FANDOM






Quote1 A metamorfose já começou. Eu sinto você, todos vocês, estendendo a mão ao longo da teia que todos nós compartilhamos. Seja lá o que você era ontem, essa era uma outra época. Uma vida diferente. Vocês todos são meus filhos agora. Minha colônia. Meu reino. E eu sou sua rainha. Quote2
-- A Rainha src 

Origem

Nos primeiros dias da Segunda Guerra Mundial, Adriana "Ana" Soria se juntou ao Corpo de Mulheres Auxiliares do Exército. Temendo que a América não era poderosa o suficiente para conter as ambições dos Japoneses e Soviéticos, esforços foram feitos no final da guerra para retomar os experimentos do Super-Soldado que haviam produzido o Capitão América. Candidatos geneticamente aptos foram selecionados entre as fileiras dos Estados Unidos, e convocados para uma unidade especial do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos como parte da Operação Crossroads. Soria, posteriormente, se tornou a mulher do Fuzileiros Navais a entrar em combate.

A certa altura, a unidade de Soria foi colocada ao longo do Atol de Bikini para absorver a radiação das armas nucleares que estavam sendo testadas no local, na esperança de que iria ativar quaisquer habilidades latentes que eles possuíssem. Nenhum dos indivíduos foram devidamente informados sobre isso antes do início da experiência. A maioria dos indivíduos logo pereceram de envenenamento por radiação, enquanto o estresse sobre o metabolismo de Ana a deixou insana. As habilidades de Soria não vieram à tona imediatamente, e o experimento foi considerado um fracasso. Ela passou vários anos em um asilo, antes de escapar e ir para o subterrâneo na década de 1950. Em 1954, ela sequestrou o Professor David Jaffe, o cientista responsável pela Operação Crossroads.

A Rainha

Ela mais tarde apareceu em Cidade de Nova York, chamando-se de "A Rainha" e com pleno comando sobre suas habilidades. Ela ocupou um arranha-céus de Manhattan como sua "colmeia", onde ela se cercou com drones humanos. O Capitão América e o Homem-Aranha começaram a investigar. No entanto, o Homem-Aranha possuía o gene inseto, e não podia resistir ao controle de Soria. Soria selecionou o Homem-Aranha como seu cônjuge, e o infectou com uma enzima mutagênica através de seu beijo. Soria forçou vários de seus drones a saltarem para a morte, em um esforço de quebrar a vontade do Homem-Aranha, e a S.H.I.E.L.D. lançou um ataque, o qual acabou não tendo sucesso, antes do Capitão América fazer com que Soria caísse do edifício.

A Rainha sobreviveu, e reuniu um novo exército de drones e construiu um laboratório subterrâneo no sistema de metrô de Manhattan. Enquanto isso, a enzima mutagênica gradualmente deu ao Homem-Aranha a forma de uma aranha real, com quatro olhos, oito membros, e presas. O Professor Jaffe foi colocado para trabalhar na construção de uma bomba que iria interromper os processos cognitivos humanos, semelhante a desenvolvido pelos Estados Unidos durante a Guerra Fria. A bomba pouparia a maioria das formas de vida, incluindo os insetos, mas mataria os seres humanos sem o "gene inseto". Quando a bomba estava pronto, Soria emitiu um aviso: evacuar todos dentro de um raio de 600 milhas.

O Homem-Aranha foi instintivamente atraído até a rainha, a qual lhe subjugou e o manteve aprisionado enquanto ele completava sua transformação em uma aranha gigante. A aranha havia sido projetado para dar à luz a sua prole, mas morreu devido a complicações decorrentes da rápida metamorfose.

Em um acesso de raiva, Ana destruiu o laboratório com seus poderes telecinéticos, e ordenou que seus drones ativassem a bomba. Ana partiu antes que ela pudesse ver a casca da aranha se abrir, revelando um Peter Parker renascido. Parker estava na maior parte inalterado, mas pareceu ganhar características de aranha adicionais. O Homem-Aranha conseguiu desarmar a bomba, e Ana parecia ter sido morta em uma explosão não relacionada, quando a S.H.I.E.L.D. atacou sua base subterrânea.

Amazing Spider-Man Vol 1 669 029

O retorno da Rainha!

Ilha das Aranhas

A Rainha foi o cérebro por trás de uma infestação de poderes-aranha, planejando transformar todos em aranhas para que ela pudesse os dobrar à sua vontade. Aproximando-se do Chacal, ela forneceu a ele uma amostra de tecido retirada da casca deixada para trás após Peter Parker trocar de pele.[2] Usando isso, o Chacal foi capaz de criar um vírus que ligava as pessoas infectadas com a Teia da Vida, concedendo a elas poderes idênticos aos do Homem-Aranha e eventualmente as transformando em Aranhas-Humanas ou em aranhas gigantes, permitindo que a Rainha os controlasse usando seus poderes. Em algum momento antes da Ilha das Aranhas, ela lutou contra Rogers, e com a ajuda do Chacal, ela o transformou no monstruoso Rei-Aranha.[3]

À medida que mais e mais pessoas eram infectadas com a "Gripe-Aranha", a conexão da Rainha com a Teia da Vida era amplificada, e com ela seus poderes.[1] Quando ela descobriu que as pessoas nos Laboratórios Horizon estavam trabalhando em uma cura para a mutação, ela usou seus poderes para manipular os infectado Jonah Jameson para matar Alistaire Smythe, o qual descobriu uma maneira de lutar contra a epidemia.[4]

No entanto, ela logo descobriu que eles já haviam encontrado uma cura contra as mutações, e já haviam curado o Homem-Aranha. O Chacal enviou Tarantula, o Kaine mutado, clone do Homem-Aranha, para destruir a cura, mas o Homem-Aranha recuperou seu sentido de aranha durante a luta e o jogou no lago de anti-corpos, o curando no processo.[5]

Mutated Spider-Queen

Forma mutada

Com raiva, ela matou o Chacal com seu grito sônico, e descobriu que o mesmo processo que havia retornado o sentido de aranha do Homem-Aranha, havia aumentado seus poderes para níveis divinos.[5]

Mais tarde, ela lutou contra o Capitão América, o qual havia sido curado, e quase o derrotou. No entanto, Venom conseguiu feri-la mortalmente com escudo do Capitão América. De repente, ela começou a se transformar em um monstro-aranha de vinte e oito andares de altura, drenando poder de todos os mutantes de Nova York. Enquanto ela estava lutando contra dezenas de super-heróis, o Homem-Aranha usou os antigos octo-bots do Doutor Octopus para distribuir a cura para os milhões de Nova-Iorquinos.[6][7]

Com seus poderes diminuindo rapidamente por causa disso, a Miss Marvel jogou Kaine em direção a Rainha. Kaine, não afetado pela Grito Sônico da rainha graças ao traje furtivo do Homem-Aranha, usou seus ferrões para atravessar a cabeça da Rainha. Os outros heróis tiveram a oportunidade de atacá-la, e rapidamente fizeram com que ela explodisse por toda a cidade. O Homem de Ferro realizou uma autópsia nela mais tarde e descobriu que ela era de fato Adriana Soria e que ela estava morta.[7]

O Chacal roubou um de seus membros e usou seu DNA para criar vários clones que ele chamou de Princesas-Aranha. Os clones foram destruídos em uma batalha contra Alfa e o Homem-Aranha.[8]

Poderes

Foi afirmado que um terço da população humana do mundo ainda carregava um vestígio do "gene inseto", e Ana é a única mutante conhecida desta subespécie, o Homo Insectus. Os poderes de Ana eram latentes, até que eles foram ativados pela exposição da radiação nuclear.[9] Ilha das Aranhas revelou que os poderes ela estão conectados com a Teia da Vida e do Destino.[1][10]

  • Força Sobre-Humana: Soria pode erguer cerca de 1 tonelada.[7]
  • Telepatia: Soria pode se comunicar com seus drones por longas distâncias através de telepatia. Ela utiliza sua telepatia para também controlar as mentes de insetos e seres humanos com os genes de insetos.
    • Manipulação de Inseto:[11] Soria pode comandar insectos, bem como seres humanos que possuem o "gene inseto" e aqueles infectados pela Vírus-Aranha. Ela pode controlá-los telepaticamente através de suas mentes ou simplesmente controlando suas funções motoras telecineticamente. Os drones permaneciam conscientes do que estava acontecendo a sua volta, mas apenas indivíduos com grande força de vontade, como o Homem-Aranha, podiam demonstrar qualquer resistência a seus comandos.
    • Ataques Psíquicos: [7]
  • Telecinesia:[7] Soria pode psionicamente manipular massa no espaço, ou seja, levantar, mover ou interromper o movimento de objetos animados e inanimados. Ela utiliza sua telecinesia para controlar as funções motoras de quaisquer insetos ou seres humanos que possuíam o gene de insetos.
  • Enzima Mutagênica: A saliva de Soria contém um composto mutagênico,[12] o qual dava poderes de aranhas as pessoas contaminadas com ele, os conectando com a Teia da Vida e do Destino,[1] e eventualmente os transforma em monstros aranha antropomórficos. Esta enzima é, ao menos parcialmente, de natureza mística, uma vez que parece ter efeitos únicos sobre os que já possuem o gene inseto e/ou estão ligados à Teia da Vida. Mutar as pessoas em "Homo arachnis" amplificava a própria conexão de Adriana com a Teia,[5] aumentando seu poder e permitindo a sua transformação em uma forma monstruosa.
    • O Homem-Aranha foi transformada em uma aranha gigante,[13] então transformado em uma forma humana com habilidades evoluídas e teias orgânicas.[14] Amostras das células da casca deixada para trás foram usadas na criação da "Gripe-Aranha" do Chacal, e concedeu a maioria da população de Nova York poderes idêntico aos do Homem-Aranha, antes de os transformar em monstros aranha.[7]
    • Anya Corazon adquiriu poderes de aranha idênticos ao do Homem-Aranha como resultado da exposição a Infecção-Aranha, e os manteve, mesmo após ser exposta ao antídoto.
  • Grito Sônico: Soria pode emitir uma perigosa rajada de som.
  • Mudança de Forma: Soria também era capaz de se transformar em uma monstruosa criatura aranha.[6] O poder desta criatura dependia da quantidade de aracnídeos que ela possuía para se alimentar através da Teia da Vida.[7]

Em sua forma aranha, foi afirmado que ela era uma Ameaça de Nível Ômega pelo aviador Phillips (o piloto do Capitão América) e pelo próprio Capitão logo depois.[7]

Foi afirmado que ela possuía inúmeras outras habilidades sobre-humanas.[7]

Habilidades

Soria possui treinamento militar e é perita em várias formas de combate armado e desarmado.

Nível de Força

Classe 1 (Uma Tonelada)



  • Existem vários buracos na breve história de Ana Soria. De acordo com Guia Oficial da Marvel, Ana foi exposto a radiação no Atol de Bikini, enquanto a própria Ana se lembra de ser irradiada em um deserto em O Espetacular Homem-Aranha Vol 2 #17. O Guia diz apenas que ela foi a primeira Fuzileira do sexo feminino a entrar em combate, enquanto Ana se lembrava que a maioria da sua unidade não foi capaz de completar os rigores do treinamento, depois que ela foi convocado para os fuzileiros navais do Corpo de Mulheres Auxiliares.

Explore e Discuta

Notas de Rodapé

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.