FANDOM






Quote1 É a... Joia da Alma... ela me enfrenta... está tentando... se libertar do meu controle... novamente! Eu posso sentir... ela quer sugar... as Almas... destes Cavaleiros caídos... exatamente como ela fez... com o Autolycus... eu não posso permitir... que isso aconteça... não outra vez! Eu consegui! Eu a tenho sobre controle novamente! Mas foi tão... tão difícil! Eu temia que poderia chegar a isso! A Joia da Alma está constantemente ficando mais forte e acabando aos poucos com o controle subconsciente que eu tinha sobre ela nos últimos três anos! Ela procura ser livre para satisfazer a sua fome por almas frescas, para sugá-las de seres vivos! Eu uso um Demônio na minha testa... um Monstro que agora percebo que... eu devo destruir! Quote2
-- Adam Warlock src 

"Ele"

Warlock foi criado pelo grupo de pesquisadores que se chamavam de a "Colmeia."[2] O objetivo dos pesquisadores era criar o ser humano perfeito, o auge da futura evolução humana. Felizmente para os habitantes da Terra, o novo ser era uma criatura além do controle de seus criadores. A criatura que eles haviam criado, até então conhecida apenas como "Ele," surgiu - e imediatamente sentiu que seus criadores desejavam o usar para fins malignos. Ele atacou, danificando o complexo e ferindo seus "pais", e logo escapou.[3]

Infelizmente para "Ele", ele era um ser sem experiência de vida, devido à sua concepção única. Ele logo se encontrou com Thor, e tentou raptar a Lady Sif, a fim de acasalar com ela.[4] (Este ato seria repetido de uma forma mais benigna, mas não menos enfurecedora, por sua irma genética "Ela", agora conhecida como Kismet.) Thor naturalmente se ofendeu com este sequestro, e prontamente espancou o jovem Divino até quase a morte. "Ele" prontamente se retirou para a segurança de um casulo regenerativo para assim renascer mais tarde.[5]

Renascimento

Após o seu renascimento, "Ele" foi renomeado de Warlock pelo Alto Evolucionário, o qual se tornou uma força orientadora na vida do renascido Warlock. O Alto Evolucionário deu propósito, direção e a Joia da Alma para Warlock. Logo depois, Warlock viajou para o planeta chamado Contra-Terra, um dos experimentos do Alto Evolucionário, o qual recentemente havia sido contaminado. A Contra-Terra tinha sido uma tentativa de criar uma sociedade utópica, e ela tinha sido, pelo menos até o maligno Homem-Fera, uma criação renegada do Alto Evolucionário, a corromper.[6] Warlock encontrou quatro adolescentes, David Carter, Jason Grey, Eddie Roberts e Ellie Roberts. Ellie deu-lhe o nome de "Adam", porque ela achava que ele precisava de dois nomes em vez de um, como era em seu planeta. Após a chegada de Warlock, Kohbra o localizou para o Homem-Fera, e enviou Rhodan atrás dele. Warlock enfrentou Rhodan, e acabou o retornando à sua forma original.[7]

O grupo viajou para a cidade, e foram enganados pelo Homem-Fera (disfarçado como um profeta) a encontrar o seu covil. Warlock foi capturado e foi forçado a se juntar ao lado do Homem-Fera ou ser morto.[8] Warlock disse ao Homem-Fera que ele nunca iria ficar ao seu lado, então o o Homem-Fera fez com que Warlock pensasse que seus amigos o haviam traído. Mas isso acabou dando errado para o Homem-Fera, pois apenas enfureceu Warlock ainda mais, e ele acabou derrotando o Homem-Fera.[9]

Campeão da Contra-Terra

Warlock se tornou o primeiro super-herói na Contra-Terra. Ele viajou por esse mundo com David, Jason, Eddie e Eliie, tentando livrar a Contra-Terra da presença do Homem-Fera. O pai de Eddie e Ellie, o Coronel Barney Roberts, pediu a Warlock para estar presente durante o lançamento de um foguete. No entanto, durante o lançamento, os espectadores foram atacados pelo Novo Homem Triax. Triax agarrou Eddie e Ellie, e os levou para o topo de um edifício. Warlock lutou contra Triax, mas foi a intervenção dos aviões de ataque do Coronel Roberts que fizeram com que Triax jogasse Eddie para fora do edifício, para sua morte. Warlock não pôde salvar Eddie Roberts, e isso o enfureceu tanto que ele matou Triax.[10]

Adam Warlock (Earth-616) from Warlock Vol 1 8 0001

Um monumento que as pessoas da Contra-Terra fizeram para Adam Warlock.

Depois do funeral de Eddie, Warlock foi se esconder no deserto de Mojave, onde ele criou um casulo em volta de si e dormiu nele por algumas semanas. Ele foi despertado quando dois geólogos descobriram que o Presidente Rex Carpenter estava fazendo testes com bombas perto da falha geológica de San Andreas, e isso iria acabar causando terremotos. Quando a bomba explodiu, Warlock conseguiu conter a maior parte da destruição, mas a bomba também provocou a ativação das Aves de Rapina, robôs assassinos em formas de pássaros. Warlock, com a ajuda do Victor von Doom da Contra-Terra, derrotou as Aves de Rapina, e Warlock foi louvado como um herói pelo povo. No entanto, sua vitória foi de curta duração, porque algumas horas mais tarde, o presidente foi ao ar com uma mensagem na TV dizendo que Warlock era uma ameaça e um perigo para todos.[11] Depois disso, Warlock foi atacado pelo Exército dos Estados Unidos da Contra-Terra, e foi forçado a se esconder. Astrella, quem ele havia conhecido anteriormente, se encontrou com ele, e o disse onde poderia encontrar seus amigos. No entanto, isso era uma armadilha, e Warlock teve que lutar contra o Bruto e os militares ao mesmo tempo. Ele se reuniu com Von Doom em uma cabana, aonde um Jason Grey espancado os advertiu de que todos estavam em apuros.[12] Jason contou os detalhes a eles enquanto eles o colocavam para dormir. Ele disse que David e Ellie tinham sido falsamente presos por supostamente terem iniciado um motim. Warlock foi socorrê-los, e quando ele chegou na delegacia, ele parou os manifestantes irritados, mesmo eles estando de seu lado. Assim que Warlock levou David e Ellie para fora, Von Doom correu até eles dizendo que Bruto havia voltado e estava drenando toda a energia geotérmica da Contra-Terra. Warlock e os outros viajaram para o núcleo da Contra-Terra para detê-lo. Warlock lutou contra o Bruto, mas no final, foi o sacrifício heroico de Von Doom que salvou a vida de todos.[13] Poucos dias depois, um motim eclodiu em Washington D.C. O motim foi causado por duas criaturas, e Warlock, sendo o herói, saiu para salvar os cidadãos. Enquanto Warlock lutava contra as bestas, eles o teletransportaram para dentro do Salão Oval da Casa Branca e desapareceram. O Presidente Carpenter, que estava esperando por Warlock lá, revelou que ele era na verdade o Homem-Fera o tempo todo.[14]

Duas semanas mais tarde, tendo provavelmente perdido a luta para o Homem-Fera, Warlock foi liberado do cativeiro pelo Registrador 211. Warlock reuniu seu exército ao longo dos próximos dias, a fim de se rebelar contra o Homem-Fera. Ele até mesmo acrescentou o Hulk da Terra original a suas fileiras. O Homem-Fera usou o Hulk como um cavalo de Troia para se infiltrar nas fileiras de Warlock através da implantação de um chip no cérebro do Hulk que faria ele atacar Warlock e os seus seguidores. Embora Warlock foi capaz de libertar o Hulk de controle do Homem-Fera, isso acabou fazendo com que ele e seus seguidores fossem capturados. Warlock então seria morto em julgamento público, mas ele retornou ao seu casulo no último minuto. Acreditando que ele estava morto, os seguidores de Warlock e o Hulk atacaram o Homem-Fera com tudo que tinham. No entanto, Warlock retornou, agora mais poderoso do que nunca, e desevoluiu o Homem-Fera e todos os Novos Homens de volta as suas formas animais originais. Ele então deixou a Contra-Terra e todos os seus seguidores, dizendo que ele era necessário entre as estrelas para ajudar outros mundos que precisavam de sua ajuda.[15]

O Magus

Logo depois, Warlock entrou em contato com um ser malicioso conhecido como Magus, uma distorcida encarnação futura de si mesmo, totalmente insano e terrivelmente poderoso.[16] Como o líder da Igreja Universal da Verdade, Magus havia reunido bilhões de formas de vida em todo o cosmos sob seu controle. Warlock lutou contra Magus, mas não poderia ter sucesso por conta própria, pois o seu eu futuro possuía grande poder. Eventualmente, com a ajuda de Pip, o Troll, Gamora, e o nefasto Thanos de Titã, Warlock conseguiu eliminar a linha do tempo da qual Magus havia surgido, assim cancelando sua existência de forma retroativa por todo o tempo.[17][18] Em seguida, em um brilhante, ainda que perturbador contra-movimento, Thanos projetou Warlock dois anos no futuro, onde ele encontrou o seu eu amargurado e à beira da morte, preparando-se para dar à luz novamente a Magus. Warlock então tomou a alma do seu eu futuro para dentro da Joia da Alma, terminando assim a ameaça de sua contraparte maligna.[19]

(Warlock se tornou Magus através da intervenção do Intermediário, o qual havia aprisionado Warlock em seu reino extra-dimensional durante séculos, bombardeando-o com contradições; criar seu casulo protetor em torno de si não tinha sido o suficiente para o proteger contra os estímulos alteradores de consciência. Assim, no momento em que ele saiu do casulo, além de ter assumido a forma de Magus, ele estava insano. Devido a uma peculiaridade em seu retorno à sua realidade natal, o Magus surgiu cinco milênios em seu passado.)

Joia da Alma

Após a derrota de seu eu futuro, Warlock encontrou um ser conhecido como Ladrão de Estrelas, um homem em coma da Terra que havia alcançado a consciência cósmica. O Ladrão de Estrelas revelou a Warlock seus planos de se vingar da raça humana, fazendo as estrelas em torno deles desaparecerem, para que o seu planeta fosse destruído. Warlock foi forçado a voltar para a Terra, mas ao chegar ele descobriu que por ter estado milhares de anos-luz de distância da Terra, ele havia crescido a um ritmo mais rápido do que a Terra, sendo, portanto, muitas vezes maior do que o planeta.[20] Warlock então partiu para encontrar um novo lar, no entanto, ele se encontrou com um alienígena que se chamava o Viajante Ancião. O Viajante olhou para o futuro da Warlock, e disse-lhe que, antes de morrer, ele iria ver muitos de seus amigos morrer, e também seria a causa da morte do Alto Evolucionário. Agora, sabendo disto, Warlock partiu para encontrar as respostas que procurava dentro da Joia da Alma. A Joia revelou que ela era uma de seis joias. A Joia em seguida tentou escravizar Warlock, mas Warlock superou a Joia, ameaçando cometer suicídio, assim ela perderia seu hospedeiro, deixando-a sozinha em um planeta deserto. Warlock então deixou o planeta para viajar pelas estrelas novamente.[21]

Arquivo:Adam Warlock 003.jpg

Depois de viajar pelas estrelas por algum tempo, eventualmente retornando para a Via Láctea, ele percebeu que havia encolhido de volta ao tamanho normal. Ele então interceptou um foguete que estava à deriva longe da Terra. Sentindo uma forma de vida no foguete, Warlock usou sua Joia da Alma para transportar a si mesmo e o foguete para o Área Azul da Lua. Lá ele conheceu o Homem-Aranha, e enquanto decidia como devolvê-lo à Terra, eles foram atacados pelo Estranho, o qual desejava reivindicar a Joia da Alma de Warlock. Com a ajuda do Homem-Aranha e do Jardineiro (e sua própria Joia da Alma), eles conseguiram derrotar o Estranho. Após o final da batalha, Warlock deixou um ovo metálico na Lua, esperando o momento certo para ser aberto.[22]

Thanos, que era insano e mal, havia se apaixonado tanto por uma manifestação feminina da morte que ele planejava destruir as próprias estrelas, aniquilando tudo o que existia como o maior presente que "ela" já havia recebido, e sua pupila, Gamora, descobriu sobre seu plano. Ela o atacou e acabou sendo brutalmente ferida. Warlock a encontrou logo em seguida e levou a sua alma para dentro de sua Joia, descobrindo sobre o plano de Thanos no processo. Perturbado e enfurecido, Warlock procurou por aliados para ajudá-lo em seu ataque contra o Titã louco. Ele viajou para a Terra, até a mansão dos poderosos Vingadores. Lá, ele disse a eles, e aos recém chegados Capitão Marvel e Serpente da Lua, sobre o plano de Thanos para detonar todas as estrelas. Os Vingadores então fizeram planos imediatos para atacar a nave estelar de Thanos, o Santuário II. No entanto, assim como ele fez em seu plano anterior para ganhar o poder supremo, Thanos iria plantar as sementes de sua própria destruição. Thanos propositalmente enfureceu Adam Warlock, apagando a mente de seu companheiro Pip e desaparecendo com ele. Quando Warlock encontrou Pip totalmente irracional, ele sugou o espírito de seu amigo para dentro de sua Joia da Alma. Mas antes de ter atacado Pip, Thanos havia o contado seu plano, e sugar a alma de Pip para dentro da Joia fez com que Warlock descobrisse o plano. Warlock e o Capitão Marvel imediatamente atacaram Thanos, destruindo seu projetor. Mar-Vell foi deixado inconsciente, mas Warlock atacou Thanos de maneira selvagem, mas acabou sendo rapidamente derrotado. Antes que Thanos pudesse mover sua Joia para outro projetor, ele foi atacado por Thor e o Homem de Ferro, que vieram atrás de Warlock e Mar-Vell. Thor atacou Thanos, enquanto o Homem de Ferro destruiu o projetor. Poucos minutos depois, Mar-Vell testemunhou silenciosamente quando a versão passada deslocada no tempo de Warlock acabou com o sofrimento de seu eu do presente, sugando seu espírito inquieto para dentro da Joia da Alma, onde ele finalmente encontrou paz.[23]

Imediatamente após isso, Thanos se teletransportou para longe com o corpo de Warlock, e liderou sua tripulação para derrotar os Vingadores. Com a joia de Warlock, ele possuía poder o suficiente para ao menos destruir o Sol da Terra. Mas antes que ele pudesse fazer isso, o Coisa e o Homem-Aranha, os quais foram obrigados a encontrar o campo de batalha pelo Lorde Caos e o Mestre Ordem, acabaram aparecendo. O Homem-Aranha libertou os Vingadores e na confusão que se seguiu, ele quebrou a esfera que prendia a Joia da Alma. Dentro da joia, Warlock sentiu que ele tinha uma última tarefa a executar. A joia bateu no chão e, em um flash de luz, a alma de Adam Warlock apareceu de dentro da joia. Agora um ser de pura energia, Warlock se lançou contra Thanos e o matou, transformando o corpo da Titã em granito sólido. Em seguida, o espírito de Warlock retornou ao alegre mundo dentro da joia.

Manopla do Infinito

Warlock viveu pacificamente durante vários anos no Mundo das Almas, com Pip e Gamora, até Thanos novamente se tornar uma ameaça para todos os que viviam. Se encontrando com Drax, o Destruidor, e o nobre Surfista Prateado, após Thanos roubar suas almas, Warlock fez planos para impedir o Titã uma vez mais. Para executar seu plano, Warlock projetou a alma de Pip, Gamora e a sua própria em três seres humanos que haviam falecido recentemente.[24] Seus poderes remodelaram os corpos despedaçados em novas versões mais poderosas de seus antigos corpos. Então ele começou a reunir os Campeões restantes da Terra para atacar Thanos em sua plataforma espacial. No entanto, o ataque dos heróis da Terra era apenas uma distração criada para permitir que o Surfista Prateado roubasse a todo-poderosa Manopla do Infinito da mão de Thanos. Ele falhou. Depois de subir ao núcleo de toda a realidade após derrotar os seres cósmicos mais poderosos do Universo, Thanos perdeu sua divindade devido às maquinações de sua "neta" Nebulosa. Thanos então foi convencido a ajudar Warlock a derrotar Nebulosa, após o que Warlock ganhou a Manopla e ascendeu à Divindade.[25] Logo depois, Warlock foi convencido pelo Tribunal Vivo que ele era indigno de se tornar supremo, e então dividiu as joias entre Ele mesmo (Alma), Gamora (Tempo), Pip (Espaço), Drax (Poder), Serpente da Lua (Mente) e secretamente Thanos (realidade).[26]

Guarda do Infinito

A recém formada Guarda do Infinito defendeu as Joias daqueles que gostariam de usá-las para propósitos malignos. Isto incluía o retorno dos velhos inimigos de Warlock, Triax e o Homem-Fera, o que os levou a montarem uma base na Ilha Monstro, uma ilha governada pelo Toupeira.[27]

Não muito tempo depois que a Guarda foi formada, Magus reapareceu com cinco unidades de contenção cósmicas e um exército de doppelgängers dos heróis da Terra para declarar guerra, a fim de se vingar de Warlock e Thanos. Após uma investigação pela Guarda e Thanos, foi revelado que, quando Warlock subiu à divindade através do Manopla do Infinito, ele expeliu os aspectos bons e maus do seu ser para se tornar um ser totalmente lógico, e ao fazer isso, ele recriou sua personalidade maligna, o Magus. Foi necessário os esforços combinados da Guarda, Thanos, e a maioria dos heróis da Terra para derrotar Magus, e no final, Warlock baniu Magus para o Mundo das Almas. No entanto, isso deixou Warlock em um estado de coma.[25]

Adam Warlock (Earth-616) from Warlock Chronicles Vol 1 1 0001

Líder da Guarda do Infinito

Logo após isso, a Eternidade visitou Warlock em seu sono profundo para acordá-lo do coma.[28] Com Warlock de volta na liderança, a Guarda, usando os poderes das Joias do Infinito, enfrentou inimigos como Mephisto[10], Conde Abismo e Maxam.[29]

Quando um ser conhecido como a Deusa sequestrou vários heróis da Terra, a fim de erradicar os pecados do Universo por matar todos os seres vivos, Warlock soube que seu lado bom era tão perigoso para o Universo quanto seu lado mau. Fisicamente ausente da maior parte da luta, Warlock e Thanos uma vez mais se uniram para salvar o universo. Enquanto os heróis da Terra foram divididos e lutaram entre si, Warlock e Thanos executaram seu complicado plano em segredo. O plano foi um sucesso e a Deusa foi derrotada, a qual também foi banida para o Mundo das Almas, juntamente com Magus.[25]

Pouco tempo depois, Warlock descobriu através de sua esfera mágica que Thor, o qual estava mentalmente insano, havia atacado o Surfista Prateado. Warlock formulou um plano que ajudaria tanto Thor como o Surfista Prateado, e que iria pagar sua divida com Thor. Ele pediu a Pip para o teletransportar até Thor, e para ele preparar a Guarda para o dar apoio. Ele lutou contra Thor e escapou por pouco, mas descobriu que ele podia controlar a prancha do Surfista devido a eles terem se conectado durante a crise da Manopla do Infinito. Os dois fugiram para procurar a ajuda do Doutor Estranho. Após eles explicarem a situação para Strange, e depois de ele concordar em ajudar, Pip e a Guarda do Infinito apareceram de repente na casa de Strange. Eles explicaram que haviam ido lutar contra Thor para encontrar Warlock, mas eles acabaram falhando e perderam a Joia do Poder. Warlock, o Surfista e Strange então decidiram que eles deveriam ir para Asgard para obter ajuda do próprio Odin. No entanto, quando eles chegaram lá, eles foram levados a uma armadilha de Troll pela Lady Sif e Bill Raio Beta. Warlock e os outros estavam todos trancados na masmorra Troll aguardando para serem executados, mas então Pip conseguiu colocar Warlock em um julgamento por combate, e assim Warlock lutou na arena enquanto Pip resgatava todos os outros. No momento em que escaparam, eles haviam perdido tanto tempo no calabouço que Thor conseguiu os alcançar e os enfrentou uma vez mais. Quase derrotado, o Surfista Prateado teletransportou Thor e a si mesmo para outro local enquanto Warlock ficou para trás para cuidar dos feridos. Depois que todos estavam preparados, eles seguiram o Surfista Prateado até a estação espacial de Thanos, o Santuário, onde o Titã havia aprisionado Thor. Eles debateram sobre o que fazer com ele, e quando o plano deles de o libertar de seu estado psicológico falhou, eles decidiram que era hora de levá-lo para Odin. Pip os teletransportou para a Bifrost, onde eles foram atacados por muitos guerreiros Asgardianos, e até mesmo pelo próprio Odin. Depois de uma batalha que destruiu uma pequena porção de Asgard, eles conseguiram convencer Odin a ajudar Thor, e assim ele fez e Asgard estava em débito com Warlock e a Guarda do Infinito.[30]

Warlock e sua Guarda retornaram para a Ilha Monstro, onde ele continuou a trabalhar para recuperar a memória de Maxam. Ele, Serpente da Lua e Drax combinara o poder de suas Joias do Infinito para recuperar uma porção da memória do Maxam. Ele parecia ter vindo de uma outra realidade, e estava conectado aos Badoon de alguma forma. Warlock votou para manter isso em segredo de Gamora, já que ela tinha uma história complicada com os Badoon e só teria aumentado ainda mais a desconfiança em Maxam. Mais tarde naquele dia, a Guarda do Infinito foi atacada pelos Vingadores. Mais tarde foi revelado pelo Visão que os Vingadores tinham sofrido uma lavagem cerebral pelo Senador Kyle Munson, secretamente o maior inimigo de Warlock, o maligno Homem-Fera, em um plano para fazer de Warlock um vilão. Esse plano obviamente falhou, e quando Warlock, o Capitão América e o Visão foram confrontar o Senador, foi revelado que ele era na verdade um velho inimigo do Warlock, o Homem-Fera. Eles lutaram, e Warlock (como de costume) o venceu. Warlock fez um discurso na frente das Nações Unidas, e conseguiu convencê-los a nunca incomodar ele ou a Guarda do Infinito novamente.[31]

Durante a batalha dos Vingadores e a Guarda do Infinito na Ilha Monstro, uma mulher chamada Maya havia entrado furtivamente na ilha, mas havia sido nocauteada por um dos Vingadores. Ela acordou apenas para descobrir que Warlock e sua Guarda do Infinito haviam a curado, mas agora eles tinham perguntas. Ela explicou a Warlock que ela morava em uma dimensão diferente onde ela era parte de uma aliança contra o Conde Abismo. Ela só veio a Warlock para lhe pedir ajuda na rebelião contra Abismo, e que seria mutuamente benéfico. Warlock concordou com este acordo, contra a decisão do resto da Guarda, e ele bebeu a taça de vinho que Maya havia trazido com ela, apenas para descobrir que era uma poção do amor. Os dois acabaram se beijando e se apaixonando loucamente. A Guarda passou algumas horas tentando curá-lo da doença, mas nada parecia funcionar. Nesse instante, um portal se abriu na Ilha Monstro, de muitos demônios saíram, e sequestraram Maya. Warlock logo percebeu que ele tinha sido enganado, e que Maya esteve trabalhando para o Conde Abismo o tempo todo.

Warlock decidiu que o melhor curso de ação era ir até o seu orbe para recolher todas informações conhecidas sobre o Conde Abismo. Ele ficou sabendo toda a história de como o Conde Abismo veio a existir, e estava pronto para o enfrentar. Ele e a Guarda viajaram para o continuum do Conde Abismo, onde ele se reuniu com velhos conhecidos, Darklore e Meer'lyn, dois seres que ele conheceu durante o Cruzada Infinita, os quais eram inimigos do Conde Abismo. Ele juntou forças com eles e foi lutar contra o Conde Abismo, apenas para sofrer uma derrota brutal. Warlock então colocou outro plano em ação, onde ele pesarosamente transferiu uma das almas em sua Joia da Alma para a forma sem alma do Conde Abismo. O plano funcionou, e ele foi capaz de derrotar o Conde Abismo. A equipe comemorou a vitória, mas Warlock ficou devastado quando descobriu que Darklore iria se casar com Maya, seu primeiro amor. Embora, obviamente, ele nunca tenha demonstrado isso publicamente, pela primeira vez em sua vida, Warlock estava de coração partido.[32]

O Fim da Guarda

Divisão entre as fileiras da Guarda surgiu quando Serpente da Lua quase foi morta em batalha contra Domiciano. Com Serpente da Lua em coma, e Drax não saindo de seu lado, os membros ativos da Guarda consistiam apenas de Warlock, Pip, Gamora e Maxam. A tensão aumentou novamente quando Maxam fez uma piada sobre o óbvio "amor adolescente" de Gamora por Warlock, o que fez com que Gamora ficasse muito irritada. Os dois lutaram, e no final, Gamora deixou a Guarda devido à confiança incondicional de Warlock em Maxam. Warlock então deu a Joia do Tempo para Maxam. No dia seguinte, Maxam atacou Warlock, mas Warlock conseguiu derrotá-lo, com a ajuda da Serpente da Lua, a qual ainda estava telepaticamente ativa. Warlock concluiu que, devido à Maxam ter vindo de um período de tempo diferente, a Joia do Tempo provavelmente fez com que as lembranças de seu passado (o futuro) voltassem para ele.

Quase imediatamente, uma ameaça chegou de um universo diferente que conseguiu roubar todas as Joias dos guardiões. A Guarda do Infinito então se separou, não tendo joias para proteger. Em seguida, Warlock saiu para procurar pelas Joias do Infinito.[33]

Lá e de Volta Outra Vez

Durante sua longa busca, Warlock foi puxado para um portal entre o seu Universo, e o Ultraverso. Ele acordou em um passado distante, encontrando uma reunião de adoradores saudando-o como seu Messias. Nas semanas que se seguiram, ele descobriu que estava em cima de uma vasta construção chamada de a Roda de Deus, e na presença de Sacerdotes Guerreiros da raça Dilhaabi que precisavam de um salvador para ajudá-los a derrotar um vampírico Deus Sombrio chamado Rúnico. Logo, as hordas de Rúnico atacaram, matando dezenas de Sacerdotes Guerreiros, e transformando a batalha em um massacre. Rúnico e Warlock se encontraram no campo de batalha e lutaram durante toda a noite. No final, Warlock se cansou e Rúnico atravessou sua espada no peito de Warlock, ferindo-o mortalmente. Enquanto Warlock estava à beira da morte, Rúnico tentou drenar sua alma, mas falhou devido ao controle astral de Warlock. Rúnico uivou sua frustração durante a noite, enquanto Warlock morria, e era rodeado por seu casulo regenerativo.[34]

Em algum momento no decorrer dos séculos, a essência e o material genético do Warlock foram usadas para criar uma forma de energia cósmica conhecida como "Shu-Ji". Em aproximadamente 1960 ou 70 do Ultraverso, um navio capaz de utilizar a energia de Shu-Ji foi descoberto na Terra pelo general Holden Rayder. Uma agência secreta do governo conhecida como Aladdin cresceu em torno de Rayder e este navio, enquanto ele tentava aproveitar o seu poder para a América. Trabalhando com uma I.A. chamada G.E.N.I.E., Rayder e Aladdin chegaram a conclusão de que as energias Shu-Ji eram melhores utilizadas em pares, e então eles projetaram geneticamente gêmeos chamados Erik Johnston e Noel Robinson, os criando em isolamento um do outro, até que eles tivessem idade o suficiente para utilizar o poder Shu-Ji para a Aladdin. Infelizmente para a Aladdin, Rúnico também havia vindo da Roda de Deus para a Terra e interrompeu seus planos. Erik e Noel acabaram sendo fundidos em uma única entidade nomeada Gêmeos, o qual possuía o poder de Adam Warlock e Rúnico, e não estava sob o controle de ninguém.[35]

O casulo de Adam foi finalmente localizado à deriva no espaço pela Aladdin, e levado para a Ultra-Terra.[36] Embora Adam foi morto dentro de seu casulo, a onda de alteração da realidade causada pela Setembro Negro o reviveu.[37] Com novas habilidades e incerto do seu lugar no Ultraverso, Adam Warlock deixou Aladdin a procurou o seu destino como um conselheiro espiritual da sorte.[38] Adam logo tornou-se ciente do Gêmeos, o qual havia evoluído para uma espécie de ser binário, com Noel atuando como uma força cósmica de pele dourada de dia e Erik se tornando uma duplicada do Rúnica a noite. Encontrar os garotos compostos restaurou as memórias de Adam sobre a Roda de Deus, e ele usou suas habilidades espirituais recém-descobertas para exorcizar o espírito corrompido de Erik do corpo de Noel. Fazendo as pazes com Noel, Adam voltou ao espaço e localizou o buraco de minhoca no nexo necessário para ele voltar para a Terra-616.[27][34]

Eventualmente ele encontrou a Joia da Alma, mas os seus efeitos sobre sua personalidade tornou-se imprevisível, possivelmente por causa do longo tempo que ele ficou separado dela. Pouco tempo depois, Drax, o Destruidor, foi acusado do assassinato de Elysius e vários outros indivíduos. Warlock, juntamente com Gamora, Pip, e Genis, localizaram Drax e o subjugaram a tempo de descobrir que o verdadeiro culpado era o cadáver re-animado do Capitão Marvel original. Usando sua Joia da Alma, Warlock rastreou o ser que estava controlando o cadáver, uma criatura dentro da Zona Negativa conhecida como Sifão, o qual estava usando os Nega-Braceletes como um condutor. Derrubado por um fluxo de energia psíquica, Warlock foi incapaz de parar a transferência dos Braceletes-Nega para Drax, o qual voou para o espaço. Warlock então reuniu seus aliados e perseguiu Drax, descobrindo que Sifão estava usando Drax e os braceletes para rasgar um portal para a Zona Negativa, um portal que ameaçava a estrutura de nosso Universo. Reunindo toda a sua força, Warlock libertou Drax e removeu os Nega-Braceletes, fazendo com que o portal encolhesse. Mas, antes que o portal pudesse ser completamente fechado, Sifão puxou Warlock para a zona negativa, e na frente de Blastaar e Aniquilador, Sifão tomou a joia de Warlock, e a usou para re-abrir o portal. Warlock se recuperou e enfrentou Sifão, mas sem a sua Joia da Alma ele tinha poucas chances de derrotar Blastarr e Aniquilador antes que Sifão conseguisse abrir o portal. Felizmente, Drax chegou com Pip, Gamora, e Genis (que uma vez mais era possuidor dos Nega-Braceletes). Enquanto seus amigos lutavam, Warlock danificou as máquinas de Sifão, fazendo com que o portal fosse novamente fechado. Sifão tentou usar a Joia da Alma para matar Warlock, mas seu ataque acabou voltando-se para sua própria alma. Ele lutou tempo o suficiente para fugir de seu próprio corpo. Warlock mais uma vez clamou a Joia da Alma, sentindo que ela era o seu fardo e somente seu. Feito isso, Warlock e os seus companheiros deixaram a Zona Negativa e voltaram para o seu universo onde eles novamente se separaram.[10]

Abismo Infinito

Algum tempo depois, os sentidos cósmicos do Warlock o levaram a acreditar que algo estava seriamente errado com o universo, o que estava fazendo com que a realidade entrasse em colapso, e isso o obrigou a visitar Eternidade e Infinito, a fim de entender o que estava acontecendo. Uma vez lá, ele os encontrou incapazes de responder às suas perguntas de forma satisfatória, e em vez disso ele conseguiu convencê-los a abrir um portal para além do tempo e do espaço, através do qual ele viajou em busca de respostas. Ele as encontrou na forma de Atlez, um ser que foi encarregado com a enorme responsabilidade de "ancorar" sua realidade. Atlez disse a Warlock que sua hora estava chegando ao fim, e que o seu sucessor, uma criança chamada Atleza Langunn, teria de ser convocada para tomar seu lugar. Warlock aceitou essa importantíssima missão, mas ficou louco com a transferência das informações que Atleza necessitava para assumir os seus deveres. Perdido na loucura, Warlock voltou para sua realidade e acabou parando na Corporação para Estabilidade Mental no planeta Degaitor. Com sua mente abalada, Warlock entrou em um casulo protetor, onde permaneceria por mais dois anos.

Adam Warlock (Earth-616) from Marvel Universe Cards Series III 0001

Adam Warlock

Com Warlock necessitando de tempo para se recuperar, Atlez ativou um plano reserva que levaria dois anos para se desenrolar. Primeiro, ele plantou uma única frase dentro das mentes dos dormentes clones Thanosi de Thanos que dizia "Adam Warlock é a chave para o Esquecimento". Em seguida, ele dirigiu um meteorito para a fortaleza de Thanos, com a intenção de despertar o clone chamado Couraçado. Infelizmente, este movimento ativou mais quatro membros dos Thanosi, e o plano começou a dar errado. No entanto, a mensagem implantada se mostrou convincente, e o clone chamado X assumiu o disfarce do verdadeira Thanos, enviando Pip, o Troll, para recolher o casulo de Warlock. X então convocou Serpente da Lua, a qual consegiu despertar o Warlock dormente, que rapidamente descobriu que era incapaz de se lembrar dos acontecimentos que levaram à sua insanidade. Pip ajudou Warlock a refazer seus passos, e logo Warlock retornou ao pavilhão de Atlez onde encontrou peças que faltavam de sua memória. Ele uma vez mais aceitou sua missão, e desta vez conseguiu manter sua sanidade. Mas antes que Warlock pudesse partir, ele foi subitamente atacado pelos Thanosis conhecidos como Guerreiro e Místico. A missão de Warlock parecia arruinada, até a intervenção do Doutor Estranho, que rapidamente despachou Místico, antes de ser nocauteado pelo Guerreiro. Warlock, estando ferido, ficou sem escolha e foi obrigado a usar o poder máximo da Joia da Alma para drenar a alma do Guerreiro, o que acabou afetado a mentalidade de Warlock por um tempo, e tornou a sua missão muito mais difícil.

Apesar desta nova dificuldade, Warlock conseguiu retornar à Terra e entregar o conhecimento que Atleza necessitaria para assumir o posto de seu antecessor. Ele então passou a ajudar Thanos na batalha contra o Ômega, o mais poderoso dos Thanosi. Enquanto Serpente da Lua usava seus poderes para manter Atlez vivo por um pouco mais de tempo, Warlock lutou contra o Ômega ao lado Gamora, Pip, o Capitão Marvel, Doutor Estranho, Homem-Aranha, e o próprio Thanos, e o grupo finalmente triunfou e terminou com a ameaça do Thanosi. Feito isso, Atleza assumiu o manto de Ancora da Realidade, enquanto Warlock e Gamora permaneceram com ela como protetores enquanto ela alcançava o máximo de suas habilidades. Alterado por suas experiências recentes, Warlock finalmente retribuiu o afeto que Gamora desejou mostrar a ele por tanto tempo, e descobriu que a chave para a sua felicidade não era tão complexa e ilusória como ele uma vez temia.[39]

A Consciência de Thanos

Impulsionada por uma necessidade irresistível, Warlock viajou através do espaço até que encontrou Thanos contemplando o mundo agora morto chamado Rigel III, e logo descobriu que o Titã estava sentindo remorso por sua parte no que tinha acontecido com o planeta, assim como muitos de seus erros passados. Thanos passou a expressar um desejo de começar a colocar as coisas no lugar para que ele pudesse conquistar seus demônios pessoais e encontrar uma a paz, e desejou iniciar esta jornada com os próprios Rigellianos. Warlock se ofereceu para acompanhar Thanos em sua jornada para Nova Rigel III, e Thanos aceito, referindo-se a Warlock como sua "consciência". Uma vez lá, Warlock ficou chocado quando Thanos se rendeu às tropas Rigellianas, e ofereceu seus serviços ao povo. Warlock passou a se tornar um tipo de advogado para Thanos, mas mesmo assim advertiu o Alta-Comissária Rigelliano sobre a natureza imprevisível do Titã. Warlock e Thanos logo se viram em meio a uma intriga política quando o General no comando das forças Rigellianas tentou dar um golpe militar. Warlock e Thanos logo os desiludiu dessa ideia, e Thanos passou a ajudar os Rigellianos, melhorando os seus sistemas de segurança, suas defesas planetárias, e até mesmo a qualidade de suas colheitas de Beta-Soja. O Grande Comissário então os avisou de um perigo muito maior que agora ameaçava Rigel XVIII, e Thanos logo descobriu que o planeta estava sendo ameaçado por ninguém menos que Galactus. Thanos manteve sua promessa de ajudar os Rigellianos, e decidiu descobrir quais eram as razões do devorador de mundos.

O grupo recebeu a ajuda da Serpente da Lua e Pip em um plano para descobrir o plano de Galactus. Eles usaram a Serpente da Lua para atacar Galactus telepaticamente como uma distração, enquanto Pip se teletransportou para a sua nave implantar bugs. Enquanto Thanos procurava os arquivos dos planos de Galactus, Warlock conversou com Pip sobre as mudanças radicais em sua existência. Ele disse a Pip que ele sentiu que sua próxima morte seria sua última, e ele não estava feliz com isso por causa de seu relacionamento com Gamora. Pela primeira vez em suas vidas, Warlock estava temeroso e preocupado com sua mortalidade.

Thanos logo descobriu que Galactus estava reunindo as poderosas Joias do Infinito em um plano para alimentar dos poderes delas e acabar com a sua fome, um plano que fazia pouco sentido, considerando que as joias reunidas poderiam simplesmente ser usadas para desejar que sua fome cessasse. Isso deixou Thanos inquieto, e ele temia que Galactus estava sendo enganado por algum agente desconhecido. Suas descobertas foram interrompidas quando sua nave foi invadida pelo ciborgues Punidores de Galactus, o qual fugiu com a Joia da Alma de Warlock e destruiu a nave de Thanos no processo. Não sendo intimidado, Thanos confrontou diretamente o devorador de mundos, mas não teve sucesso em parar Galactus de ativar a máquina contendo as joias. Com a maquina em operação, o orquestrador desses eventos, um parasita interdimensional chamado Fome, conseguiu entrar nessa realidade, a qual ele tinha a intenção de consumir. Com a ajuda de Galactus e Pip, Thanos conseguiu derrotar a Fome e recuperar a joia de Warlock. Tendo se recuperado, Warlock despediu-se do Titã, e se referiu a ele como um amigo. Dito isto, Warlock voltou para o lado de Gamora e Atleza.[25]

Aniquilação: Conquista

Eventualmente buscando solidão, ele tornou-se psiquicamente ciente de um enorme número de mortes e começou a escrever os nomes dos falecidos. Enlouquecido por essa tarefa, ele entrou em um casulo regenerativo. Sua antiga aliada Serpente da Lua e Phyla-Vell, a nova Quasar, vieram a procura do salvador Kree, acabaram encontrando seu casulo. Acidentalmente o revivendo cedo demais, um amnésico e raivoso Adam Warlock surgiu, mais jovem em aparência, com poderes ligeiramente alterados. Ele então, relutantemente, levou seus aliados consigo enquanto evitavam ser capturados por um ataque da Falange e buscaram ajuda do Alto Evolucionário que havia, por razões desconhecidas, montado uma base orbitando a estrela mais próxima.

Ele então explicou sua ausência durante a Onda de Aniquilação: as almas de bilhões de criaturas mortas contataram Adam e o deixaram insano. Ele precisava entrar no casulo para se adaptar ao trauma e tentar ajudar as almas. Infelizmente, o despertar de Adam ocorreu muito cedo e ele começou a ter convulsões caso usasse seus poderes muitas vezes. Ele também soube que era o Salvador profetizado dos Kree. A roupa que ele usava nessa época lembrava um pouco a de Magus.

Adam confrontou Ultron, o qual se uniu com a poderosa Falange, mas com a ajuda de Quasar, Senhor das Estrelas, Nova e Warlock, ele foi capaz de desbloquear o seu potencial máximo e derrotar o gigantesco Ultron. Depois destes acontecimentos, ele e seus companheiros tornaram-se os Guardiões da Galáxia.

Guardiões da Galáxia

Arquivo:Adam Warlock.jpg

Adam apoiou a formação da equipe como uma necessidade no Universo. Adam explicou que o Universo havia sido danificada, e que foi por isso que ele tinha recebido suas novas habilidades. A onda de Aniquilação havia enfraquecido o próprio tecido do espaço-tempo e o deixou aberto para invasão. Se um outro evento dessa magnitude ocorresse, poderia rasgar o Universo ao meio. Eles precisavam não só prevenir que isso ocorresse, mas também tapar as fissuras e ajudar a curar o Universo.

Na primeira missão da equipe, eles tiveram que interceptar uma das naves da fé da Igreja Universal da Verdade, quando elas estavam indo em direção a uma fissura que estava prestes a abrir, o que acabaria em desastre. Adam e a equipe se teletransportaram a bordo da nave, mas acabam descobrindo que os crentes a bordo eram incrivelmente hostis. Uma luta se seguiu, embora Warlock não tenha deixado de notar a ironia de combater um grupo que uma vez o adorou. Percebendo que eles estavam correndo contra o tempo, Adam levou seus antigos aliados Drax e Gamora com ele para seguir em frente e parar a nave.

Fazendo seu caminho através da nave com Drax e Gamora ao seu lado, Adam chegou à frente da nave no momento que seu pior medo se realizou, uma sub-fenda foi aberta. Adam então tentou conter a fissura. Quando uma criatura começou a emergir, ele usou seus recém-descobertos poderes para a forçar a voltar. Não sendo capaz de fazer isso sozinho, ele aceitou a ajuda de Phyla-Vell para terminar o trabalho. Juntos, eles usaram suas energias expandidas para levar a nave para um planeta próximo, e a largaram lá. A equipe então voltou para sua base de operações em Luganenhum.

Adam notou o início de uma outra anomalia e liderou a equipe para resolver isso. Após Skrulls serem encontrados em Luganenhum, o que acabou causando desconfiança entre a equipe, o Senhor das Estrelas aceitou manter a equipe em seus quartos para interrogatório. Isso era inaceitável para Adam, o qual foi assegurado ao se juntar a equipe que os Guardiões não iriam responder a ninguém enquanto eles reparavam o Universo.

Adam escapou e foi para o núcleo neural de Luganenhum, aonde ainda restava funções cerebrais do Celestial. Ele foi capaz de localizar os Skrulls e logo descobriu que Cosmo estava os protegendo. Uma vez que o resto da equipe chegou, todos eles logo descobriram que os Skrulls estavam tentando escapar do Império Skrull, já que eles eram pacifistas e não queria ter nada a ver com a invasão à Terra dos Skrulls.

Mas o segredo acabou sendo revelado. Drax ouviu o Senhor das Estrelas e Mantis, e disse ao resto da equipe que Mantis tinha usado seus poderes mentais para convencer todos eles a se juntarem à equipe. A maioria deixou a equipe, e Adam saiu com Gamora para encontrar a Igreja Universal da Verdade.

Depois de se encontrar com um dos cardeais da Igreja, ele lembrou a matriarca que ele era o verdadeiro líder da Igreja, e com o tempo ele iria provar seu legítimo lugar. Nesse meio tempo, o universo ainda estava em perigo, e ele voltou para Luganenhum e continuou a ajudar os Guardiões.

O Retorno de Magus

Com o universo em um estado frágil e debilitado, Adam e o resto da equipe buscou uma maneira de salvar seu universo. Quando os Inumanos detonou um dispositivo conhecido como Bomba-T, criou-se uma enorme fissura no universo conhecido como a Falha. Se não impedida, a Falha consumiria toda a realidade.

Adão usou todo o seu poder para impedir que a falha se propague-se e acabou tendo sucesso. Mas houve um custo. Para poder impedir a fissura de expandir, Adam sobrepôs o fluxo do tempo, um futuro não utilizado para garantir um futuro. Sem que os outros soubessem, o futuro que ele usou era o que ele previamente preveniu, aonde ele se tornou o Magus. Ao fazer isso, ele ficou enfraquecido e sua própria escuridão interior o consumiu, transformando-o no que ele sempre tentou prevenir, o Magus.

Alistados por Kang, o Conquistador, alguns membros dos Guardiões da Galáxia foram transportados de volta no tempo para momentos antes da transformação. Kang deu ao Senhor das Estrelas um Cubo Cósmico para ajudá-lo. O Senhor das Estrelas tentou falar com Adam para que ele lutasse contra o seu lado sombrio, mas Adam, incapaz de fazer, foi novamente transformada no maligno Magus. Após uma batalha e as mortes de alguns dos membros da equipe, o Senhor das Estrelas foi capaz de usar o Cubo para temporariamente transformar Magus de volta em Adam. Adam disse a ele para o matar antes que Magus pudesse retornar. Fazendo o que tinha de ser feito para a segurança do universo, o Senhor das Estrelas matou Adam.

Ou assim se pensava. Na verdades, Magus ainda estava fraco e fingiu sua morte, a fim de permanecer escondido. Então foi revelado que Magus havia renascido para que ele pudesse preparar a chegada dos Muito-Angulares para invadir o Universo por matar o Avatar da Morte. No entanto, devido aos Guardiões da Galáxia descobrirem seus planos, Thanos foi libertado. Com a chegada do Avatar da Vida do Cancerverso, sua versão do Capitão Marvel, Magus admitiu o fracasso. Capitão Marvel facilmente o matou, comentando sobre a novidade da morte.[40]

Tabela de Poder [64]
Inteligência
 3
Força
Velocidade*
 3
Resistência
Projeção de Energia
Habilidades de Luta
 2
* Teletransportador

Poderes

Adam Warlock possui inúmeras propriedades e poderes sobre-humanos derivados de sua estrutura genética artificialmente determinada.

Manipulação de Energia: Tendo se tornado um consumidor direto de energia, como comentado por Thanos, Adam pode manipular a energia, bem como absorvê-la. Seu nível de poder lhe permitiu derrotar Quasar e o Surfista Prateado de surpresa com um de seus ataques.[41]

  • Radiação de Microondas: Entre a energias que Adam pode manipular está a radiação de microondas, com a qual ele foi visto sendo capaz de derreter pistolas.[42]
  • Construtos de Energia: Atualmente, os poderes Adam incluem a habilidade de criar construtos de energia. Anteriormente, ele podia criar espadas[43] ou uma armaduras.[44] Sua proficiência foi aumentada drasticamente, como notado pelo próprio Thanos, sendo capaz de criar múltiplos escudos, uma armadura completa, e uma maça.[42]
  • Geração de Campo de Força[42]
  • Rajadas de Energia Concussivas[42]

Manipulação de Matéria: Este é um outro poder que Adam parece ter conservado, apesar das mudanças nos seus poderes. Anteriormente com Magia Quântica, Adam pode transmutar o conteúdo mineral de um planetoide no Sistema Disradi em um metal desconhecido de ultra-transição que não existia anteriormente.[45] Antes de seu renascimento em Aniquilação, Adam foi visto ser capaz de transformar cães em humanos,[7] transmutar balas em água,[9] transmutar um pára-quedas no ar,[9] e encolher monstros[14] com o uso da Joia da Alma. Ele foi até mesmo capaz de transformar Thanos em pedra sem a Joia da Alma.[46] Mais recentemente, ele demonstrou habilidade suficiente para prender a mão do Senhor das Estrelas dentro de um cristal.[42]

Teletransporte:[42]

Psicocinese:[42]

Aumento de Energia: Após renascer da morte, Adam ganhou a habilidade de aumentar a base de de seu poder com o uso de sua energia. Sua encarnação atual, no entanto, é conhecido por ser talvez a sua mais poderosa ainda, agora que possui o potencial poder do Tribunal Vivo, bem como estando a par da Eternidade e Infinito em termo de poderes.[42]

  • Força Sobre-Humana: Warlock possui força sobre-humana, listado como classe 4. Ele pode usar sua energia quântica para aumentar sua força. permitindo a ele alcançar classe 40 por ao menos uma hora. No entanto, Adam Warlock foi capaz de enfrentar corpo-a-corpo, e ferir, seres como Magnum, Thor, e Olik.
  • Velocidade Sobre-Humana: Warlock é capaz de correr e se mover a velocidades muito maiores do que até mesmo do melhor atleta humano. Ele foi capaz de desviar de um ataque de Galactus feito à queima-roupa e reapareceu em cima dele. Se ele fez isso se teletransportando ou não é desconhecido. Ele também foi capaz de se mover em velocidades que Drax não foi capaz de o ver.
  • Vigo Sobre-Humano: A musculatura de Warlock gera menos fadiga durante atividades físicas que a musculatura de um ser humano. Enquanto não está utilizando sua energia para melhorar sua força física natural, Warlock pode se excercer ao seu limite máximo durante várias horas antes de a fadiga começar a o prejudicar.
  • Resistência Sobre-Humana: Os tecidos corporais de Warlock são muito mais duros e resistentes a danos do que as de um ser humano. Ele é capaz de suportar grandes forças de impacto, quedas de grandes alturas, exposição a temperaturas e pressões extremas, o vácuo do espaço, e poderosas rajadas de energia sem sofrer ferimentos. Seu corpo também é especialmente adaptado para suportar os efeitos fisiologicamente debilitantes de se mover e correr a altos níveis de velocidade sem sofrer ferimentos. Adam sobreviveu a poderosos ataques de Thor, um clone de Thanos, Drax, e o Homem-Fera, apesar de todos eles o superarem fisicamente.
  • Agilidade Sobre-Humana: A agilidade, equilíbrio e coordenação corporal de Warlock são melhoradas a níveis que estão além dos limites físicos naturais até mesmo do melhor atleta humano.
  • Reflexos Sobre-Humanos: O tempo de reação de Warlock é igualmente melhorado, permitindo a ele reagir a um nível que está além dos limites físicos naturais do melhor atleta humano.
  • Voo: Adam Warlock também pode utilizar energia para negar a força da gravidade abaixo de si, permitindo que ele voe. Em um atmosfera como a da Terra, Warlock é capaz de facilmente atingir a velocidade do som, cerca de 1.200 km/h. No entanto, enquanto no espaço, Warlock demonstrou ser capaz de atingir velocidades maiores do que a luz.

Afinidade com Almas: Embora Adam tenha demonstrado esse poder com a Joia da Alma, ele também demonstrou tais poderes sem a Joia da Alma, como exorcizar um demônio da alma de um homem,[47] ver a alma de uma mulher e entrar em sua alma.[48] Devido a suas aventuras com o Surfista Prateado e tendo partilhado uma ligação espiritual com ele, Adam era até mesmo capaz de controlar a prancha do Surfista.[49] Ele também partilhou sua alma com o Doutor Estranho.

Consciência Cósmica: Adam possui a habilidade de detectar ou produzir buracos de minhoca e outras irregularidades no espaço em uma escala cósmica.[1] Ele também possui a habilidade sentir quando alguém está se teletransportando.[50] Além disso, foi revelado que Adam existe além do reino do Caos e Odem e está fora da Influência da entidade Cósmica, Eternidade.

  • Resistência a Manipulação da Realidade: Devido a ele estar firmemente preso a realidade, Adam é altamente resistente a "manipulação da realidade." Ele não foi afetado pela "Dança da Irrealidade" de Maya.[51]

Telepatia: Sem a Joia da Alma, Adam era capaz de Projeção Astral. Ele enfrentou a Deusa com essa habilidade. Ele era capaz de atacar a forma física dela e as rajadas cósmicas dela não o afetavam.[52]

Imortalidade: Embora Adam possa ser morto, ele nunca morre de verdade. Isso deve-se ao fato de sua alma ser tão forte, que até mesmo a Morte não pode clamar sua alma. Sendo assim, ele pode renascer.[16]

Casulo Evolucionário: Adam Warlock é capaz de criar casulo em torno de si mesmo em questão de segundos. Ele fez isso poucas vezes durante sua vida, geralmente para se proteger de ferimentos mortais, e geralmente, embora não sempre, ele irá emergir do casulo em um nível maior de maturidade física ou mental. Não se sabe qual é a substância do casulo, de onde ele vem, nem para onde ele vai depois que ele Adam emergi dele.

Habilidades

Combatente Habilidoso: Warlock ganhou muita experiência em primeira mão em combate corpo-a-corpo ao longo de sua vida e, eventualmente, tornou-se bastante habilidoso. Ele é perito em artes marciais e utilizou, em algumas ocasiões, ataques nos pontos de pressões do corpo.[57] Ele foi capaz de derrotar seres mais fortes que ele, como Triax[58] e Magnum,[59] e ele conseguiu lutar contra Olik, ainda que, fisicamente, ele não seja páreo para seres como Thor,[49] Thanos, ou Hércules.[60]

Filósofo Talentoso: Warlock também um talentoso filósofo autodidata.

Mestre Estrategista e Tático: Adam é um talentoso estrategista e tático. Ele idealizou o plano para separar a Manopla do Infinito de Nebulosa e Thanos.

Nível de Força

Classe 40

Fraquezas

Inexperiência: De acordo com Thanos, apesar de ser incrivelmente poderoso e rivalizar com o Infinito e a Eternidade em sua mais nova encarnação, a própria psique de Adam não se ajustou com ser uma criatura com um poder excepcional, com ele ainda acreditando ser o mesmos de suas vidas passadas. Como resultado, ele ainda pode ser derrotado por forças muito mais fracas.[42]



Armas

Joia da Alma: Warlock anteriormente possuía a Joia da Alma, uma das lendárias Joias do Infinito. Essa Joia permitia que Warlock drenasse e controlasse a essência vital (ou espíritos) de organismos vivos (ou mortos). Essa joia possuía uma consciência própria, e demonstrou uma fome vampírica por essencial vital de seres vivos. Ironicamente, essa joia possui uma entrada para um universo de bolso, contendo um mundo idílico, aonde as almas dos seres que a joia se alimentou vivem em paz. Warlock era tão talentoso no uso da Joia, que ele podia usar suas energias para lançar rajadas de energia, criar escudos protetores, e atirar rajadas de energias místicas capaz de perturbar os centros cármicos de seres vivos.

Bastão Cármico: Warlock também utilizava um "Bastão Cármico" no passado. Esse bastão era dito ser uma exentsão da própria essencial vital de Warlock, e suas propriedades o tornavam praticamente inquebrável. Warlock também podia focar energias místicas através de se bastão com maior precisão do que ele conseguiria por outros meios.

  • O executor diretivo da Marvel, Tom Brevoor, o qual cuida destes assuntos, afirmou que "Universo Marvel: O Fim" não faz parte da continuidade oficial da Marvel.[61]
  • Warlock era um membro do Enclave na série Warlock de 2004, usando o apelido de Sr. Smith.
  • Embora o personagem tenha sido criado por Stan Lee e Jack Kirby, Jim Starlin é considerado o escritor definitivo de Adam Warlock, definindo sua personalidade e tendo escrito suas histórias aclamadas. As edições de Starlin foram reimpressas diversas vezes pela Marvel Comics, enquanto outras edições do livro de Warlock (A saga da Contra-Terra) até esta data não foram reimpressas. Roy Thomas ("The Rascally One") na verdade deu a Warlock seu nome.
  • Warlock de Starlin foi uma das série que fez Scott McCloud se interessar em quadrinhos durante seus anos de colégio.
  • Tendo compartilhado sua alma com a do Surfista Prateado durante a Manopla do Infinito, Warlock ganhou o poder de mentalmente controlar sua prancha. Ele também compartilha uma conexão telepática com a Joia da Alma, podendo saber se a Manopla possui um novo proprietário.
  • Quando ele retornou do Mundo das Almas para a Terra durante a Manopla do Infinito com Pip e Gamora, ele melhorou os corpos que Pip e Gamora possuíram para serem mais fortes do que antes.[62]
  • Quando Warlock ganhou o poder completa da Manopla, ele foi capaz de desligar o desejo de Drax, o Destruidor, de matar Thanos.
  • A Joia de Warlock o tornou mais poderoso que até mesmo Mephisto no próprio reino do demônio. Supõe-se que Warlock ficou mais forte por causa das almas condenadas que o cercavam no reino.
  • O traje de Warlock durante os eventos de Aniquilação se parecia com o do "Adão Negro" da DC, talvez como uma brincadeira com a competição.

Explore e Discuta

Notas de Rodapé

  1. 1,0 1,1 Guardiões da Galáxia Vol 2 #1
  2. Quarteto Fantástico #66
  3. Quarteto Fantástico #67
  4. Thor #165
  5. Thor #166
  6. Marvel Premiere #1
  7. 7,0 7,1 Marvel Premiere #2
  8. Warlock #1
  9. 9,0 9,1 9,2 Warlock #2
  10. 10,0 10,1 10,2 Warlock #3-4
  11. Warlock #5
  12. Warlock #6
  13. Warlock #7
  14. 14,0 14,1 Warlock #8
  15. Incrível Hulk #176-178
  16. 16,0 16,1 Strange Tales #178
  17. Strange Tales #179-181
  18. Warlock #9-10
  19. Warlock #11
  20. Warlock #12-13
  21. Warlock #15
  22. Marvel Team-Up #55
  23. Vingadores Anual #7
  24. Surfista Prateado Vol 3 #46
  25. 25,0 25,1 25,2 25,3 Manopla do Infinito #1-6
  26. Warlock e a Guarda do Infinito #1-2
  27. 27,0 27,1 Warlock e a Guarda do Infinito #3-7
  28. Warlock e a Guarda do Infinito #15
  29. Warlock e a Guarda do Infinito #16-17
  30. Sangue e Trovão
  31. Warlock e a Guarda do Infinito #26-28
  32. Warlock e a Guarda do Infinito #29-33
  33. Warlock e a Guarda do Infinito #37-42
  34. 34,0 34,1 Ultraverse Unlimited #1
  35. Rune #0-5
  36. Curse of Rune #4
  37. Rune Vol 2 #Infinity
  38. Rune Vol 2 #1-3
  39. Abismo Infinito #1-#6
  40. Imperativa Thanos: Ignição #1
  41. Thanos: A Revelação Infinita
  42. 42,0 42,1 42,2 42,3 42,4 42,5 42,6 42,7 42,8 Thanos: A Relatividade Infinita
  43. Guardiões da Galáxia Vol 2 #8
  44. Aniquilação: Conquista #3
  45. Guardiões da Galáxia Vol 2 #13
  46. Marvel Dois-Em-Um Anual #2
  47. Rúnico Vol 2 #3
  48. Rúnico Vol 2 #6
  49. 49,0 49,1 Warlock e a Guarda do Infinito #23
  50. Aniquilação: Conquista #2
  51. Warlock e a Guarda do Infinito #29
  52. Cruzada Infinita #6
  53. Aniquilação: Conquista #1
  54. Guardiões da Galáxia Vol 2 #15
  55. Aniquilação: Conquista #6
  56. Guardiões da Galáxia Vol 2 #14
  57. Warlock e a Guarda do Infinito #4
  58. Warlock e a Guarda do Infinito #5
  59. Magnum #14
  60. Warlock e a Guarda do Infinito #27
  61. http://brevoortformspring.tumblr.com/post/107750758608/wait-a-second-wait-a-second-i-just-saw-on
  62. Warlock e a Guarda do Infinito #14
  63. Official Handbook of the Marvel Universe A-Z #13
  64. Official Handbook of the Marvel Universe A-Z #13



Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória