FANDOM






Quote1.png Eu não pretendo nada! Eu sou SUPREMO!! Em meu reino nativo EU ERA o universo! Quote2.png
-- Beyonder src 

Origem

O ser conhecido como Beyonder é, na verdade, um membro jovem da antiga raça de outro mundo conhecida como os Beyonders.[2] Ele foi atraído até a Terra por um feixe de táquions criado para atrair um meteorito de Vibranium, o qual foi usado pelos grupo de super-vilões geniais conhecidos como a Inteligência.[3]

O Beyonder observou a Terra durante vários anos e ficou fascinado ao descobrir que os seres que viviam lá não eram uma criação completa de si mesmos. Dentro de seu universo o Beyonder era completo; na verdade, ele era toda sua realidade. Como consequência, ele estava naturalmente surpreso ao descobrir que os seres da Terra eram meramente uma parte de um conjunto maior que compõe o seu universo; o qual era apenas um membro de uma coleção maior de universos, talvez de extensão infinita, chamada Multiverso! Assim, cada ser consciente na Terra era, no ponto de vista único do Beyonder, inerentemente "incompleto" e assim ele assumiu que deveria se esforçar para encontrar uma forma de reparar essa incompletude. Por essa razão, o Beyonder decidiu que a força motriz de todos os seres conscientes deveria ser o desejo, um estado emocional anteriormente desconhecido para ele, o qual se manifestava como um anseio por crescer, de ser, de evoluir em algo que não é atualmente, para assim poder alcançar a completude. De fato, após a compreensão de que ele (ao contrário do que acreditava antes) não era tudo o que existia, ele começou a ver a si mesmo como incompleto e, como resultado, descobriu que ele agora também sentia desejo.[4]

Para investigar a natureza do desejo, o Beyonder realizou um experimento. Vários heróis da Terra, incluindo o Hulk, o Homem-Aranha,[5] e membros dos Vingadores, do Quarteto Fantástico e dos X-Men, foram para o Central Park de Nova York para investigar uma enorme construção circular que havia se materializado no parque Sheep Meadow. Ao entrar na construção, os heróis (assim como a própria construção) foram teletransportados para uma área do espaço-tempo perto de uma galáxia distante da Terra. Da mesma forma, um grande número de vilões, incluindo o Homem Absorvente, Doutor Destino, Doutor Octopus, Encantor, Kang, Lagarto, Homem-Molecular, Ultron, Destruidor e a Gangue da Demolição, bem como o devorador de planeta Galactus, encontraram-se em uma outra construção dentro desta mesma área do espaço-tempo. A bordo das construções os passageiros assistiam com admiração como a galáxia mais próxima a eles foi aniquilada por uma força invisível, com exceção de uma única estrela. Então, diante de seus olhos, um planeta, que se tornou conhecido como Mundo Bélico, foi criada para orbitar a estrela. Finalmente, uma fenda abriu no espaço-tempo, a partir do qual vazou uma luz ofuscante, e os passageiros dentro das construções ouviu uma voz dizendo-lhes: "Eu sou do além! Destruam seus inimigos e todos os seus desejos serão realizados! Posso concretizar seus sonhos, sejam quais forem!" Os passageiros foram então enviados para o Mundo Bélico.[6] Lá, ao longo dos próximos dias, eles entraram em uma "guerra secreta" entre si; a maioria dos criminosos procurou destruir os heróis, a fim de ganhar o prêmio que o Beyonder havia prometido.[7]

Durante a "guerra secreta", o Doutor Destino usou meios tecnológicos para roubar os poderes aparentemente ilimitados do Beyonder e absorvê-los para dentro de si mesmo.[8] Muito enfraquecido para enfrentar Destino, o Beyonder secretamente possui o corpo do Garra Sônica,[9], o qual havia sido ressuscitado no Mundo Bélico[10] após a sua aparente destruição pela Cristal.[11] Controlando o subconsciente do Garra Sônica, o Beyonder o motivou a encorajar os medos do Destino de seus oponentes super-poderosos, como também criar dúvidas nele a respeito de seu controle sobre os seus novos poderes. O Beyonder também fez com que o Garra Sônica persuadisse Destino a o conceder parte de seu poder. Então, quando Destino estava batalhando para controlar seus poderes durante sua luta contra o Capitão América, o Beyonder deixou o corpo do Garra e recuperou seu poder completo. O Beyonder então desapareceu, e os participantes da "guerra secreta" retornaram para os lugares de onde haviam sido teletransportados.[12]

Charles Xavier tinha inicialmente planejado usar seus poderes para fazer com que todos adormecessem e assim ganhado tempo para ele e Reed Richards formular um plano de fuga, mas não o fez por causa de um medo justificável da ira do Beyonder. No entanto, ele imediatamente sentiu uma estranha presença mental e tentou escanear a mente do Beyonder, revelando-o como um dos Inumanos anteriormente governados por seu colega Illuminati Raio Negro. O aparente segredo por trás das habilidades aparentemente divinas do Beyonder também foram deduzidas por Xavier.[13]

Meses mais tarde, o Beyonder chegou a Terra para continuar seus estudos da humanidade e dos desejos. Ele nunca possui uma forma própria antes, mas agora ele criou uma forma física para si que se assemelhava a uma mistura dos corpos de vários participantes da "guerra secreta", para poder andar entre os humanos e cumprir o seu desejo por experiência nesse mundo. Depois ele criou para si um corpo idêntico do Homem-Molecular. Para estudar os efeitos de permitir à alguém a realizar suas fantasias, o Beyonder transformou o escrito de televisão Stewart Cadwall no Espada Trovejante. Cadwall começou a causar confusão com sua nova identidade, e foi enfrentado e derrotado por vários heróis.[4]

Posteriormente, o Beyonder deu a si mesmo um corpo idêntico ao do Capitão América.[14] Ele então se encontrou com vários heróis, mas achou difícil de entender - até mesmo para se relacionar - os conselhos dados sobre a natureza da vida por alguns deles. O Beyonder então se encontrou com uma figura do submundo chamado Vinnie, a quem, procurando fazer uso de seus poderes sobre-humanos, tornou-se seu "guia" para o mundo. Sob a influência de Vinnie, o Beyonder procurou riqueza, prazer e poder sobre os outros. Ele alterou ainda mais a sua aparência física, dando a si mesmo cabelo preto encaracolado e mantendo esta forma a maior parte de sua existência na Terra.[15]

O Beyonder finalmente se separou de Vinnie, e usou seus poderes para assumir o controle total de todas as mentes e até mesmo dos próprios átomos que compõem a matéria na Terra. No entanto, o Beyonder estava insatisfeito com isso e não encontrou prazer e nem uma razão para a servidão dos outros, não quando eles estavam sendo obrigados a agir como robôs. Por isso, ele liberou tudo e todos na Terra de seu controle; apagando até mesmo as memórias de sua conquista da Terra, embora ele tenha permitido que alguns poucos deles retivessem vagas lembranças disso.[1]

O Beyonder continuou suas experiências tendo casos com seres humanos. Em uma viagem para a galáxia de Andrômeda para localizar os Vingadores, ele foi o responsável pela fuga da vilã Nebulosa. Para estudar os efeitos do desejo de vingança, o Beyonder transformou o inimigo de Thor, o Elfo Negro Algrim, no poderosa ameaça Kurse. Ele também salvou Kathryn Twoyoungmen, conhecida como Talismã, do aprisionamento em um outro mundo. O Beyonder procurou fazer Alison Blaire, a Cristal, sua amante, e chegou ao ponto de doar metade de seu poder para ela, para que assim eles fossem iguais. No entanto, ela não estava apaixonada por ele, e o Beyonder decepcionado, mais uma vez em posse de seu poder total, despediu-se dela.[16]

Agora o humor do Beyonder começou a mudar também. Ele achou que o desejo era algo incomodo, e imaginou se deveria continuar a estudá-lo ou apenas retornar para o seu reino, aonde ele se sentira completo novamente. Por um breve período a mutante conhecida como Dinamite foi sua companheira, mas ela ficou aterrorizada quando ele ameaçou destruir todo o universo apenas por capricho. Ela aletrou os Vingadores sobre a sua ameaça, e eles então avisaram todos os outros heróis.[17]

Decidindo que não poderia simplesmente retornar ao seu reino e esquecer que já havia experimentado o desejo, o Beyonder permaneceu na Terra, mas acabou caindo em desespero. O feiticeiro Doutor Estranho o aconselhou a achar um propósito para a vida, e assim o Beyonder decidiu se tornar um campeão da vida assim como o próprio feiticeiro.[18] Ele agiu como um "super herói" tanto na Terra, como em outros planetas, mas ainda assim estava incerto sobre o seu papel no universo, especialmente após o Capitão América e o Senhor Fantástico avisaram ele sobre os seus temores de que a humanidade iria se tornar muito dependente do Beyonder para resolver os seus problemas para eles. Encorajado pelo seu assessor, um jornalista chamado Dave, o Beyonder superou suas próprias dúvidas. Ele então obliterou a própria Morte do universo, ganhando assim a ira de Mephisto, o governante "satânico" de um reino extra-dimensional dos mortos. No entanto, o Homem-Molecular convenceu o Beyonder que não havia sentindo na existência sem a morte, e assim o Beyonder trouxe a Morte de volta à existência através do sacrifício do repórter Dave.[19]

O Beyonder foi para a uma ilha nos Mares do Sul para meditar. Enquanto estava lá, um exército de criminosos super-humanos reunidos por Mephisto o atacaram, mas ele foi salvo pelo Coisa. Inspirado pelo heroísmo do Coisa, o Beyonder decidiu inspirar os outros, para assim encontrar o seu verdadeiro papel na vida.[20] Mas, novamente, o Beyonder usou seus poderes para controlar a mente dos outros para fazer isso. Após o Puma não conseguir matá-lo, ele se convenceu de que estava perdendo seu tempo tentando iluminar os outros.

Furioso, o Beyonder agora acreditava que ele não possuía um papel no universo, e decidiu que ele ficaria mais feliz se destruísse o Multiverso, assim ele ficaria sozinho novamente. Os seus poderes eram temidos até mesmo pelos próprios deuses. Ele matou a maioria dos Novos Mutantes e enfrentou os Vignadores e Rachel Summers como Fênix. Finalmente, vários heróis da Terra juntaram forças para impedir o Beyonder de uma vez por todas, mas não tiveram sucesso.[21]

Em um santuário subterrâneo abaixo das Montanhas Rochosas do Colorado, o Beyonder decidiu que talvez ele pudesse encontrar o contentamento que ele procurava por tornar-se um ser mortal. O Beyonder criou uma máquina para realizar esta transformação e a testou ressuscitando os Novos Mutantes que ele havia matado anteriormente. Ele então transformou a si mesmo em um ser mortal, sem poderes sobre-humanos. Ele foi então imediatamente atacado por Mephisto, o qual buscava vingança. O Beyonder rapidamente recuperou seu enorme poder e imortalidade, e decidiu que, a fim de proteger-se de seus inimigos, ele iria usar a máquina para transformar-se em um ser mortal, mas que ainda mantivesse seu poder completo. O Homem-Molecular e os vários heróis se uniram e atacaram o Beyonder em seu santuário, mas ele derrotou todos eles. No final, o Beyonder entrou na máquina e foi transformado por ela em uma criança mortal e então a máquina começou a transferir o vasto poder do Beyonder para esta forma recém-criada. A máquina iria então o envelhecer rapidamente sua forma de criança em um adulto e libertá-lo. Acreditando que ele deveria aproveitar o que lhe parecia a única chance que ele poderia ter em salvar o multiverso de ser eventualmente destruído pelo Beyonder, o Homem-Molecular destruiu a máquina, matando assim a criança dentro. A destruição da máquina liberou a enorme energia do Beyonder, a qual o Homem-Moelcular transferiu para outra dimensão, a dimensão de onde o Beyodner havia saído, a qual se encontrava vazia no momento. Assim a energia do Beyonder causou a criação de um novo universo.[22].

Nesse novo universo, o Beyonder era tudo e todos. Todas as religiões existentes eram baseadas nele e ele era o centro de tudo. Então o Quarteto Fantástico, com o Coisa, a Mulher-Coisa, o Tocha Humana e o Doutor Destino, apareceram nesse universo. Isso perturbou o Beyonder, pois ele finalmente satisfeito com sua existência e desejava esquecer sobre o outro universo aonde ele havia vivido antes. O Beyonder ataca eles, mas Destino consegue o persuadir de que eles queriam apenas conversar. Quando os eventos da Guerras Secretas I aconteceram, a mente de Victor Von Doom encontrava-se mo corpo de outro homem, então o Beyonder trouxe o Destino do futuro. No entanto, ele não possuías as memórias do tempo que ele passou no corpo do outro homem, assim ele desejava que o Beyonder recuperasse suas memórias dessa época. Quando o Beyonder estava prestes a realizar o desejo dele, o Figurador e Kubik apareceram. Ambos era Cubos Cósmicos que evoluíram e obtiveram consciência e personalidade. Eles disseram ao Beyonder para não realizar o desejo de Destino, mas ele não os ouviu, pois acha esta muito acima deles em poder e autoridade. No entanto, Kubik decidiu provar que ele estava errado, e o enfrentou de igual para igual, para a surpresa do Beyonder. Vulcana e o Homem-Molecular apareceram, ajudando no combate. Em um momento da batalha, Kubik segurou o universo inteiro do Beyonder em sua mão e estava prestes a esmagá-lo, quando o Figurador o impediu. Eles explicaram ao Beyonder que Destino desejava suas memórias de votla porque acreditava que com elas, ele estaria completo, e talvez fosse capaz de conseguir controlar o poder do Beyonder. Após o Figurador e Kubik explicarem que os poderes do Beyonder e do Homem-Molecular vieram de um Cubo Cósmico, e que sua criação era na verdade a criação de um Cubo Cósmico defeituoso pela raça de seres extra-dimensionais chamada de Beyonders, ele aceitou ser remodelado em um cubo,[23], o qual evoluiu em uma entidade chamada Kosmos.[24]

Confrontado os Illuminati

Beyonder se Encontra com os Illuminati.png

Beyonder se encontra com os Illuminati

Durante uma reunião dos Illuminati, o Professor Xavier contou sobre quando escaneou a mente do Beyonder durante as Guerras Secretas. O Professor então explicou para os Illuminati que o Beyonder não era apenas um Inumanos, mas um mutante Inumano. Todo Inumano entra na Névoa Terrígena para ganhar os poderes pelos quais a raça é conhecida, mas a anomalia genética do Beyonder mudou radicalmente a experiência para ele, e seus poderes cresceram exponencialmente a níveis sem precedentes. Querendo saber mais informações sobre o Beyonder, os Illuminati acabaram descobrindo que o Raio Negro, o rei dos Inumanos, parecia não se lembrar do Beyonder.

Beyonder Parte Forma Física Se Desfaz.png

A partida do Beyonder

Xavier então diz que sentiu telepaticamente que o Beyonder estava por perto novamente. Usando o Cérebro, eles foram capazes de rastrear a assinatura do Beyonder até o planeta anão Ceres, localizado dentro do cinturão de asteroides no nosso sistema solar. Decidindo confrontar o Beyonder antes que ele se tornasse uma ameaça novamente, eles viajaram até Ceres, mas acabaram encontrando uma réplica da ilha de Manhattan flutuando no meio dos asteroides. Ao aterrissarem na cidade, a qual possuía réplicas de vários heróis da Terra, os Illuminati são recebidos pelo próprio Beyonder. Ao ver Raio Negro, o Beyonder se ajoelhou diante dele, provando sua lealdade a seu rei. Os Illumianti então tentara fazer o Beyonder entender que a sua própria existência era um distúrbio para a ordem natural das coisas, explicando a origem dele e pedindo que ele abandone o universo imediatamente.[25] Durante a conversa, Beyonder pergunta como Raio Negro esta vivo depois de tanto tempo, indicando que o Raio Negro que ele conhecia já era rei a muito tempo atrás, e portanto o Beyonder talvez seja de outra linha do tempo.

O Beyonder então explica que suas únicas intenções são fazer o bem. Irritado, Namor, falando em nome do Raio Negro, exige que o Beyonder se comporte como ele deveria, obedecendo a vontade de seu Rei, e deixando o universo, para nunca mais voltar. Entristecido, e ainda hesitante, o Beyonder finalmente cumpri a vontade dos Illuminati e deixa Ceres, sua forma corpórea então vira pó. Imediatamente após a partida do Beyonder, todas as suas criações começam a ruir e desmoronar. Os Illuminati então partem, tendo comprido seus objetivos. O Professor X e o Dr. Estranho já não sentem mais a presença do Beyonder, e o Professor então lê a mente do Raio Negro, e diz aos outros que ele ainda não se lembra do Beyonder como um Inumano. No entanto, após eles estarem distantes, o Beyonder e seu modelo de Manhattan reaparecem, e ele volta a fazer o que estava fazendo antes.[26][13]

Mais tarde, acreditava-se ter visto o Beyonder junto com o Homem-Molecular e diversos outros vilões poderosos, mas foi revelado que eles eram todos criações do Homem-Molecular após ele perder a noção da realidade.[27]

Poderes

Em todas as suas versões, o Beyonder tem a capacidade geral de manipular a realidade. O Beyonder original era considerado como sendo o ser mais poderoso no multiverso, tendo superado Entidades Cósmicas, como o Tribunal Vivo e a Eternidade. Ele era capaz de causar destruição em nível multiversal, tendo conquistado toda a Terra com apenas um pensamento. Ele também possui vastas habilidades psíquicas, as quais permitiram que ele escaneasse as mentes do mundo todo,[15] neutralizasse sondas psíquicas de poderosos telepatas,[28] apagasse as memórias a respeito dele de todos os seres humanos no planeta,[1] entre outras habilidades. Sua capacidade cognitiva é tão poderosa que ele pode assimilar conhecimento de todo o multiverso.[29] Ele também pode facilmente mudar os estados da matéria, e tem uma série de poderes diferentes. Ele é dotado de força sobre-humana de tal forma que é potencialmente incalculável. Usando sua habilidade de manipular a realidade, ele pode regenerar danos causados ao seu corpo por simplesmente querer que ele se repare. Outros poderes incluem teletransporte, voo, a capacidade de escolher suas próprias resistências físicas e atributos, bem como a capacidade de mover os outros de um lugar para outro por meio de teletransporte, como os heróis e vilões que ele moveu através do espaço-tempo para o "Mundo Bélico" nas Guerras secretas originais. No entanto, O Beyonder passou por vários retcons, o que reduziu significantemente seus poderes. Os retcons tornaram O Beyonder mais fraco do que muitas Entidades Cósmicas, mas ele ainda reteve seus poderes praticamente infinitos de modificar a realidade. Inerente em suas habilidades psíquicas quase ilimitadas, o Beyonder tem o potencial para afetar a realidade de uma maneira que poderia, em tese, simular virtualmente qualquer poder.

Nível de Força

Devido a sua Quase-Onipotência, ele possui força ilimitada.

Fraquezas

O Beyonder não possui nenhuma fraqueza, mas ele foi uma vez despojado de seus poderes pelo Doutor Victor Von Doom no Mundo Bélico e mais tarde se tornou mortal, embora isso tenha sido por vontade própria, por colocar seus poderes em uma máquina. É possível para o Beyonder ficar enfraquecido, embora apenas realizando grandes feitos, tais como destruir uma força fundamental do universo como a própria Morte. No entanto, mesmo nesse estado, ele era incrivelmente poderoso, tendo força o suficiente para banir uma legião de demônios de volta para o Inferno com um único movimento.[19] O Puma quando em perfeita harmônia com o universo, afirmou ser capaz de destruir o Beyonder. O Beyonder também teve que se esforçar em sua batalha contra o Homem-Molecular,(o qual era uma entidade de nível multiversal) e foi sobrecarregado pela Rachel Summers Fênix, tendo desmaiado após isso, embora apenas depois de ele ter fornecido a ela poder o suficiente para fazer isso.[30] Apesar disso, ele afirmou ser onipotente ou quase onipotente em diferentes ocasiões, e de possuir o poder milhões de vezes maior que a escala Multiversal. Similarmente, apesar de afirmar ser onisciente, ele não possuía conhecimento sobre o multiverso fora de seu próprio reino, e teve que descobrir tudo por experiência.



Transporte

Teletransporte extra-dimensional usando seus próprios poderes.

  • Em Novos Vingadores Illuminati Vol 2 #3, a aparente revelação da verdadeira origem do Beyonder gerou um conflito com o Beyonder durante os eventos da segunda Guerra Secreta, aonde Raio Negro expressou descontentamento com as ações do Beyonder. Quando encontrado, o Beyonder estava habitando uma réplica da Ilha de Manhattan em Ceres, um planeta anã no cinturão de asteróides. A cena que está acontecendo lá quando os Illuminati chegam é da série Guerras Secretas II (a destruição da sede do Poderoso e do Punho de Ferro). Na Comic-Con de 2007 na Filadélfia, o escritor Brian Michael Bendis admitiu que a cena no asteróide foi deliberadamente vaga, permitindo que os leitos tirassem suas próprias conclusões quanto as conexões com as Guerras Secretas II. Ele também afirmou não ter recebido crédito o suficiente por manter um personagem de 1997. A história em si é deliberadamente ambígua; o Raio Negro, por exemplo, não se lembra do mutante Inumano que desapareceu, tornando possível que o Beyonder tenha organizado tudo isso como um jogo mental.
  • Se o Beyonder é realmente um Inumano, então nenhuma das história envolvendo ele como um Cubo Cósmico poderia logicamente ter acontecido, já que o Beyonder não era um, e as afirmações do Figurador e Kubik sobre isso estavam incorretas. Essa pode ter sido a maneira da Marvel de recontar implicações problemáticas decorrentes dessas histórias.
  • Originalmente, a entidade conhecida como Beyonder constituía um universo de outra dimensão, chamado de "Reino-Beyond", em que ele existia. A entidade desconhecia a existência de outros seres até que, vários anos atrás, o acidente atômico que transformou Owen Reece no Homem-Molecular abriu uma "fenda" inter-dimensionarl entre o Reino-Beyond e o universo em que a Terra existe.[necessitando citação]

Explore e Discuta

Notas de Rodapé

  1. 1,0 1,1 1,2 Guerras Secretas II #3
  2. Novos Vingadres Vol 3 #33
  3. Queda dos Hulks: Alfa #1
  4. 4,0 4,1 Guerras Secretas II #1
  5. O Espetacular Homem-Aranha #251
  6. Marvel Super Heroes Guerras Secretas #1
  7. Marvel Super Heroes Guerras Secretas #2-#9
  8. Marvel Super Heroes Guerras Secretas #10-#11
  9. Marvel Super Heroes Guerras Secretas #11
  10. Marvel Super Heroes Guerras Secretas #6
  11. Cristal #9
  12. Marvel Super Heroes Guerras Secretas #12
  13. 13,0 13,1 Novos Vingadores Illuminati Vol 2 #3
  14. Os Fabulosos X-Men #196
  15. 15,0 15,1 Guerras Secretas II #2
  16. Guerras Secretas II #4
  17. Gerras Secretas II #5
  18. Doutor Estranho Vol 2 #74
  19. 19,0 19,1 Guerras Secretas II #6
  20. Guerras Secretas II #7
  21. Guerras Secretas II #8
  22. Guerras Secretas II #9
  23. Quarteto Fantástico #319
  24. Quarteto Fantástico Anual #23
  25. Os Illuminati usaram uma lógica especiosa para tentar convencer o Beyonder que ele estava perturbando a ordem natural das coisas. Como o próprio Beyonder respondeu: "Mas eu sou parte da ordem natural do universo. O universo me criou, assim como criou você." Eles disseram que isso não era verdade, porque ele foi criado pelo seu gene mutante, como se isso não fosse natural. Se fosse assim, então nenhum mutante seria "natural." Isso também é um pouco estranho em relação as várias origens do Beyonder. Em sua origem original, e na origem do Cubo Cósmico, ele era de fato de outro universo, e portanto "não natural" do nosso. No entanto, apenas nessa nova origem o Beyonder é de fato do nosso universo e portanto natural.
  26. Existem diversas coisas estranhas sobre essa história. Primeiro, não é claro quando ela acontece. Evidentemente ela acontece após as Guerras Secretas I, e como Richards menciona estar escaneando o Beyonder desde o Mundo Bélico (e não mencionar nada a respeito das Guerras Secretas II), parece provável que ocorra antes das Guerras Secretas II. Além disso, Namor não possui lembranças do Beyonder, e eles se encontraram em Guerras Secretas II. O fato de essa história acontecer antes de Guerras Secretas II também é interessante, porque todos os eventos que o Beyonder "recria" em sua falsa Manhattan são eventos que aconteceram em Guerras Secretas II. Ele está, na verdade, prevendo o que vai acontecer, antes que aconteça. O porque de ele estar fazendo isso não está claro. Isso, em conjunto com o fato de que ele pensa que o Raio Negro morreu há muito tempo atrás, levanta a possibilidade de que ele tenha vindo de uma linha do tempo futura. Além disso, o Sr. Fantástico não foi capaz de registrar a presença do Beyonder em seu sensor, mas o Professor X conseguiu. Não está claro se o Raio Negro se lembrou ou não do Beyonder. Tudo isso aumenta as chances de esse não ser o verdadeiro Beyonder, ou apenas truque para confundir os heróis. Além disso, também existem problemas a respeito do Homem-Molecular, já que anteriormente a origem deles estava conectada. Se o Beyonder conseguiu seu poder da Névoa Terrígena, de onde o Homem-Molecular obteve o seu poder? Esse retcon também gera problemas com histórias anteriores do personagem. Se a origem de mutante Inumano é verdadeira, então como interpretamos as várias edições dedicadas a origem do Cubo Cósmico do Beyonder? Por fim, a história não tem sido referenciada em outras histórias desde a sua publicação, então ela pode ou não tornar-se canon.
  27. Vingadores Sombrios #11-#12
  28. Novos Mutantes #30
  29. Incrível Hulk #312
  30. Fabulosos X-Men #202
  31. Guia Oficial do Universo Marvel A-Z #1
  32. Guia Oficial do Universo Marvel A-Z Vol 1 1



Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória