rogers (Earth-616) wielding Mjolnir.JPG

Quando Skadi (Sinthea Shmidt) libertou Serpente, ele fez com que sete martelos caíssem na Terra para que Midgard pudesse temer a ele e suas legiões. Steve Rogers estava presente quando cada um destes martelos caíram e deu a ordem para enviar os Vingadores para cada um dos pontos de colisão. Quando Bucky foi morto por Skadi em Washington D.C. durante uma blitzkrieg, Steve decidiu vingar Bucky e retomar o título de Capitão América mais uma vez. E embora o Capitão, o Homem de Ferro e Thor foram enviados para locais diferentes, o Capitão se juntou aos Vingadores em Nova York para impedir Skadi. Após o Serpente quebrar seu escudo durante a luta em NY e partir, ele moveu a luta para Oklahoma, onde ele usou o Mjolnir para derrotar Skadi.

Ilha das Aranhas

Arquivo:6346198765 0a72b610da.jpg

O Capitão América foi capturado pelo Chacal e forçosamente transformado em uma aranha gigante mutante, a quem o Chacal chamou de "Rei-Aranha".[11] Como Rei-Aranha, Steve Rogers foi impregnado com milhares de ovos de aranha, a fim de espalhar o vírus que dava às pessoas poderes de aranha.[65] Ele foi impedido e capturado pela nova versão heroica do Venom, mas ele escapou do cativeiro por vomitar as aranhas mutantes. No final ele foi recapturado e colocado em animação suspensa, enquanto se disfarçou Venom se disfarçou como o Rei-Aranha para se infiltrar na organização do Chacal.[66]

Quando a cura para o vírus da Ilha das Aranhas foi descoberta, ele retornou ao normal e mais tarde se juntou ao Venom em sua luta contra a Rainha-Aranha, o verdadeiro cérebro por trás do vírus. Venom a atravessou com o escudo do Capitão América, um ataque que deveria tê-la matada. Em vez disso, ela se transformou em um monstro aranha de 28 andares.[67]

Os dois a levaram até a Union Square, onde outros heróis se juntaram a eles, enquanto o Homem-Aranha distribuía a cura para os Nova-Iorquinos infectados. Isso a enfraqueceu o suficiente para Kaine, o clone do Homem-Aranha, pudesse matá-la.[68]

A Vingança do Codinome Bravo

Captain America Vol 6 5 Textless.jpg

Capitão América vs. Bravo.

Durante o funeral de Peggy Carter, Steve foi atacado por um velho aliado que ele não tinha visto desde a Segunda Guerra Mundial, um homem chamado Bravo. Isto significava que Jimmy Jankovicz acordou do coma. Em um sanatório secreto em Virgínia, Rogers, Nick Fury, e Sharon Carter visitam este homem que estava catatônico. Em 1944, Bravo ajudou os aliados a encontrar a sede do inimigo, ao entrar em uma dimensão diferente que ele chamou de Terra de Lugar Nenhum, até que um espião colocou Jankovicz em estado de coma, deixando Bravo e os soldados da Hidra presos lá. Quando Jimmy acordou, Bravo conseguiu voltar ao mundo real. Mais tarde, os agentes da Hidra sequestraram Jimmy e foi revelado que Codinome Bravo estava por trás do ataque, tendo se aliado com o Barão Helmut Zemo para matar o Capitão América.

Bravo conseguiu usar Jimmy em uma máquina para abrir um portal para a Terra de Lugar Nenhum e prender o Capitão América, até Sharon Carter, com a ajuda de Fury e o Falcão conseguirem encontrar Jimmy, e ele, como seu último ato de vontade, conseguiu tirar Bravo e Steve de Lugar Nenhum. Bravo é encarcerado, mas a Rainha Hidra, quem o ajudou, fugiu para construir uma nova Hidra junto com o Barão Zemo.

Mais tarde, o Capitão e seus aliados ouviram que a Hidra estava contrabando Bombas do Pavor por toda a cidade. Infelizmente, o Capitão não estava em posição de ajudar, já ele estava sofrendo de uma redução de poder, o que fez ele retornar ao seu estado magricela. Felizmente, o Homem de Ferro foi capaz de desenvolver uma cura para a condição de Steve e construir um dispositivo que dissipou os efeitos das Bombas do Pavor.

Posteriormente, um novo Carrasco estava atacando antigos vilões que tinham entrado para a Proteção a Testemunhas. O Capitão enfrentou o Carrasco, descobrindo que ele era de fato Dennis Dunphy, o Demolição. A HIDRA havia feito uma lavagem cerebral em Dunphy para atacar os antigos vilões e vazar informações da Protecção a Testemunhas para o público. O Capitão tentou argumentar com Dunphy, mas Dunphy era muito instável e Sharon foi forçada a matá-lo.

Eventualmente, a Hidra iniciou seu plano final, fazendo lavagem cerebral em toda a população Americana através dos noticiários, fazendo com que os civis se levantassem contra o governo. O Capitão coordena um ataque à ilha voadora da Hidra, onde ele finalmente enfrenta Bravo e sua Rainha. O plano da HIDRA é frustrado, enquanto Bravo é morto e a Rainha fica catatônica.

Avengers X-Sanction Vol 1 1 Queseda Variant Textless.jpg

Cable vs. Capitão América

Vingadores: Sanção X

Rogers, junto com o resto dos Vingadores estavam rastreando e combatendo a Legião Letal após eles terem escapado da prisão. Sem que os outros percebessem, o Falcão foi abatido por Cable. No entanto, Steve logo percebeu que o Asa Vermelha estava voando sozinho e seguiu o pássaro para onde o Falcão estava; em um container de navio dentro de um Tubo da Arma X. Cable imediatamente entrou em combate com o Capitão, e inicialmente, Rogers estava em vantagem no combate.

Eventualmente Cable o derrotou e o amarrou em uma cadeira inibidora, inventada por Magneto, e atirou em Rogers com uma arma EMP, deixando-o inconsciente, mas não antes de revelar seu desejo de que os Vingadores não matem Esperança.[69]

Eventualmente, Cable foi derrubado e o Capitão América libertado. Enquanto Cable era consumido pelo Vírus Tecnorgânico, Ciclope pediu permissão ao Capitão América para levar Cable de volta para Utopia, ao que o Capitão América concordou em troca de que os Vingadores mantivessem todas as armas usadas contra eles.[70]

Vingadores vs. X-Men

Algum tempo após o evento com Cable, um membro da Tropa Nova caiu na Terra e conseguiu gaguejar que "ela" estava vindo antes de entrar em um coma. Rogers e o Homem de Ferro descobriram mais tarde que "ela" era a Força Fênix, e que ela estava vindo para a Terra. Os heróis foram para a Casa Branca para informar o Presidente sobre esta ameaça, mas não antes de enviar uma equipe de Vingadores para tentar atrasar/impedir a Força Fênix. Durante o encontro na Casa Branca, o Homem de Ferro de repente captou uma nova fonte misteriosa da Força Phoenix na Terra. Sabendo o que havia acontecido anteriormente, o Capitão América e o Homem de Ferro foram até a Escola Jean Grey para Estudos Avançados para consultar com Wolverine, o qual respondeu que os X-Men acreditavam que o novo hospedeiro dela era Esperança Summers. Com esse conhecimento, o Capitão América foi até Utopia, a fim de negociar com Ciclope. Ele pediu que Esperança fosse entregue a ele e aos Vingadores para protegerem ela.

Steven Rogers (Earth-616) Scott Summers (Earth-616) Avengers vs. X-Men Vol 1 1.png

O primeiro golpe foi dado: Ciclope acerta o Capitão América após se recusar a entregar Esperança

Ciclope se recusou a entregar Esperança, já que ele e os outros mutantes acreditavam que ela era sua Messias, e que a Força Fênix permitiria que Esperança restaurasse completamente a raça mutante. Ciclope então acertou Steve com uma rajada ótica, fazendo com que Steve desse a ordem aos Vingadores para invadir Utopia.[71]

Cyclops and Cap argue in mid-battle.jpg

Ciclope vs. Capitão América: Os líderes se enfrentam.

Os Vingadores aparentemente derrotaram os mutantes de Utopia, embora Esperança conseguiu fugir. A rendição no entanto acabou por ser uma estratégia e Ciclope se teletransportou para longe de Utopia, junto com vários mutantes poderosos.[72]

Cap's final plea to Cyclops.jpg

Última chance: O Capitão faz um apelo final para Ciclope.

Os Vingadores começou a procurar por Esperança (assim como os X-Men). Após o Wolverine ajudar Esperança com sua jornada ele a traiu, e disse a Steve e os Vingadores onde ela estava. Os Vingadores chegaram na lua para confrontá-la e levá-la em custódia, mas foram recebidos pelos X-Men, que também planejavam levar Esperança. Antes que uma luta pudesse começar, o Thor ferido caiu do céu, seguido de perto pela Fênix.[73] Quando o Homem de Ferro usou um disruptor em sua armadura matadora de Fênix nela, a entidade cósmica não foi morta, mas dividida em cinco partes que possuíram cada um dos X-Men presentes no local.[74] Os X-Men possuídos pela Fênix começou a mudar o mundo para um lugar melhor para se viver, mas sabendo que a natureza destrutiva da Phoenix traria caos, Steve e os Vingadores tentaram trazer Esperança de Utopia, a fim de usar o seu conhecimento sobre a Fênix contra ela. Após a Feiticeira Escarlate ajudar os Vingadores contra os X-Men (anteriormente tendo visões da Fênix destruindo a Terra), Ciclope decidiu caçar todos os Vingadores.

O Trovejante ofereceu aos Vingadores abrigo em K'un-Lun, bem como se dispôs a treinar Esperança para enfrentar a Fênix, por causa de sua experiência passada com a Hospedeira da Fênix e o Punho de Ferro Fongji, e a profecia da Fênix trazendo o caos para a Terra. Antes de todos os Vingadores pudessem se teletransportar para K'un-Lun, Namor atacou onde eles estavam escondidos, em Wakanda, junto com um exército inteiro de Atlantes. Após derrotar Namor, com a destruição parcial de Wakanda como preço, os Vingadores se teletransportaram para K'un-Lun, a fim de ajudar Esperança a treinar para enfrentar a Fênix.

Os Vingadores foram atacados por Ciclope que agora possuía metade da Fênix. Ele derrotou rapidamente qualquer um que se opusesse a ele, mas foi derrotado pela Esperança, a qual em um ato de desespero combinou os poderes do Punho de Ferro, a magia do caos da da Feiticeira Escarlate e as chamas de Shao-Laos para teleportar Ciclope para a Lua. Os Vingadores então se uniram com vários dos X-Men que haviam percebido que Ciclope e Emma haviam perdido completamente o controle. Juntos, eles atacaram Ciclope e Emma e estavam em vantagem até Ciclope ser forçado a tomar o pedaço final da Fênix de Emma, fazendo dele o único hospedeiro. A Fênix completa foi demais e ele acabou se transformando na Fênix Negra.

Os Vingadores enfrentaram Summers ao redor do mundo com a ajuda dos X-Men e de Nova, bem como tentaram conter o caos que a gigantesca força produziu ao redor da Terra, mas quem finalmente conseguiu derrotá-lo foi a Feiticeira Escarlate e Esperança. A Fênix então deixou Scott e possuiu Esperança, mas ela conseguiu controlá-la, reparando todos os danos que Scott causou ao planeta, e por último usando os poderes da Feiticeira Escarlate de manipular a realidade, ela destruiu a Força Fênix com uma explosão de energia que fez com que milhões de pessoas ao redor da Terra manifestassem poderes mutantes.

Uncanny Avengers Vol 1 5 Textless.jpg

A Unidade de Divisão dos Vingadores

Unidade de Divisão dos Vingadores

Captain America Vol 7 16.NOW Bermejo Variant Textless.jpg

Ciclope foi finalmente preso, e Steve aceitou que os Vingadores deveriam ter feito mais para ajudar os mutantes, e permitiram que o mundo os odiasse. Como resultado, ele começou a planejar uma nova sub-equipe de Vingadores, na esperança de unir os mutantes e a humanidade. Ele escolheu Destrutor para liderar sua equipe e se tornar o novo rosto para representar os mutantes, assim como o Professor X e Ciclope anteriormente eram.[75]

A primeira ameaça foi o retorno do Caveira Vermelha, que roubou o corpo do Professor X para prover a si mesmo poderes telepáticos, os quais ele usaria para provocar os cidadãos de Nova York em um ataque em massa contra os mutantes, ou qualquer um que pudesse ser um, e forçar a Feiticeira Escarlate e a Vampira a permitirem ser atacadas. Com a ajuda do S-Man João Honesto, ele conseguiu até mesmo manipular Thor.[76]

Contudo, as habilidades do Caveira Vermelha ainda eram erráticas, e não podia controlar completamente o Capitão América, um ataque contra ele era distração o suficiente para que ele perdesse o controle de Vampira e da Feiticeira Escarlate. Depois de ser dominado pelo resto dos Fabulosos Vingadores, o Caveira Vermelha decidiu fugir, mas prometeu retornar. Ao fim da batalha, tanto Vampira e a Feiticeira Escarlate se juntaram a equipe.[77]

Aventuras na Dimensão Z

Após lutar contra um vilão chamado Caveira Verde, um eco-terrorista, o Capitão se encontrou com Sharon em um beco solitário. Caminhando para uma estação de metrô, Steve e Sharon entraram em um elevador secreto que leva a um vagão de metrô escondido dentro da estação. O vagão então desapareceu em um flash de luz, entrando em um reino misterioso e também injetando um anestésico no Capitão. Ele se encontrou preso em uma mesa de operação. Nesse momento, Arnim Zola aparece diante dele, acolhendo Steve na Dimensão Z. Steve se liberta da mesa e salta através de uma janela e foge com um bebê, apenas para perceber mais tarde que o bebê era filho de Zola. O Capitão então tenta escapar da Dimensão Z em um jato, mas é derrubado por forças inimigas.[78] Mais tarde, o Capitão e o filho de Zola, chamado "Ian", estão presos em um ambiente similar a um deserto na Dimensão Z. De repente, Steve é ​​atacado por duas mutações de Zola. Steve consegue combatê-los, mas é capturado mais tarde com Ian e encontra o Phrox, uma espécie alienígena que vive na Dimensão Z, e Steve se torna parcialmente controlado por Zola, por causa de um implante.[79]

Steve então começa a treinar Ian em como jogar seu escudo adequadamente e eles se tornam muito próximos, ao ponto em que Steve diz a ele que Zola é seu verdadeiro pai.[80] Mais tarde, quando Steve e Ian retornam ao esconderijo dos Phrox e são emboscados por forças de Zola, Steve pega uma lâmina e se apunhala no peito, destruindo o implante de Zola, enquanto Ian está sendo mantido em cativeiro.[81] Steve então se infiltra na fortaleza de Zola e mata todos as mutações que guardam seus portões e alcança o túnel que o levou para a Dimensão Z. Steve brevemente considera retornar à Terra e receber ajuda dos Vingadores, mas ele não pode deixar Ian sozinho e se arrasta para dentro dos túneis de resíduos, a fim de se infiltrar na fortaleza.[82]

Jet, a filha de Zola, e Steve brevemente lutam entre si na fortaleza, mas ela revela a verdade por trás Zolândia e eles concordam em trabalhar juntos para impedir Zola. Mas Ian, tendo sofrido lavagem cerebral por Zola, atira em Steve nas costas.[83] Steve mais tarde enfrenta Ian novamente e insiste que Ian tome sua própria decisão. No entanto, Ian é baleado pela Agente 13 através do pescoço por trás e cai em um abismo.[84] Sharon então revela que ela instalou bombas para explodir Zolândia. Enquanto isso, Jet Black está lutando contra seu pai e está perdendo, até que o Capitão chega e intervém. Jet Black então liberta os prisioneiros Phrox de Zola. Mais tarde, Zola é empalado e destroçado pelo Capitão, se encontrando à beira da destruição e se desliga completamente.[85]

O grupo mais tarde se prepara para detonar a Dimensão Z enquanto eles parte, para que as mutações de Zola não pudessem invadir e infestar a Terra. Mas Jet Black soca Sharon, rouba seu detonador, e foge em um veículo aéreo. Mais tarde, depois do Capitão e Sharon a perseguir, Zola diz a sua filha, Jet, que ela falhou outra vez. Ele dispara feixes pelos olhos, acertando Sharon, a qual quase cai para a morte, mas o Capitão América consegue agarra a sua mão. Sharon então diz a Steve que ela tem um plano para que eles ainda posa detonar a Dimensão Z e retornar com segurança à terra. Ela solta a mão do Capitão, dizendo-lhe que ela o ama. O Capitão insistiu que Jet desse a volta com o veículo aéreo para salvar Sharon, mas já era tarde demais. Jet e o Capitão retornaram para Nova York e Steve mais tarde se encontra chorando pela perda de Sharon.[86]

Capitão América Nunca Mais

Quando o Capitão América estava em batalha com o Prego de Ferro, o Soro do Super-Soldado dentro do corpo de Steve foi neutralizado, o que fez com que ele envelhecesse rapidamente em um homem velho.[87] Após um ataque em Nova York, de Arnim Zola, Steve decidiu nomear Sam Wilson como seu sucessor.[88]

O Tempo se Esgota

Meses antes, uma nova ameaça apareceu diante dos Illuminati, as incursões, a colisão dos planetas Terras de dois universos, o que causava a destruição de pelo menos uma dessas realidades.[89] Depois de se opor ao desejo dos Illuminati de provavelmente destruir quaisquer Terras que estivem de encontro com a deles, Steve foi submetido a uma limpeza mental, o que fez ele esquecer de sua afiliação com os Illuminati.[90]

Pouco antes de perder os efeitos do soro, Steve foi exposta à explosão do olho do Vigia, o que revelou segredos profundos relacionados aqueles no seu raio de explosão,[91] o Capitão América se lembrou de que os Illuminati apagaram suas memórias, assim como as atividades deles em relação à possível destruição de mundos, e confrontou o Homem de Ferro sobre o assunto.[92] ele decidiu que as ações dos Illuminati não podiam ser toleradas, e enviou os Vingadores para caçá-los.[93]

Steve Rogers and Tony Stark (Earth-616) from Avengers Vol 5 44.png

Steve confrontando Tony.

Após cair em uma armadilha armada pelos Illuminati, Steve foi convencido a colocar suas diferenças de lado e começarem a trabalhar juntos em uma solução para salvar a Terra.[94] Quando a última incursão estava finalmente prestes a acontecer, e com apenas alguns minutos antes do evento, Steve confrontou Tony para resolver as suas diferenças. A luta que se seguiu entre os dois velhos amigos levou Steve a forçar Tony a admitir que ele havia mentido para ele e todos os seus aliados, sendo que ele sabia sobre as incursões o tempo todo, mas Tony também confessou que não mudaria nada das ações que tomou. A incursão final começou, e o planeta Terra da Terra-1610 começou a se aproximar do planeta Terra da Terra-616, enquanto Tony e Steve continuavam lutando. A S.H.I.E.L.D. da Terra-1610 lançou uma invasão contra a Terra-616 e ambos Tony e Steve foram esmagados por um Aeroporta-Aviões.[95] As duas Terras então colodiram, destruindo ambos universos.[96]

Totalmente Novo e Diferente

Quando a Terra-616 foi trazida de volta à existência, Steve Rogers e o resto do mundo também voltaram. Alguns meses após esse evento, ele se tornou o novo Chefe de Vigilância Civil da S.H.I.E.L.D.,[97] e voltou a liderar a Unidade de Divisão dos Vingadores, agora tendo o Teatro Schaefer como base.[98]

Personalidade

O Capitão América é tradicionalmente visto como um dos maiores heróis do Universo Marvel. Ele é um homem justo e corajoso que deseja sempre ver o lado bom das pessoas. Desde suas origens como um super-herói, o Capitão sempre se dedicou a proteger os fracos e a defender a liberdade e a justiça.

Apesar de suas virtudes, no entanto, o Capitão é atormentado por estado como um homem fora do tempo. Lembrando de seus dias como soldado na Segunda Guerra Mundial, o Capitão está preocupado que seu idealismo possa ser considerado ultrapassado no mundo moderno. Além disso, vendo o quão idealizado o seu legado se tornou ao longo dos anos, o Capitão, por vezes, acredita que ele pode não ser capaz de alcançar a imagem que o mundo tem dele. Independentemente disso, o Capitão ainda é visto como o auge do heroísmo e um exemplo para todos seguirem.

Poderes

Habilidades

Mestre Tático e Estrategista: Rogers é um talentoso estrategista. Ele tem sido amplamente considerado um dos, se não o maior, tático no planeta, dentro e fora do campo de batalha. Ele é capaz de formular estratégias de batalha e seu brilhante senso tático lhe permite alterar qualquer estratégia para atender a qualquer mudança necessária da situação.

Mestre em Arte Marcial: Ele é um especialista em combate corpo a corpo, sendo muito habilidoso em várias artes marciais através de seu treinamento em combates militares e instruções com vários instrutores particulares (ele pode ter aprendido a maior parte de seu conhecimento inicial dos treinadores da Segunda Guerra Mundial, tais como William Fairbairne e Rex Applegate, os quais foram pioneiros da maioria dos métodos utilizados nesse período).[102][103] Rogers utiliza Boxe, Judô e várias outras disciplinas com suas habilidades ginásticas, criando um estilo que se adapte à sua forças e lhe permite usar seu conhecimento para o melhor de sua habilidade. Ele é considerado um dos melhores artistas marciais na Terra.[necessitando citação]

Mestre do Uso de Escudo: Seus anos de treinamento e experiência com o seu escudo original, bem como as suas propriedades físicas, lhe permite realizar proezas incríveis com o equipamento. Além de contundir inimigos e bloquear os ataques recebidos, ele é capaz de jogá-lo com uma mira quase perfeita. Rogers pode acertar vários alvos com um único lance por meio de ricochete, e pode até conseguir um efeito bumerangue, com o escudo retornando para ele, o que lhe permite atacar os inimigos por trás ou recuperar o escudo sem objetos para ele ricochetear.

Operador Militar Avançado: Ele é bem versado em todas as disciplinas da força armada, incluindo coleta de informações, habilidades de escapar, assassinato, demolição, táticas de sobrevivência, caça, natação, montanhismo, habilidades de liderança, leitura e criação de mapas, decodificação de cifra e outras mensagens de código secreto, ler e fazer sinais em madeira e outras linguagens de código secretas, disfarce, interrogatório, computadores, explosivos, sistemas de comunicação, veículos e aparelhos eletrônicos usados nas forças armadas.

Mestre Acrobata: Seus anos de treinamento e experiência fizeram dele um execelente acrobata, ginasta, e trapezista. Ele muitas vezes utiliza esses talentos em combate, tanto para fins evasivos e ofensivos.

Vontade Indomável: Rogers é uma pessoa com muita força de vontade. Ele é capaz de superar a maioria das formas de tentação e resistir aos efeitos de extrema dor, drogas e toxinas, em grande medida. Rogers aceita a sua própria mortalidade, e se recusa a roubar de qualquer criatura consciente a sua liberdade. Durante a Guerra do Destino, ele destruiu o Cristal Eterno, decidindo que era perigoso demais para existir, apesar dos muitos benefícios de seu poder. Rogers também é capaz de resistir a todas as formas de controle mental; só os indivíduos mais fortes de vontade têm uma chance de o escravizar.

Artista Profissional: Ele tem grandes habilidades artísticas que ele desenvolveu desde a infância. Rogers muitas vezes trabalhava como ilustrador freelancer e artista de esboço, até mesmo emprestou suas habilidades para o Departamento de Polícia de Nova York por um tempo. Ele gosta de desenhar e faz isso em seu tempo livre.

Exímio Atirador: Ele pode utilizar a maioria dos armamentos com excelente mira e é bem versado no uso de armas de fogo, embora ele prefira não usá-las.

Exímio Espadachim: Steve é proficiente com espadas e bastões, mas se sente mais confortável com seu escudo.

Proficiência com Armas: Ele não costuma utilizar outras armas além do seu escudo, mas em situações desesperadas ele empunha armas adicionais para garantir a vitória. Ele é proficiente no uso de espadas, punhais, facas de atirar, bastões, tonfa, machados, clavas e até mesmo armas de fogo.

Multilíngue: Rogers é fluente em Inglês, Alemão, Russo, Espanhol, Japonês, pelo menos um pouco de Francês,[104] e um pouco de Italiano. Ele pode ser fluente em outros idiomas.[necessitando citação]

Exímio Motorista: Ele é proficiente na condução de carros, motos, caminhões, aviões, navios, helicópteros, lanchas, submarinos e alguns tipos de trens e veículos utilitários.

Nível de Força

Ele demonstrou conseguir erguer no desenvolvimento 360 kg,[necessitando citação] mas também ergueu no supino 550 kg e 230 kg na rosca.[105] Ele é citado como tendo a força de 10 homens[necessitando citação] e ele próprio afirmou uma vez que ele tem a força da metade de um pelotão de homens de combate (cerca de 10). O homem médio é capaz de levantar seu próprio peso corporal, cerca de 80 kg, por isso, o Capitão América poderia ser capaz de levantar dez vezes esse peso.[necessitando citação] Foi referenciado ao menos duas vezes que ele possui força sobrenatural, mas parece certo dizer que 550 kg é o seu limite. No entanto, isto está além da força de um ser humano comum.

Anteriormente

Rogers certa vez foi brevemente dotado de força sobre-humana, quando o Soro do Super-Soldado interagiu com o veneno da Víbora.[necessitando citação]



Equipamento

Uniforme do Capitão América: Como Capitão América ele usa um traje retardador de água e fogo, o qual é feito de Kevlar, nomex e titânio leve. O traje também oferece um nível médio de resistência a choques elétricos e força de impactos, como uma queda cerca de 30 metros de altura, e o traje não pode ser perfurado por materiais cortantes e afiados convencionais como madeira afiada, vidro, ferro, cobre e alumínio. O traje também dá uma certa resistência a altas temperaturas. Ele carrega um comunicador sem fio operado por voz em sua orelha esquerda, o qual tem suas frequências bloqueado, tornando-se muito difícil de localizar a sua chamada.

Cinto de Utilidades: Rogers usa um cinto de utilidades contendo equipamentos específicos para sua missão, tal como um kit de primeiros socorros (contendo pinças, band aids revestidos com gel anti-séptico, latas de spray para alívio de dores ósseas e musculares e antídotos para algumas toxinas), cabo militar, gazuas, granadas, e vários outros materiais.

Exoesqueleto do Capitão América: Ele também usou brevemente um exoesqueleto especialmente criado pelo Homem de Ferro e Hank Pym, quando ele sofreu um colapso do Soro do Super Soldado. Depois que o Prego de Ferro neutralizou o Soro do Super Soldado e os eventos de EIXO, Steve voltou a usá-lo.[106]

Transporte

Armas

Escudo Energético: um escudo fotônico capaz de redirecionar a energia cinética, emitir rajadas de energia, e se transformar em um bastão.[necessitando citação]


  • O status de membro oficial do Capitão América na escritura de formação dos Vingadores tem sido objeto de revisão. Inicialmente, ele foi considerado como o primeiro recruta da equipe após os fundadores, e foi relatado como tal em muitas publicações. A escritura de formação dos Vingadores, publicada em Vingadores Anual #13, foi assinada pelo Hulk e os outros fundadores, e não pelo Capitão. Em Vingadores #347, o Homem de Ferro se "colocou acima em autoridade" sobre o Capitão América em Hala, alegando ser o "único membro fundador presente".
    • Começando com Vingadores Vol 3 #4, no entanto, a ideia de o Capitão América ser um "fundador retroativo" dos Vingadores foi apresentada, supostamente substituindo o Hulk em documentos oficiais como membro fundador, a fim de assegurar que o bom nome da equipe fosse devidamente confirmado. 'Vingadores: Os Heróis Mais Poderosos da Terra' foi mais longe e afirmou que este estatuto de fundador retroativo foi estabelecido por trás das cenas nos primeiros dias dos Vingadores, antes de Vingadores #16.
  • O Capitão América é dito como não tendo um grau de força sobre-humana, apenas o Auge Humano. No entanto, no Universo Marvel, um personagem é considerado com força Sobrenatural se ele puder erguer mais de 363 kg.[necessitando citação] O Capitão América foi visto sendo capaz de erguer no supino 501kg, o qual é o seu limite, e lançando o Hulk,[108], cujo peso é de cerca de meia tonelada. Então, o Capitão América poderia ser considerado com força sobre-humana, só não oficialmente classificado com ela.
  • Sua resistência mental é mostrado quando Steve foi capaz de usar a Mente Global, o capacete do Nova, pela primeira vez sem enlouquecer.[109]
  • Steve Rogers demonstrou ser digno de empunhar o Mjolnir.[110][111]
  • Ele é uma das poucas pessoas capazes de acessar o arsenal do Homem de Ferro, e é um dos dois estrangeiros a quem foi confiado a tecnologia do Pantera Negra.
  • Em uma história da Hidra durante a Segunda Guerra Mundial, foi mostrado que ele foi injetado com a fórmula Lázaro deles, supostamente o tornando imortal.[necessitando citação]
  • Ele ganhou poderes de aranha e quatro braços extras quando foi mutado pelo Chacal e se transformou no Rei-Aranha.[necessitando citação]
  • O Capitão América nasceu em 1920, por isso, de forma cronológica, ele tem cerca de 95 anos de idade. No entanto, uma vez que o Soro do Super-Soldado atrasou o seu envelhecimento biológico, fisicamente Steve é um homem em seu auge físico (em torno dos trinta anos).[necessitando citação]
  • No Pentágono, foi concedido ao Capitão América um Certificado de Paladin-Plus.[112]
  • Steve é uma das poucas pessoas em quem o Wolverine realmente confia.[necessitando citação]
  • Steve adora torta de maçã.[necessitando citação]
  • O Capitão América consegue correr 40 jardas em 3.82 segundos.[necessitando citação]
  • Batman reconheceu no crossover LJA/Vingadores que era possível que o Capitão América o vencesse, mas ele demoraria para conseguir isso.[113]
    • Quando o Capitão América e o Batman tiveram um crossover nos quadrinhos, embora o Capitão América percebeu que ele tinha uma vantagem física sobre o Batman, ele percebeu que Batman tinha uma vantagem em habilidade de combate e tecnologia sobre ele.[necessitando citação]
    • Em "Marvel vs. Dc" de 1996, Batman lutou contra o Capitão América. Sua luta estava empatada até o esgoto, onde eles estavam lutando, ser inundado. Aparentemente Batman jogou um batarang no Capitão enquanto ele foi encontrar uma maneira de escapar.
    • A batalha do Batman e Capitão América foi decidida por uma votação. Batman ganhou devido à sua popularidade naquela época.
    • Na mesma série, o Capitão América derrotou Bane, o qual é conhecido por ter deixado Bruce Wayne aleijado.
    • Em Batman e Capitão América de 1996 por John Byrne, Bruce Wayne admite que Steve Rogers possuía uma "leve vantagem" sobre ele. Steve identifica os movimentos de Bruce Wayne: Aki-Jitsu e Okinawa Te. O super-soldado menciona que há apenas dez pessoas que conhecem essas disciplinas marciais fora do extremo oriente, provando que ele é um dos lutadores mais habilidosos do mundo ao lado do Batman.
  • Steve Rogers possui habilidades e conhecimentos de inúmeras outras artes marciais, além de Judo e Boxe Americano.[necessitando citação] Todas as suas habilidades de luta ainda não são completamente conhecidas.[necessitando citação]
  • O Capitão América derrotou muitos adversários considerados mestres de todas as formas de artes marciais, o quais incluem o Punho de Ferro[114] e o Treinador.[115]
  • Steve Rogers é considerado um dos melhores combatentes humanos que a Terra já conheceu.[necessitando citação]
  • Steve Rogers é uma das poucas pessoas que o Deadpool realmente respeita, devido ao Capitão América ser o herói de infância de Wade. Uma vez que ambos ganharam suas habilidades como resultado da experimentação, Rogers tem empatia com Wade, e é um dos poucos heróis que realmente gostam do Mercenário Tagarela.

Explore e Discuta

Notas de Rodapé

  1. Vingadores #144
  2. Capitão América #180
  3. Capitão América #336
  4. Capitão América #120
  5. Vingadores Vol 3 #2
  6. Capitão América #411
  7. 7,0 7,1 Capitão América #451
  8. Guerra Civil #3
  9. Capitão América #304
  10. Novos X-Men #130
  11. 11,0 11,1 Espetacular Homem-Aranha #666
  12. Capitão América #405
  13. Vingadores Secretos #4
  14. Vingadores: A Iniciativa #1
  15. Deadpool #23-25
  16. Thunderbolts #50
  17. Capitão América #283 Em contradição com o fato de que Rogers supostamente teria um ancestral na era da Guerra da Independência que já vivia nas colônias que se tornaria os EUA, ao contrário de seus pais que eram imigrantes de fora dos EUA. Se for verdade, o Rogers da Guerra da Independência ou o seu descendente direto, o qual manteve o sobrenome de Rogers, deixou os EUA após a sua formação inicial como um país independente.
  18. Recontado em Capitão América #255
  19. Capitão América Vol 7 #11
  20. Capitão América #109
  21. De acordo com Aventuras do Capitão América #1-#4 (Out. de 1991 - Jan. de 1992) por Fabian Nicieza (uma reformulação mais tarde), o soro de Erskine despertava o "poder latente" do indivíduo em graus variados. Isto é diferente dos relatos anteriores, onde todos seriam aprimorados. De acordo com Erskine, testes foram realizados antes de o paciente receber o soro para ver quanto poder interno o paciente possuía, e se valia a pena o risco para despertá-lo. Não importa o quanto de poder latente o paciente possuía, a chance de sobrevivência era de 1 em 4 de funcionar. A maioria dos textos canônicos usam a aceitação padrão do Soro do Super Soldado, em vez de a aplicação seletiva deste retcon.
  22. Seu título de "Capitão" era aparentemente uma homenagem a um "Capitão Rogers" que serviu na Guerra da Independência
  23. Capitão América #247
  24. Capitão América #255
  25. Giant-Size Invasores #1
  26. Em O Que Aconteceria Se? #4 o Coronel Farrow lê um Dispacho Confidencial datado de 18 de Abril de 1945.
  27. 27,0 27,1 Vingadores #4
  28. Vingadores #5
  29. 29,0 29,1 Vingadores #10
  30. Vingadores #6
  31. Vingadores #7
  32. Vingadores #9
  33. Vingadores #15
  34. Vingadores #16
  35. Vingadores #24
  36. Vingadores #25
  37. Vingadores #47
  38. Vingadores #52
  39. Capitão América Vol 3 #22
  40. Sargento Fury e seu Comando Selvagem #13
  41. Capitão América Vol 3 #19 (embora eles tenham feito isso cedo demais, a ponto de falarem sobre se casarem em Capitão América #212, o que foi recontado como nunca tendo acontecido).
  42. Iniciada formalmente em Capitão América #133
  43. Capitão América #156
  44. Capitão América #158
  45. Capitão América #178
  46. Capitão América #183
  47. Capitão América #282
  48. Vingadores #277
  49. Capitão América #334
  50. Capitão América #337
  51. Capitão América #348
  52. Capitão América #351
  53. Filho Caído: A Morte do Capitão América #5
  54. Thor Vol 3 #11
  55. Capitão América: Renascimento #3-4
  56. Capitão América: Renascimento #4
  57. Cerco #1
  58. 58,0 58,1 Cerco #2
  59. Cerco #4
  60. Vingadores Sombrios #16
  61. Steve Rogers: Supersoldado #1
  62. Steve Rogers: Supersoldado #2
  63. Steve Rogers: Supersoldado #3
  64. Steve Rogers: Supersoldado #4
  65. Espetacular Homem-Aranha #667
  66. Venom Vol 2 #6
  67. Venom Vol 2 #8
  68. Espetacular Homem-Aranha #672
  69. Vingadores: Sanção X #1
  70. Vingadores: Sanção X #4
  71. Vingadores vs. X-Men #1
  72. Vingadores vs. X-Men #2
  73. Vingadores vs. X-Men #4
  74. Vingadores vs. X-Men #5
  75. Fabulosos Vingadores #1
  76. Fabulosos Vingadores #2
  77. Fabulosos Vingadores #4
  78. Capitão América Vol 7 #1
  79. Capitão América Vol 7 #3
  80. Capitão América Vol 7 #4
  81. Capitão América Vol 7 #5
  82. Capitão América Vol 7 #6
  83. Capitão América Vol 7 #7
  84. Capitão América Vol 7 #8
  85. Capitão América Vol 7 #9
  86. Capitão América Vol 7 #10
  87. Capitão América Vol 7 #22
  88. Capitão América Vol 7 #25
  89. Novos Vingadores Vol 3 #2
  90. 90,0 90,1 Novos Vingadores Vol 3 #3
  91. Pecado Original #3
  92. 92,0 92,1 Vingadores Vol 5 #29
  93. 93,0 93,1 Vingadores Vol 5 #34
  94. Vingadores Vol 5 #40
  95. Vingadores Vol 5 #44
  96. Guerras Secretas #1
  97. Capitão América: Sam Wilson #2
  98. Fabulosos Vingadores Vol 3 #1
  99. Tales of Suspense #63
  100. Guerra Secreta: Arquivos de Nick Fury #1
  101. Capitão América: Ameaça de Guerra - Seguindo em Frente #1
  102. Capitão América #302
  103. Capitão América #375
  104. Espetaculares X-Men Vol 2 #11
  105. Vingadores #170
  106. Capitão América #435-437
  107. Capitão América #198
  108. Quarteto Fantástico #26
  109. Vingadores Secretos #3
  110. Thor #390
  111. Essência do Medo #7
  112. Vingadores Vol 3 #20
  113. LJA/Vingadores #2
  114. Punho de Ferro #12
  115. Vingadores: A Iniciativa #34
  116. Capitão América: Vingador Americano #1
  117. Avengers: Roll Call #1


Predefinição:Os Invasores

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória